Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Faltam menos de 50 dias úteis para acabar 2016

Faltam menos de 50 dias úteis para acabar 2016

21/10/2016 Jaques Grinberg

Ano atípico, cheio de emoções para quem trabalha com vendas.

Crise, eleições, alguns feriados, desemprego e desmotivação. Independente do motivo, muitas empresas e vendedores estão ganhando dinheiro.

Também, conhecemos muitos, preocupados com as metas para alcançar os resultados esperados. É importante lembrar que faltam menos de 50 dias úteis, menos de dois meses.

Para quem ainda não cumpriu as metas, a crise e o estresse acabou de chegar. É muito comum uma equipe de vendas ou um grupo de vendedores perceberem no meio ou final do mês que estão longe de cumprir as metas.

Dois são os principais problemas que impedem o sucesso: metas impossíveis de serem alcançadas e falta de foco, persistência e trabalho dos vendedores. No primeiro caso, a equipe de vendas deve conversar com o gestor e negociar uma nova meta, sempre com tranquilidade e números.

Já no segundo caso, guarde este artigo e siga os passos abaixo. O estresse no final do mês prejudica o sucesso dos vendedores, pense nisso! As metas em vendas podem ser comparadas com as notas de um aluno. No caso do aluno as notas, geralmente, são trimestrais.

Os alunos “espertos” aproveitam os três primeiros semestres para fecharem a média anual. Os vendedores de sucesso, também. Mas, ainda dá tempo. Seguem 10 dicas poderosas para superar as suas metas ainda este ano.

1 - Motivação intrínseca! Esteja preparado para ser vitorioso e alcançar os seus objetivos profissionais e pessoais. Acredite no seu potencial e arrisque mais! Tenha colegas de sucesso ao seu lado e aprenda com eles.

2 - Lembre-se que as metas são importantes para uma equipe de vendas. É o combustível e a motivação para alcançar os resultados da empresa. Superar a meta é o melhor investimento na carreira de um vendedor, é o reconhecimento de um ótimo trabalho. Tenha as metas como aliada, seja diferente para fazer a diferença!

3 - Tenha um controle dos seus resultados (dashboard). Dashboard é a apresentaçãoo visual dos resultados, importante para acompanhar dia a dia. Considerado um termômetro. Quando os resultados estiver baixo, você está com febre e precisa tomar alguma atitude.

4 - Calcule os dias úteis de trabalho até o final do ano, retire 20% e divida pelas vendas que faltam. Exemplo: faltam 50 dias úteis (50 – 20% = 40). Falta vender R$ 200 mil, então: (200/40 = 5). A sua nova meta é vender R$ 5 mil por dia útil de trabalho. Lembre que você tem 20% de segurança ou para superar a meta desejada.

5 - A meta diária acima deve ser cumprida no máximo dentro da semana, não deixe pendencias para a semana seguinte. E seja prevenido, tente “bater” a meta da semana até quinta-feira no máximo e fique tranquilo na sexta e sábado. Aliás, antecipe as vendas da próxima semana.

6 - A sua meta é a meta dos clientes. Pare de pensar na sua meta pessoal e da empresa e foco na meta do seu cliente, em solucionar o problema dele. Com foco no cliente, a sua meta será consequência.

7 - Falta clientes? Vá busca-los! Peça indicações, reative o contato com clientes antigos, pesquise amigos com potencial para serem seus clientes e use as redes sociais. Tem vergonha, vá com vergonha!

8 - Atendimento Gourmet para surpreender os clientes. As empresa estão preocupadas em “gourmetizar” os produtos e serviços e esquecem do atendimento. Tenha um atendimento diferenciado, requintado e acima da média. Os clientes querem e esperam um atendimento gourmet.

9 - Muitos profissionais precisam de um mentor, um profissional preparado para direcionar para o melhor caminho e o mais rápido. Busque qualificação, participe de cursos, palestras e leia livros de vendas, negociação e atendimento. Qual foi a última vez, por exemplo, que você pesquisou no Google como oferecer um atendimento gourmet?

10 - Os vendedores de sucesso mantem foco nos seus objetivos, são persistentes e não desistem com facilidade e trabalham (sabem administrar o tempo). Tenha um planejamento diário, esqueça problemas pessoais e as redes sociais. Foco, persistência e muito trabalho!

Ainda dá tempo que mostrar o seu potencial ainda este ano. A crise pode existir, mas a sua crise é você quem escolhe se existe ou não. Tenha o controle remoto das suas ações e escolha para onde quer ir. Não espere que os outros façam por você, vai lá e faça acontecer!

* Jaques Grinberg é empresário e Coach de Vendas.



Liberdade de pensamento

Tem sentido que nos ocupemos hoje da Liberdade de Pensamento? Este não é um tema ultrapassado?


As redes sociais como patrimônio do povo

A novidade dos últimos dias é o banimento de páginas de políticos e ativistas - tanto de situação quanto de oposição - nas redes sociais, por determinação dos controladores destas.


O desafio da exigência de êxito

O famoso “Poema em Linha Reta” nos diz que todos os conhecidos do poeta eram verdadeiros campeões em tudo, sem derrotas ou fracassos.


Mudança nas relações humanas faz parte de realidade pós-pandemia nas empresas

“Nada é permanente, exceto a mudança”. “Só sei que nada sei”. “A única constância é a inconstância”.


Dia do Panificador, o pão e a fome

Oito de julho é o Dia do Panificador. Profissão humilde, raramente é lembrada.


O valor de uma obra

Naquela fria e sombria manhã de Inverno, do ano de 1967, estava à porta da “Livraria Silva”, na Praça de Sé, quando passa, de reluzentes divisas doiradas, o sargento Mário.


A pandemia, as perdas e o novo mundo

Apesar de, infelizmente, ter antecipado o fim da vida de 64,9 mil brasileiros e ainda estar por levar milhares de outros e prejudicar muitos na saúde ou na economia (ou em ambos), o coronavírus pode ser considerado um novo divisor de águas na sociedade.


7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação.


O sacrifício dos jovens

Mais de cem dias depois, a pandemia vai produzindo uma cauda longa de desarranjos que se fará sentir por muitos anos e esses efeitos vão atingir, principalmente, os mais jovens.


A “nova normalidade”

A denominada “nova normalidade” não venha nos empobrecer em humanidade.


A inevitável necessidade de prorrogação do auxílio emergencial

Recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo vai prorrogar por dois meses o pagamento do auxílio emergencial.


A empatia como chave para gestão de entregas e pessoas

Uma discussão que acredito ser muito pertinente em tempos de pandemia é como ficam, neste cenário quase caótico, as entregas?