Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Lições básicas de educação financeira para mudar de vida

Lições básicas de educação financeira para mudar de vida

29/01/2022 Adélia Glycerio

As regras básicas da educação financeira, apesar de simples, não são observadas pela maioria das famílias brasileiras e a consequência imediata é o endividamento de grande parte delas.

A verdadeira base da educação financeira é o consumo consciente, ou seja, gastar menos que ganha e evitar compras por impulso. Consequentemente, isso irá evitar dívidas absurdas no futuro.

Outro ponto ignorado para quem deseja mudar de vida é busca pela renda extra. Já parou para pensar qual o seu dom?

Que habilidades você tem que poderiam te trazer mais dinheiro? É importante ficar atento às oportunidades que aparecem ao longo da vida e não as deixar escapar.

Para manter a saúde de seu bolso em dia, procure primeiro investir para depois consumir. Assim você não contrai dívidas maiores do que aquelas que pode pagar.

No entanto, se surgirem dívidas, trate de quitá-las o mais rápido possível. Renegociar é sempre uma boa opção, pois há a possibilidade de reduzir o valor.

Com as contas em dia, passe a destinar de 10% a 30% dos seus ganhos para sua conta de investimentos. É preciso aplicar de forma inteligente para que com o tempo seus investimentos cresçam sozinhos. Muitas pessoas acham que para investir necessitam de muito dinheiro, isto não é verdade!

Um importante passo para alcançar a liberdade financeira é o planejamento! É essencial ter uma base sólida e estabelecer metas a curto, médio e longo prazo.

Pense em como você quer estar financeiramente daqui a dois, cinco, 10 ou 20 anos e o que é preciso fazer para chegar a este objetivo.

O seu foco deve ser aprender a se pagar em primeiro lugar. Quando você receber a sua remuneração, antes de sair pagando quaisquer despesas e obrigações, primeiro pague-se.

Por isso, indico que você destine separe um valor mensal para investimentos e aplique em renda fixa para começar.

Se você não destinar uma parte do seu salário para sua conta investimento todos os meses, você ficará mais pobre a cada mês que passa, pois não terá o dinheiro rendendo.

Esse valor fará falta quando você chegar na terceira idade, pois a tendência é que a sua aposentadoria seja menor do que os seus ganhos hoje.

Além do mais, hoje não temos garantia alguma de que o INSS continuará pagando as aposentadorias, tendo em vista o envelhecimento da população. Por isso, todo cuidado é pouco.

Você precisa cuidar das suas finanças e começar uma conta investimento para ter um futuro tranquilo e seguro financeiramente.

Isso é muito importante para não depender de ninguém no futuro, nem da família, nem do governo. Fique atento!

* Adélia Glycerio é advogada, educadora financeira e autora do livro “Independência Financeira: 7 Princípios para Você Alcançar Seus Sonhos”.

Para mais informações sobre educação financeira clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: LC Agência de Comunicação



Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Formas mais livres de amar

A busca de afeição, o preenchimento da carência que nos corrói as emoções, nos lança a uma procura incessante de aproximação com outra pessoa: ânsia esperançosa de completude; algum\a outro\a me vai fazer feliz.


Dia da Educação: transformação das pessoas, do mercado e da sociedade

A Educação do século 21 precisa, cada vez mais, conciliar as competências técnicas e comportamentais.


Uma carta à Elon Musk

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, acaba de chegar a um acordo para adquirir uma das redes sociais mais importantes do mundo, o Twitter, por US$ 44 bilhões.


Liberdade de expressão: lembrança do passado recente

Na manhã do dia 19 de agosto de 1968, tropas da polícia e do Exército invadiram a Universidade de Brasília, agredindo violentamente vários estudantes dentro das salas de aula.


Mitos sobre a recuperação judicial

Criou-se uma verdadeira quimera quando o tema é recuperação judicial e o objetivo deste artigo é desmistificar alguns dos mitos sobre esse instituto.


Quem vive em união estável tem direito à pensão por morte?

A pensão por morte é um benefício do INSS destinado aos dependentes de um segurado quando o instituidor faleceu.


O que a inveja desperta em você?

Inveja é um sentimento de natureza humana que se caracteriza por ódio ou rancor em relação a algo de bom que o outro tem, e você não.


“Os bem-comportados podem sair”

Havia na empresa onde trabalhei quase quarenta anos, o costume, enraizado na tradição, de não abandonar o local de trabalho, sem o chefe do departamento, dizer: “Podem sair!”


Dados sobre religião entre jovens nos USA

As religiões cristãs no ocidente têm motivos para preocupação diante de um crescente número de ‘sem religião’ entre as novas gerações.


Tecnologia e EPIs

Áudio e vídeo inteligente para a segurança de colaboradores de infraestrutura crítica.


Dia Mundial do DNA: o que a data representa para a medicina?

No ano de 1953, os cientistas James Watson, Francis Crick, Maurice Wilkins, Rosalind Franklin e outros colegas publicaram artigos na revista Nature com o objetivo de desvendar a estrutura da molécula de DNA.