Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O Papa e a homossexualidade

O Papa e a homossexualidade

29/10/2020 João Baptista Herkenhoff

O Papa Francisco declarou que as uniões homossexuais devem ser legalmente reconhecidas.

Da mesma forma que o Estado reconhece a união de homem e mulher, através do casamento, a união de homem com homem ou de mulher com mulher deve ser respeitada pelo Estado. Francisco pronuncia-se desta forma, em nome da dignidade da pessoa humana.

Madalena era uma prostituta, mas Jesus Cristo não apedrejou Madalena. Pelo contrário, Madalena era a preferida do Messias.

Por direitos humanos ou direitos do homem são, modernamente, entendidos aqueles direitos fundamentais que o homem possui pelo fato de ser homem, por sua própria natureza humana, pela dignidade que a ela é inerente.

São direitos que não resultam de uma concessão da sociedade política. Pelo contrário, são direitos que a sociedade política tem o dever de consagrar e garantir. 

A Declaração de Direitos Humanos da ONU abriga e apresenta certos “valores” que devem ser buscados e respeitados por todos os povos.

Um destes valores é o valor “igualdade e fraternidade”, presente nos dois primeiros artigos da Declaração.

O valor ‘igualdade’ constituiu-se através da História por meio de dois movimentos interdependentes: a) o da afirmação da igualdade intrínseca de todos os seres humanos; b) o da rejeição de desigualdades específicas, particulares.

O processo de reconhecimento dos Direitos Humanos não se estabilizou após a Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU.

Muito pelo contrário, a noção de Direitos Humanos continua em desenvolvimento. Apresenta-se, na prática, a necessidade de declaração de mais direitos como sendo inerentes aos seres humanos.

Vários documentos jurídicos, assinados após a promulgação da Declaração da ONU, trazem, em relação a esta mesma Declaração, uma ou outra ampliação da noção de Direitos Humanos.

Os principais documentos são estes: a Carta Africana dos Direitos Humanos e dos Povos, a Declaração Islâmica Universal dos Direitos do Homem, a Declaração Americana de Direitos e Deveres do Homem e a Declaração Solene dos Povos Indígenas do Mundo.

Não é necessário que todos os direitos humanos sejam explicitados para que sejam reconhecidos. Dos direitos verbalmente explicitados decorrem direitos consequentes.

Assim o respeito à homossexualidade resulta do sagrado respeito que todos os seres humanos merecem. A luta em favor da Dignidade Humana e da Igualdade não é uma luta fácil.

Mas não podemos nos acovardar diante dos obstáculos. Se cada um der sua parcela, o esforço coletivo será vitorioso.

* João Baptista Herkenhoff é juiz de Direito aposentado (ES) e escritor.



Cada um no seu quadrado e todos produzindo…

Muito oportunas as observações do Prof. Ary Oswaldo Mattos Filho, de que em vez dos simples projetos que visam reforçar o caixa da União – como a alteração no Imposto de Renda ora em tramitação pelo Congresso – o país carece de uma verdadeira reforma tributária onde fiquem bem definidos os direitos e obrigações da União, Estados e Municípios.


Você já respirou hoje?

Diagnóstico e tratamento corretos salvam vidas na fibrose cística.


Jogos para enfrentar a crise

O mundo do trabalho nunca mais será o mesmo.


O trabalho de alta performance no Hipismo

O que os atletas precisam para o desempenho perfeito em uma competição? Além do treinamento e esforços diários, eles precisam estar em perfeita sintonia com o corpo e a mente.


Bons médicos vêm do berço

Faz décadas assistimos a abertura desenfreada de novas escolas médicas, sem condição de oferecer formação minimamente digna e honesta.


Wellness tech e a importância da saúde mental dentro das organizações

A pandemia de covid-19 impactou a vida de todos nós, pessoal e profissionalmente.


Manifestações do TDAH

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade em adultos e crianças.


Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


Setembro Amarelo: é preciso praticar o amor ao próximo

Um domingo ensolarado é um dia perfeito para exercitar a felicidade, passear no parque, levar as crianças na piscina ou encontrar os amigos com seus sorrisos largos e escancarados.


Setembro Amarelo: é preciso ter ferramentas para lidar com o mundo

No semáforo, a cor amarela é frequentemente associada com desaceleração. O motorista precisa reduzir a velocidade ou até mesmo parar.