Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

09/03/2018 Carlos José Berzoti

“Será que nesse ano vou conseguir comprar minha casa própria?”

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

Todo início de ano renascem as esperanças nas pessoas, impulsionadas pela enxurrada de promessas na virada do ano novo. Daí, logo surgem novas metas acompanhadas de alguns questionamentos sendo um deles o clássico " será que nesse ano vou conseguir comprar minha casa própria?"

Afinal, que brasileiro não sonha com esta conquista. E para esse pessoal não faltam boas notícias. Existem alguns pontos favoráveis que podem dar uma forcinha para tirar os planos do papel. A taxa de juro Selic caiu para 6,75% e também os bancos voltaram a reforçar seu caixa com a caderneta de poupança.

Os juros da poupança estão superiores aos da renda fixa e assim e ficarão por um bom tempo. Aliado a isto, temos a retomada do recurso do FGTS. Assim, a Caixa Econômica terá mais verba para destinar ao empréstimo imobiliário denominado Pró-Cotista.

Como parte dos recursos da poupança deve ser direcionado ao financiamento habitacional, já estamos sentindo um movimento dos bancos nesse sentido. Com juros baixos, já temos investidores analisando a possibilidade de migrar seus investimos para imóveis de olho no resultado da locação, mercado que aqueceu muito nos últimos anos.

O estoque de imóveis novos pronto disponíveis nas construtoras diminuíram, devido as ofertas dos últimos meses. A entrega das obras que estavam em andamento e o anúncio de novos empreendimentos animam o mercado imobiliário.

Lançamentos de edifícios significa possibilidade de compra do imóvel na planta, onde durante o prazo de construção o comprador só tem que desembolsar 30% do valor do imóvel como parte da entrada, divididos pelo tempo da construção que dura cerca de dois anos.

A previsão dos especialistas do mercado imobiliário já anunciam crescimento de 10% nos lançamentos de imóveis novos e usados e a retomada começou por mercados importantes como São Paulo e Brasília.

Boas notícias de todos os lados! E qual é o momento certo? Como sempre digo, o momento certo é agora! Comece decidindo se comprará um imóvel novo ou usado, se pronto para morar ou na planta, veja seus recursos a ser investido, consulte bancos para aprovação de um crédito imobiliário e faça planos para o seu futuro.

Desejo um ano de muitas realizações e que você consiga um bom negócio ao comprar seu imóvel.

* Carlos José Berzoti



Habilidades socioemocionais podem ser aprendidas

Desde o início da infância, as pessoas aprendem um conjunto de comportamentos que são utilizados nas diferentes interações sociais.


Entenda porque amor é diferente de paixão

Você sabe diferenciar o amor da paixão?


A finalidade e controle das ONGs

O mais adequado não é combatê-las, mas manter sob controle as suas ações como forma de evitar desvio de finalidade, corrupção e outras distorções.


A reforma da máquina pública

A aprovação da reforma da Previdência, pela Câmara dos Deputados, é um avanço do governo.


Os desafios da maternidade e do mercado de trabalho

Ter filhos não é fator de impedimento para uma mulher trabalhar.


Todos querem ser ricos…

Mais vale pobreza, com paz e consciência limpa, que riqueza, sem sossego, alma escurecida, e pesados de remorsos.


A importância de empoderar nossas meninas

Fatores culturais de valorização do masculino, enraizados desde sempre na nossa sociedade, afetam a autoestima e a confiança feminina.


Advogados e Cursos jurídicos

Onze de Agosto é o Dia da Fundação dos Cursos de Direito e é também o Dia do Advogado.


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Ética de advogados e juízes

A advocacia e a magistratura têm códigos de ética diferentes.


Quem se beneficia da coisa pública é corrupto

Coisa pública não pode ser confundida com coisa privada.


Pai é quem ama e cuida

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, pai não é somente quem nos gerou.