Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que vem após o Enem

O que vem após o Enem

05/11/2012 Leticia Bechara

O que assistimos neste final de semana do Enem foram muitas histórias de lutas, desafios, frustrações, alegrias e tristezas. Até o nascimento de uma criança no momento da prova, foi noticiada.

Alunos que perderam o horário, que chegaram com muita antecedência, preparados e despreparados. De tudo um pouco. Avalio que o exame nesse ano ocorreu de maneira tranquila de forma geral, sem problemas relacionados à segurança da prova ou à impressão dos cadernos de respostas. Isso mostra um amadurecimento do sistema, investimento em segurança e preparo maior e melhor  por parte dos organizadores do Ministério da Educação.

As histórias dramáticas apresentadas mostram ainda outro aspecto: a determinação de um sonho, um ideal. Para mais da metade dos candidatos, conforme observamos nos dados dos inscritos, o Enem representa a chance de acesso ao mundo universitário gratuito. Isso nos leva a pensar no esforço que muitos jovens precisam ainda fazer no Brasil para ingressar no ensino superior.

Apesar dos esforços do governo com os programas do PROUNI e FIES, o sonho dos estudantes ainda é o ingresso da universidade pública, pelo prestígio, pela oportunidade que representa por causa da qualidade do ensino que favorece, a longo prazo, a possibilidade de ascensão social e profissional.

E é isso que povoa o imaginário dos alunos que prestaram  o exame, porque para muitos é isso que acontece de verdade: a escala de sucesso, depende do seu esforço e do seu preparo. Como um país de oportunidades, as empresas valorizam a formação de excelência oferecida pelas universidades públicas.

Então o resultado do Enem 2012 tem todo esse poder, não apenas de realizar o sonho, mas empresta ao candidato essa possibilidade de continuar a sonhar com o sucesso profissional e pessoal. Só o resultado ainda não basta. O que vai sair em dezembro, será o início da jornada. Depois vem o SISU (Sistema de Seleção Unificado),  a escolha da Universidade, o ingresso e a formalização da matrícula. Primeiro passo.

Depois a escolha acertada do curso, a relação da aprendizagem com o conteúdo oferecido, as oportunidades da prática e o estágio. Enfim, caros alunos, o esforço está apenas começando... aguentem firme até o final, valerá a pena!

Leticia Bechara é mestre em Educação e coordenadora do Vestibular e Relacionamento da Trevisan Escola de Negócios.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.