Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Importância da logística na cadeia do varejo

Importância da logística na cadeia do varejo

14/05/2013 Hamilton Picolotti

Efeitos da instabilidade econômica, fusões e aquisições, aumento da carga tributária, barreiras protecionistas e concentração de mercado acirram as disputas e os desafios do setor logístico.

O cenário é de competição entre as empresas e, para que uma companhia tenha sucesso nesse mercado, é importante conhecer e dominar todas as fases dos processos para minimizar as chances de erros. A logística é um processo de gerenciamento estratégico da aquisição, movimentação e armazenagem de materiais, peças e produtos.

É parte do processo da cadeia de suprimentos que planeja, implementa e controla o fluxo e o armazenamento eficiente dos bens e serviços, desde o ponto de origem até o local de consumo, garantindo a integridade e qualidade dos produtos. As principais atividades de apoio ao fluxo logístico são armazenagem, manuseio de materiais, embalagem de proteção, abastecimento, planejamento e controle da produção, tecnologia da informação e canal de distribuição.

No âmbito empresarial, a logística pode ser resumida em três importantes departamentos: logística de suprimentos, de produção e de distribuição física. Em suas operações, algumas áreas têm papel fundamental para o desenvolvimento integral do processo logístico. A armazenagem está ligada ao empilhamento, deslocamento físico e condições de estocagem, de acordo com o local e características dos produtos.

A área de Expedição é responsável pelo despacho físico das mercadorias, do armazém até o local do transporte, separação, contagem, carregamento apropriado e emissão de nota fiscal. O departamento também considera o tipo de transporte apropriado em função das características dos produtos e o transporte como depósito momentâneo da carga.

A área de Transportes, por sua vez, realiza a locomoção dos produtos da fábrica até o ponto de entrega. Essa seção seleciona o meio de transporte, de acordo com as características da carga, e leva em conta custos, seguro de carga, concorrência e malha viária. Todo esse processo tem início no setor de Planejamento e Controle da Produção, que analisa todas as necessidades que envolvem o atendimento à produção, como o que, quanto, quando comprar, estoque atual, capacidade de produção e previsão de venda.

Atualmente, é imprescindível que profissionais de diversos segmentos de negócios tenham conhecimentos básicos sobre planejamento, execução e controle das operações logísticas devido à importância e abrangência na logística empresarial. Os profissionais das empresas de varejo ou indústrias, que reabastecem o varejo, não podem ignorar as operações ligadas à obtenção de matérias-primas para produzir os itens necessários para os pedidos dos clientes.

O processo de distribuição, por meio dos canais até as prateleiras das redes varejistas ou, ainda, o comportamento do consumidor na tomada de decisões de compra nos pontos de vendas (PDVs) são operações que influenciam a maneira de fazer negócios nas empresas. A logística tem papel essencial na cadeia do varejo e na expansão da parcela de mercado de bens e serviços.

Para que todas as etapas do processo sejam cumpridas e se obtenha um resultado eficaz é importante observar os pontos-chaves, como movimentação de materiais, qualidade e agilidade das informações, tempo de produção e de entrega, além do custo.

Fatores como inovação, foco no cliente, transparência, inteligência operacional planejamento, desempenho e agilidade na tomada de decisões e resolução dos problemas também devem ser observados. Para atender às necessidades do varejo, último elo da cadeia que liga o fabricante dos produtos ao consumidor final, o Brasil precisa também minimizar as perdas ocasionadas em decorrência dos problemas logísticos, que, segundo a Fundação Dom Cabral, já somam R$ 160 bilhões por ano.

*Hamilton Picolotti é presidente da Confenar – Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição.



Woody Allen e Dylan Farrow

A possível síndrome de falsas memórias.


A CPMF e a saída do seu autor

A CPMF foi mal porque, em vez de substituir outros impostos, constituiu-se em mais um.


CPMF: o que foi e como poderá ressurgir na reforma tributária

O Imposto sobre Transações Financeiras (ITF) poderá ser a recriação antiga CPMF.


O Brasil e a agropecuária sustentável

A pecuária brasileira tem se pautado ao longo dos anos pela sustentabilidade em toda cadeia produtiva e pela qualidade e segurança dos alimentos.


“Tô de férias, cadeia é férias pra mim”

É uma vergonha que delinquentes ainda venham desdenhar do sistema carcerário e das autoridades penais.


Locações de curta temporada em aplicativos

Saiba os direitos e deveres da propriedade imobiliária.


O Século das Cidades

“Não somos melhores, nem piores, somos iguais… melhor mesmo é a nossa causa…” (Thiago Mello)


Hollywood e o mundo real

Uma abordagem psiquiátrica do filme Gente como a Gente.


A liderança feminina e seus potenciais

Companhias que possuem, pelo menos, uma mulher em seu time de executivos são mais lucrativas.


A bolsa brasileira é a bola da vez

O ano de 2019 tem sido de recordes para o investidor brasileiro.


Dia do Profissional de Educação Física

No dia 1º de setembro é comemorado o dia do profissional que promove a saúde e a qualidade de vida da população, o profissional de educação física.


A complexidade do saneamento

O Congresso Nacional tem a grande missão de dar um rumo certo para o saneamento brasileiro.