Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Melhores destinos para intercambistas aventureiros

Melhores destinos para intercambistas aventureiros

18/06/2016 Maurício Marques

Aventura, emoção, estudo e aprendizado.

Melhores destinos para intercambistas aventureiros

Se você escolher o destino certo é possível fazer um intercâmbio que ofereça todas essas experiências de uma vez só.

Mas, para aproveitar ainda mais essa oportunidade, o ideal é escolher um destino que combine com a sua personalidade.

Para te ajudar nessa missão, a equipe da Global Study preparou uma série de artigos com os melhores destinos para diferentes perfis de intercambistas.

Para começar, confira a seguir algumas opções incríveis para você que curte uma aventura!

Austrália - exótica e bela, a nação encanta pela receptividade de seu povo e alguns pontos turísticos encantadores.

Mas, engana-se quem acredita que isso somado aos famosos cangurus são as principais características do país. Esse destino é simplesmente maravilhoso para aventureiros. Além do surfe e mergulho, a Austrália tem uma imensa diversidade de desertos, montanhas e florestas.

Uma atividade quase que obrigatória é a visita a grande barreira de corais. A região, que tem mais de dois mil quilômetros de extensão, possui um ecossistema marinho único, sendo um dos poucos lugares do mundo que pode ser visto nitidamente do espaço.

Agora, se você gosta de explorar lugares remotos, não pode deixar de conhecer as trilhas australianas, muitas delas possuem formações rochosas antigas e florestas gigantes que desembocam em lindas praias desertas. Um passeio memorável.

Nova Zelândia – outro destino com paisagens de tirar o fôlego! O país é perfeito para quem ama surfe, esqui e esportes radicais como bungee jump, skydive, paragliding, rafting, entre muitos outros. Uma sugestão é praticar essas atividades em Queenstown, uma cidade encantadora, localizada no sul do país e conhecida como a capital mundial dos esportes radicais.

Além disso, você ainda pode conferir os lugares que ajudaram a compor a natureza exuberante da trilogia do Senhor dos Anéis.

Dubai – para os intercambistas mais urbanos, Dubai é o destino ideal. A primeira grande atração da cidade, localizada nos Emirados Árabes Unidos, é o tour aéreo sob o Burj Khalifa, maior arranha-céu do mundo, que possui nada mais, nada menos, do que 800 metros de altura e também seus dois mais famosos arquipélagos artificiais, o The Palm, caracterizado por várias ilhas em formato de palmeiras que abrigam residências e hotéis de luxo, e o The World, que possui o formato do mapa mundi.

Outras duas atrações muito apreciadas pelos turistas são o passeio de balão de ar quente em um cenário encantador e o safári no deserto que termina com um churrasco típico em um acampamento beduíno. Agora, para uma aventura mais hard, vale a pena visitar o Parque Aquático Aquaventure Atlantis, onde você poderá navegar de bote pelas vias aquáticas interligadas e também conhecer a Torre de Poseidon, onde está localizada a tirolesa mais longa do Oriente Médio.

Canadá
– para começar seu turismo de aventura de uma forma mais suave, inicie sua trajetória por Vancouver. Com muitas áreas verdes e praias, a cidade tem várias opções para a prática de ecoturismo, como o passeio pelas pontes suspensas do Capilano Suspension Bridge ou pelas tirolesas de Grouse Mountain que chegam a até 80km/h.

Em um segundo momento, vale a pena conhecer Whistler, cidade localizada a 2hrs de Vancouver que tem nada mais nada menos do que a maior e melhor pista de esqui da América do Norte. Formada pelas montanhas Whistler e Blackcomb, ao todo são mais de 200 pistas demarcadas, além de uma ampla área externa para aventureiros mais experientes.

Para os que não dispensam uma boa dose de adrenalina, uma boa pedida é encarar a queda de mais de 50m de altura do Whistler Bungee Jump. A sensação é única e indescritível, só saltando mesmo pra saber!

Irlanda – não é novidade que a terceira maior ilha da Europa tem belas paisagens, tomadas por muito verde, por isso é conhecida como a Ilha Esmeralda. Contudo, o que poucos sabem é que o país é um excelente destino para quem curte praticar esportes de aventura, como o surfe, por exemplo.

Dentre os lugares com as melhores ondas estão Brandon Bay, Clew Bay, Portrush e Portswart, mas ao todo são mais de 5600 km de costas intocadas prontas para serem descobertas. Outra atividade pouco explorada no país é o mergulho nas zonas costeiras, onde é possível ter uma visibilidade fantástica de flora e fauna subaquática a 12 metros em média.

Além disso, por todo país é possível encontrar opções de rafting, mountain bike, escalada, saltos de paraquedas, entre outras.

Malta – pouco visada pelos viajantes brasileiros, a ilha de Malta está localizada no Mediterrâneo e destaca-se por, além de toda sua beleza natural, ser beneficiada por um clima ameno e agradável, assim como pela simpatia e hospitalidade de seu povo.

O país, repleto de praias paradisíacas, fica entre o Sul da Europa e o Norte da África. Dentre as top três opções para os aventureiros de plantão destacam-se o Flyboard, o mergulho na Baía de St. Paul’s e o Jetfly. O primeiro trata-se da ligação de uma prancha parecida com a de wakeboard por uma mangueira ao jet-ski, como a água é impulsionada para baixo e não para frente a impressão que dá é que você está voando sobre a água.

Já o mergulho, é uma das atrações mais procuradas e bem avaliadas do país. Embarcações naufragadas, uma ampla variedade de espécies subaquáticas e águas cristalinas ditam o charme do passeio. Por fim, o Jetfly. Esse esporte parece muito com o Flyboard, mas ao invés da prancha nos pés, você manobra uma mochila a jato (isso mesmo!), assim é possível sobrevoar as límpidas águas que banham a Ilha. Sem dúvida, a diversão é garantida!

Como você pode perceber, não faltam boas opções para elevar a adrenalina enquanto aprende um novo idioma no exterior.

Agora basta escolher o destino que mais combina com você e procurar uma agência especializada no assunto. Está esperando o quê? Viva essa experiência!

* Maurício Marques é diretor comercial da Global Study, franquia de intercâmbios.



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa