Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Onde está Deus, que não nos acode?

Onde está Deus, que não nos acode?

04/06/2019 Humberto Pinho da Silva

Certa vez, leitora – que se dizia assídua, – comentou crônica, que publiquei em jornal de Toronto.

O determinado passo, perguntava-me: “Como é que Deus permite tanta desgraça? Se Ele é bom, porque permite o mal, e aceita as crianças sofrerem? …

Lembrei-me, agora, dessa leitora, ao percorrer as ruas da minha cidade, no quadragésimo quinto ano da: “Revolução dos Cravos”, e encontrar, quase todo o comércio, fechado.

É que dias antes, na Sexta-Feira Santa – feriado nacional, como o da “Revolução”, – o burgo fervilhava de negócio! …Pensei, de mim para mim: Esta gente, respeita mais a “Revolução”, do que a morte do Salvador! …

Recordei, então, a resposta que a filha do célebre Evangelista Billy Graham, Anne Graham, deu, quando lhe perguntaram, num popular programa de TV: - “Por que Deus permitiu a morte de tantos inocentes, no negregado atentado de 11 de Setembro?”

Eis, por palavras minhas, o resumo da resposta:

Durante ano, afastamos Deus, do governo, e das nossas vidas. Como queremos, obter Sua protecção, se não O deixam envolver-se nos nossos problemas?!

Disseram: Não é próprio orar, na Escola, nem ler a Bíblia. E nós concordamos…

Disseram: Não castiguem os vossos filhos, quando prevaricarem, para não os traumatizar. E todos concordaram…

Disseram: Os professores devem fechar os olhos a muita indisciplina…E todos aprovaram…ou quase todos…

Disseram: Nossas filhas devem rejeitar os filhos indesejados; e o aborto foi aceite…

Disseram: Liberdade sexual, antes do casamento; e distribuíram, nas escolas, preservativos. E todos apoiaram, em nome da liberdade…

Disseram: Tudo é permitido, desde que sejam cumpridos os deveres cívicos! E acharam que isso era bom…

Disseram: Como somos livres, podemos, em nome da liberdade, difundir a pornografia; e imagens perversas, surgiram…Era a democracia a funcionar…

Disseram, então: É apenas ficção… para entreter…

Agora, perguntam, admirados: “Por que se perdeu a noção do bem e do mal?!”

Correram Deus: do Estado, da Escola, da Sociedade…. Disseram: Não precisamos mais d’Ele! …

E eu, acrescentaria, ainda:

Retiramos os símbolos cristãos, para não ofender os não crentes, e os que praticam outras religiões! …

E também, me admiro, e parece que ninguém se incomoda, até levam para casa (para regalo dos filhos ou das filhas?!) o estendal de fotos da secção: Relax, que alguns periódicos publicam! …

Admiram-se, depois, que Ele não venha em nosso auxílio, e não nos proteja de tanta barbaridade! …

* Humberto Pinho da Silva

Fonte: Humberto Pinho da Silva



A importância das relações governamentais e institucionais

As relações governamentais e institucionais têm sido um instrumento de alta relevância para qualquer organização no atual momento político brasileiro.


Namoro na adolescência: fato ou fake?

O início da adolescência coincide com o final do Ensino Fundamental, fase em que desabrocham as paixões e, com elas, o convite: “quer namorar comigo?”.


Autobiografias: revelações das experiências em família

A curiosidade de muitas pessoas sobre a (auto) biografia de personalidades tem se tornado cada vez mais crescente, nos últimos anos.


What a wonderful world

Louis Daniel Armstrong foi um cantor e instrumentista nascido na aurora do século 20, e foi considerado “a personificação do jazz”.


A violência doméstica

Em Portugal, desde o início do ano, apesar de se combater, por todos os meios, a violência na família, contam-se já mais de uma dezena de mulheres, assassinadas.


O desrespeito ao teto constitucional e o ativismo judicial

O ativismo do Executivo e do Judiciário está “apequenando” o Legislativo.


Indicadores e painéis urbanos aliados à administração pública

A cidade com fatos visualizados está remodelando a forma como os cidadãos e gestores vêm a conhecê-la e governá-la.


Os perigos do Transporte Aéreo Clandestino

Os regulamentos aeronáuticos buscam estabelecer critérios mínimos a serem seguidos pelos integrantes da indústria em questão.


A agenda do dia seguinte

A reforma da Previdência será aprovada no Congresso, salvo fatos graves e imprevistos. A dúvida, hoje, se restringe a quanto será, efetivamente, a economia do governo, em dez anos, já que as estimativas variam entre 500 a 900 bilhões de reais.


Comissão de Justiça e Paz

A CJP de Vitória foi criada em 1978 pelos Bispos Dom João Baptista da Motta e Albuquerque e Dom Luís Gonzaga Fernandes.


A sabedoria dos mineiros em ajudar os menos favorecidos

Há quatro organizações não governamentais de assistência social situadas em Belo Horizonte que estão fazendo um trabalho maravilhoso para ajudar os menos favorecidos.


Para o pacto servir ao Brasil

É preciso mais decência e compromisso com a Pátria.