Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O legado deixado por 2020

O legado deixado por 2020

14/12/2020 Paulo Lira

O ano de 2020 foi cheio de desafios e antecipação de diversas tendências tecnológicas para as empresas e para seus colaboradores.

Sem dúvida, um dos anos mais atípicos dos últimos tempos que finaliza sem que nos deixe com saudades, mas repleto de aprendizados e mudança de mindset.

Mas, o que aprendemos com todas essas transformações e como se preparar para a chegada de 2021? Posso garantir, que o papel do líder, sempre tão discutido por especialistas em gestão e RH, mudou para sempre.

Assim como a importância da comunicação e a empatia, que com certeza foram as habilidades mais postas à prova e que influenciaram o ritmo das equipes.

O próximo ano será o xeque-mate sobre o papel dos líderes dentro das corporações. 2021 cobrará todos esses novos aprendizados e tendências apresentadas em 2020.

O trabalho com equipes multidisciplinares, autonomia, gestão transparente e feedbacks, serão palavras de ordem no próximo ano.

A partir de agora, as lideranças precisarão estar mais próximas aos seus times, conhecendo e estimulando as principais habilidades e desafios de cada um. Por isso, o conceito accountability deve estar na ponta da língua dos gestores e empresas.

Empatia é outro conceito que deve permear no ano que vem, mas com certeza deve ser um aprendizado para a vida. O ato de se colocar no lugar do outro e demonstrar interesse genuíno nos anseios do próximo, nunca foi tão discutido.

E preocupações em entender as reais necessidades, aflições e angústias foi entendido dentro e fora do ambiente corporativo.

Finalizamos esse ano mostrando para as companhias que a vida pessoal dos colaboradores é tão importante e um influenciador potente no desenvolvimento profissional de cada um.

A relação dos colaboradores com o digital também sofreu profundas mudanças. Está mais claro do que nunca que só entender as funções básicas não é mais possível.

As pessoas foram obrigadas a entender como a tecnologia influencia as relações e como ela pode ser uma ferramenta poderosa no desenvolvimento e crescimento tanto de pessoas como de empresas.

Voltar não será mais possível, e arrisco a dizer que ainda bem que não será. 2020 possibilitou antecipar mudanças que talvez demorariam anos para sair do papel.

E, principalmente, nos mostrou que é possível sempre mudar de caminho, seja para frente, para o lado e até mesmo para trás.

Talvez esse seja o maior legado deste ano. 2021, ainda é um mistério, mas porque não começar a se preparar agora?

* Paulo Lira é coordenador e supervisor acadêmico da HSM University.

Fonte: Máquina cohn&wolfe



O efeito pandemia nas pessoas e nos ‘in-app games’

É fato que a Covid-19 balançou as estruturas de todo mundo, trazendo novos hábitos, novas formas de consumir conteúdo, fazer compras… E, claro, de se entreter.


A violência e o exemplo dos parlamentos

O péssimo exemplo que os políticos, em geral, dão nos parlamentos, insultando, ridicularizando os antagonistas, leva, por certo, a população a comportar-se de modo semelhante.


Brasileiro residente no exterior, por que fazer um planejamento previdenciário?

É muito comum no processo emigratório para o exterior ter empolgação e expectativas sobre tudo o que virá nessa nova fase da vida.


LGPD: é fundamental tratar do sincronismo de dados entre todas as aplicações

Se um cliente solicita alteração nos dados cadastrais ou pede a sua exclusão da base de dados que a empresa possui, o que fazer para garantir que isso ocorra em todos os sistemas e banco de dados que possuem os dados deste cliente ao mesmo tempo e com total segurança?


As gavetas que distorcem a vida política do país

Finalmente, está marcada para terça-feira (30/11), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a sabatina do jurista André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Marco Aurélio, no Supremo Tribunal Federal.


O novo normal e a justiça!

Não restam dúvidas que o avanço tecnológico veio para melhorar e facilitar a vida das pessoas.


Repousar de fadigas, livrar-se de preocupações

O dicionário diz que descansar é repousar de fadigas, livrar-se de preocupações.


O fim da violência contra a mulher é causa de direitos humanos

O dia 25 de novembro marca a data internacional da não-violência contra as mulheres.


A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.