Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Habilidades e limitações do aluno da Educação Especial

Habilidades e limitações do aluno da Educação Especial

26/08/2016 Ana Regina Caminha Braga

Cada professor deve estar atento em sala de aula, de maneira a contribuir com os alunos.

Habilidades e limitações do aluno da Educação Especial

As habilidades e limitações estão presentes em todos os seres humanos, e por esta razão, precisamos aprender também com o outro e no convívio com nossos pares, pois cada criança nasce e cresce dentro de um momento histórico de infância, o qual se modifica ao longo do mesmo.

Desta maneira, é possível chamar a atenção de vocês para refletirem sobre a constituição cerebral da criança, pois a dimensão cognitiva tem também relação com a dimensão afetiva e social, porque não podemos pensar no sujeito em fragmentos, mas sim nele por inteiro.

O desenvolvimento cerebral infantil é muito rico para estabelecer aprendizagens. Conexões são obtidas a todo instante, principalmente na faixa etária das crianças pequenas de um a cinco anos de idade. Estas conexões podem ser explicadas pelo período de maturação do cérebro que se estende até a adolescência.

O ambiente onde este sujeito está inserido é fundamental, pois é nele que ele se desenvolve, faz conexões com o mundo, estabelece suas aprendizagens, e para executá-las, é necessário que este esteja seguro, com subsídios positivos para a relação.

As habilidades e limitações acontecem dentro da realidade dos alunos com ou sem deficiência, pois isto faz parte da condição humana em que cada um precisa identificar os seus pontos positivos e aqueles que ainda precisam ser trabalhados e lapidados.

Atualmente o aluno está exposto a inúmeras informações que são armazenadas e constituintes de suas experiências de vida. No entanto, ainda é uma fase difícil para filtrar as informações recebidas, e assim necessitam da intervenção ou mediação do adulto (responsáveis, professoras, etc.) para que contratempos sejam evitados e possam efetivar suas aprendizagens de maneira eficaz.

Neste momento, é possível pontuar a importância do professor na aprendizagem dos alunos da Educação Especial, os quais precisam de um acompanhamento especifico, como estratégias, recursos e materiais adequados para sua participação em sala de aula e nos momentos de Atendimento Educacional Especializado (AEE), tendo o professor uma formação adequada para orientá-lo.

Tanto o docente quanto o aluno devem ter um espaço e um tempo dedicado a refletir, pensar e trabalhar como podem ser realizadas, organizadas e executadas as atividades por ambas. Essa é uma oportunidade para que eles possam modificar o que for necessário, adequando assim aulas e exercícios as habilidades e limitações de cada um.

Cada professor deve estar atento em sala de aula, de maneira a contribuir com os alunos e ainda possibilitar que a escola possa garantir cada vez mais uma aprendizagem e ensino de qualidade com o uso de materiais adequados para a faixa etária dos alunos.

Na atuação com os professores da Educação Especial esta busca é essencial para conhecer o seu aluno no aspecto da aprendizagem e melhor desenvolvimento, valorizando com o que cada um pode contribuir numa atividade em grupo.

*Ana Regina Caminha Braga é escritora, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar.



Eleições para vereadores merecem mais atenção

Em anos de eleições municipais, como é o caso de 2024, os cidadãos brasileiros vão às urnas para escolher prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Autor: Wilson Pedroso


Para escolher o melhor

Tomar boas decisões em um mundo veloz e competitivo como o de hoje é uma necessidade inegável.

Autor: Janguiê Diniz


A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso