O que o governo não é

"Para começar, o governo não deve agir como um fabricante de flores, mas como um jardineiro cuja função é criar o ambiente para que as flores nasçam e cresçam bonitas e saudáveis.


Autor: José Pio Martins

02/11/2018 - 17:16

No plano interno, o país tem três entidades econômicas: pessoas, empresas e governo. Quem produz e gera riqueza (no sentido de bens e serviços úteis e consumíveis) são as pessoas e as empresas. Para a execução de bens coletivos e serviços públicos, a sociedade constitui um condomínio (o governo) e elege um síndico (o governante).

A primeira lição em economia é: o governo não dá nada à sociedade que dela não tenha tirado. Quando gasta mais do que os recursos arrecadados em tributos, ele tem de tomar empréstimos nos bancos, cujos fundos disponíveis são os depósitos e aplicações feitos por... pessoas e empresas. O governo não tem recursos próprios para gastar, apenas os recursos que lhe são entregues pelas pessoas e pelas empresas. Nestas eleições andaram dizendo que o crescimento somente é possível pelo aumento dos investimentos públicos. Em parte, é verdade. Mas, a pergunta é: de onde virão os recursos?

Como o governo tem déficits anuais crônicos, se gastar mais, ou ele aumenta impostos, ou corta gastos administrativos e custeio dos serviços públicos, ou faz mais dívidas. Não existe outra opção. Em tese, até há: o governo pode imprimir dinheiro para pagar os gastos. Mas aí, vem inflação que, além de ser um imposto sem lei, destrói o sistema de preços e prejudica o crescimento econômico. Fabricar dinheiro é imprimir papel pintado sem lastro na produção de bens e serviços. Se isso fizesse a riqueza de alguém, não haveria país pobre no mundo.

A segunda lição importante é: o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) é feito pelo setor privado, isto é, pelas pessoas e empresas. O governo contribui quando constrói os bens de uso coletivo (caso das rodovias, ferrovias, praças públicas, etc.) que são necessários, porém insuficientes. Ademais, se o dinheiro que o governo usa para pagar suas obras é retirado da sociedade, diminui o dinheiro disponível para consumo e investimento do setor privado.

Terceira lição valiosa: não há sistema produtivo sem a função empresarial, nem nos regimes comunistas mais radicais. A produção de bens e serviços exige a união dos fatores de produção (recursos naturais, trabalho e capital), que não podem se juntar espontaneamente. Alguém tem de reuni-los, decidir o que produzir, o quanto produzir, para quem produzir e coordenar o processo. Essa é a função empresarial, que existe em qualquer sistema, mesmo onde é proibida a propriedade privada dos meios de produção.

Um país onde não existisse a figura do empresário privado, todas as empresas seriam estatais e a função empresarial seria comandada por burocratas, que são capitalistas sem risco, em boa parte ineficientes, opressores e corruptos. No socialismo real, como ocorreu na União Soviética, a economia estatizada funcionou mal, sobretudo porque sem mercado não há preço, sem preço não há cálculo econômico, e sem isso a economia não funciona. Ludwig von Mises produziu farto material provando isso já nos 1920.

A economia estatizada, sem mercado livre, falhou a ponto de Antonio Gramsci, teórico do comunismo, ter dito às esquerdas para abandonarem a ideia de acabar com a propriedade privada, e que a economia deve ser mantida nas mãos do setor privado, com o governo carregando as pessoas e as empresas com tributos para estatizar a saúde, a educação e a cultura, controlar a imprensa, penetrar no meio universitário e cooptar os intelectuais. Para tanto, propunha Gramsci que o governo tomasse 40% ou 50% da renda nacional, e tudo ficaria à mercê do comando do governo.

Em uma sociedade liberal, o papel do governo é outro: é construir um ambiente institucional favorável à criação de empresas, colocar o indivíduo acima do Estado e deixar o cidadão livre para desenvolver seu projeto de felicidade pessoal, com a condição de que respeite a vida, a liberdade e a propriedade de seu semelhante. Nas sociedades civilizadas, o mais importante é saber o que o governo não deve ser e o que não deve fazer, ou seja, a arte de governo implica concentração de poderes, logo, é preciso limitar os poderes do governo.

* José Pio Martins, economista, é reitor da Universidade Positivo. 





Concurso de fotografias foca beleza de áreas úmidas

Áreas Úmidas e Mudança do Clima é tema do concurso promovido mundialmente pela Convenção de Ramsar.


Como planejar uma carreira no exterior?

Mundo Empresarial

Como planejar uma carreira no exterior?

Morar fora do Brasil tem se tornado um sonho cada vez mais frequente.


Luly apresenta novo single

Notas Musicais

Luly apresenta novo single "Ex-Princesinha"

A nova música de trabalho da cantora já está disponível nas plataformas digitais.


Feira Nacional de Artesanato tem ingressos gratuitos

Ingressos podem ser retirados até o dia 15 de novembro. Depois da data será cobrado R$15.



Brasil pode ser líder em desenvolvimento sustentável

Ciência & Ambiente

Brasil pode ser líder em desenvolvimento sustentável

Pesquisa científica traz novas informações e evidências sobre a biodiversidade brasileira.


Inadimplência do consumidor cai 1,9% no últimos 12 meses

Mundo Empresarial

Inadimplência do consumidor cai 1,9% no últimos 12 meses

Outubro apresentou variação positiva de 1,0% frente a setembro.


Adoçantes não calóricos ajudam a controlar peso

Adoçantes não calóricos proporcionam muitos benefícios aos idosos, aponta estudo.


Receita abre consulta ao sexto lote do IRPF 2018

Utilidade Pública

Receita abre consulta ao sexto lote do IRPF 2018

O pagamento será feito no próximo dia 16 de novembro.


A incrível tradição das tunas acadêmicas em Portugal

Viajando

A incrível tradição das tunas acadêmicas em Portugal

Coimbra, na região central do país, tem diversos desses típicos grupos musicais.


Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Mundo Empresarial

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Mais de 110 milhões de consumidores devem presentear alguém no Natal de 2018.


Estresse crônico pode causar problemas digestivos

Saúde

Estresse crônico pode causar problemas digestivos

Artigo aborda o estresse crônico e os problemas de saúde que podem surgir por conta do mesmo.


Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco

Utilidade Pública

Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco

Implementação da nova forma de cobrança torna o processo de pagamento mais prático.


Ponte Nova recebe Encontro Marcado com Fernando Sabino

Noticias Culturais

Ponte Nova recebe Encontro Marcado com Fernando Sabino

Em 10 anos, o projeto já esteve presente em cerca de 60 municípios.


Saques em poupança superam depósitos em outubro

No acumulado do ano, os depósitos na poupança.


Registros de nascimento crescem 2,6% de 2016 a 2017

Bem Viver

Registros de nascimento crescem 2,6% de 2016 a 2017

Pesquisa do IBGE analisa dados dos últimos anos da dinâmica demográfica.


Deliciosa combinação: Rocambole de churros sem glúten

Alimentos e Bebidas

Deliciosa combinação: Rocambole de churros sem glúten

Opção de sobremesa agrada o paladar tanto de crianças como de adultos.


Governo aprova concessão de 12 aeroportos do País

Aeroportos que serão concedidos estão no Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.



Educação especial terá consulta pública pela 1ª vez

Educação & Capacitação

Educação especial terá consulta pública pela 1ª vez

O documento está disponível na internet de forma acessível até 21 de novembro.


Seal é a confirmado para Palco Sunset do Rock in Rio

Noticias Culturais

Seal é a confirmado para Palco Sunset do Rock in Rio

Artista britânico fecha as apresentações do palco no dia 27 de setembro.


Capital Inicial agita estação de metrô em São Paulo

Ação organizada pelo Rock in Rio é um esquenta para venda de ingressos.


Quatro direitos do INSS para portadores de câncer de próstata

Utilidade Pública

Quatro direitos do INSS para portadores de câncer de próstata

Pouco mais de 6 mil benefícios foram concedidos em 2017 para segurados em tratamento, de acordo com dados da Previdência Social.


Medo de perder emprego atinge três de cada 10 brasileiros

Mundo Empresarial

Medo de perder emprego atinge três de cada 10 brasileiros

Pesquisa mostra que 29% dos trabalhadores relatam temor alto ou médio de serem demitidos.


Refluxo atinge mais da metade dos brasileiros

Saúde

Refluxo atinge mais da metade dos brasileiros

Pesquisa destaca o grande impacto do refluxo na qualidade de vida da população.


82% dos fumantes trocariam cigarro por outros produtos

Saúde

82% dos fumantes trocariam cigarro por outros produtos

Pesquisa revela que 79% da população é a favor da liberação dessas alternativas no País.


Belo Horizonte recebe o maior evento de inovação do país

Digital

Belo Horizonte recebe o maior evento de inovação do país

Cidade será a capital da tecnologia entre os dias 7 e 28 de novembro em diferentes pontos.


A evolução da trilha sonora no cinema

Noticias Culturais

A evolução da trilha sonora no cinema

Atualmente, a experiência de uma imersão completa no cinema é cada vez maior.