Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

09/03/2018 Carlos José Berzoti

“Será que nesse ano vou conseguir comprar minha casa própria?”

O que esperar do mercado imobiliário em 2018

Todo início de ano renascem as esperanças nas pessoas, impulsionadas pela enxurrada de promessas na virada do ano novo. Daí, logo surgem novas metas acompanhadas de alguns questionamentos sendo um deles o clássico " será que nesse ano vou conseguir comprar minha casa própria?"

Afinal, que brasileiro não sonha com esta conquista. E para esse pessoal não faltam boas notícias. Existem alguns pontos favoráveis que podem dar uma forcinha para tirar os planos do papel. A taxa de juro Selic caiu para 6,75% e também os bancos voltaram a reforçar seu caixa com a caderneta de poupança.

Os juros da poupança estão superiores aos da renda fixa e assim e ficarão por um bom tempo. Aliado a isto, temos a retomada do recurso do FGTS. Assim, a Caixa Econômica terá mais verba para destinar ao empréstimo imobiliário denominado Pró-Cotista.

Como parte dos recursos da poupança deve ser direcionado ao financiamento habitacional, já estamos sentindo um movimento dos bancos nesse sentido. Com juros baixos, já temos investidores analisando a possibilidade de migrar seus investimos para imóveis de olho no resultado da locação, mercado que aqueceu muito nos últimos anos.

O estoque de imóveis novos pronto disponíveis nas construtoras diminuíram, devido as ofertas dos últimos meses. A entrega das obras que estavam em andamento e o anúncio de novos empreendimentos animam o mercado imobiliário.

Lançamentos de edifícios significa possibilidade de compra do imóvel na planta, onde durante o prazo de construção o comprador só tem que desembolsar 30% do valor do imóvel como parte da entrada, divididos pelo tempo da construção que dura cerca de dois anos.

A previsão dos especialistas do mercado imobiliário já anunciam crescimento de 10% nos lançamentos de imóveis novos e usados e a retomada começou por mercados importantes como São Paulo e Brasília.

Boas notícias de todos os lados! E qual é o momento certo? Como sempre digo, o momento certo é agora! Comece decidindo se comprará um imóvel novo ou usado, se pronto para morar ou na planta, veja seus recursos a ser investido, consulte bancos para aprovação de um crédito imobiliário e faça planos para o seu futuro.

Desejo um ano de muitas realizações e que você consiga um bom negócio ao comprar seu imóvel.

* Carlos José Berzoti



Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Educação para poucos é o avesso de si

Intitulado “Reimagining our futures together: A new social contract for education”, um estudo recente da Unesco é categórico logo nas primeiras páginas: “Nossa humanidade e Planeta Terra estão sob ameaça”.


Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento

Os desafios de lidar com maternidade e realização profissional

A experiência da maternidade é o momento mais importante na vida da mulher, no entanto um dos mais preocupantes também.


Como a inteligência de dados auxilia o Open Finance

Imagine que a sua televisão está com defeito. Você busca um modelo um pouco melhor na internet (afinal, você merece) e decide comprá-la em algumas suaves prestações.


Evolução da telessaúde

Maior segurança e respeito à autonomia de profissionais e pacientes.


Explore seu universo de possibilidades

Você sabia que o ser humano enfrenta em média 23 adversidades por dia?


Um doidivanas incorrigível

Todos reconhecem Camilo Castelo Branco, como escritor talentoso. Admiram-lhe a riqueza do vocabulário e a vernaculidade da prosa.


O metaverso vem aí e está mais próximo do que você imagina

Você, assim como eu, já deve ter ouvido falar no Metaverso.


Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).