Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Os Vendedores estão preparados para Vender o Natal?

Os Vendedores estão preparados para Vender o Natal?

11/11/2016 Jaques Grinberg

O Natal está mais próximo do que imaginamos.

Nos grandes Shoppings Centers do Brasil, as decorações natalinas já chegaram e as campanhas de vendas também. Tudo pronto para as vendas. Será?

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) o varejo terá um Natal com previsão de queda de 3,5% comparado ao ano anterior.

Parece pouco, mas é muito para o comércio. Esta previsão afeta diretamente na produção dos produtos, contratações temporárias e até demissões.

Todos são afetados, inclusive o consumidor que por causa da crise irá consumir menos. Importante lembrar que um dos grandes vilões são os impostos que podem chegar no caso de brinquedos em até 70% do valor do produto.

Com previsões de quedas, o que mudar para enfrentar este período e vender ainda mais para o Natal? Foco no seu time de vendas, com uma equipe preparada e motivada. Funcionários desmotivados e despreparados, desvendem!

Com a perspectiva de queda os vendedores ficam desmotivados e com medo de perder o emprego. Sabem que existem muitos profissionais competentes e preparados procurando um novo emprego e um dos principais motivos é que muitas empresas fecharam e excelentes profissionais estão disponíveis no mercado.

Acabou a fartura e a necessidade de manter profissionais “mais ou menos” trabalhando para atender nossos clientes. Tenha profissionais 100%!

Como avaliar se você tem um time preparado, responda essa pergunta de coaching:

- O que você e só você pode fazer de diferente para ter um time 100% preparado e motivado?

Aproveito para sugerir algumas ações para maximizar os seus resultados:

1º Exposição dos Produtos

O ambiente da loja e a exposição dos produtos são fatores importantes para atrair clientes e aumentar o consumo (ticket médio). Primeiro compramos com os olhos! Destacar produtos âncoras com condições especiais para atrair clientes é um diferencial competitivo.

As grandes redes de supermercados sabem fazer a exposição dos produtos, compramos o que não precisamos por encontra-los com facilidade e com apresentações atrativas, na altura certa e com as condições que gostaríamos. E ainda, no caixa, tem as revistas, chocolates e etc; que também não precisávamos, mas pela facilidade compramos.

2º Prepare o seu Time de vendas

Na época de final de ano é comum as empresas contratarem funcionários temporários, aumentar a carga horária dos funcionários já treinados, mudanças nos horários e etc. São pequenos fatores que podem desmotivar os melhores e motivar os despreparados. Imagine o resultado!! Dá medo? Espero que sim!

Manter o time motivado, ciente do que irá acontecer e com feedback que a empresa precisa e conta com o apoio de todos é essencial. Treinar os novos funcionários com antecedência e orientar todos para trabalharem em equipe é investir nas pessoas que trazem os resultados esperados, com condições de surpreenderem com as vendas.

3º Os Clientes

Muitas empresas esquecem do banco de dados de clientes. Enviar um e-mail, uma mensagem ou telefonar para lembrar os clientes das promoções, condições especiais de parcelamento e produtos diferenciados despertam o interesse pela compra.

Precisamos ter os clientes sempre ao nosso lado. Se a sua loja quiser fazer diferente para fazer a diferença, envie uma mensagem poderosa, como por exemplo: “Sr. Jaques Grinberg queremos agradecer por ter visitado a nossa loja em 2015, para nós tê-lo como cliente é uma imensa satisfação. Para o Natal, esperamos que tenha uma nova experiência, aguardamos a sua visita.”

4º Como aumentar o ticket médio por compra

O Vendedor Coach não vende, ajuda o cliente a comprar o que deseja e precisa. Através de perguntas de vendas, ajude o cliente a escolher os presentes certos e aumentar o ticket médio.

1ª Jaques percebo que você deseja agradar todos os seus familiares e amigos com os melhores presentes, eu gostaria de saber se escolher um presente adicional para o seu irmão Rafael, para se diferenciar do Felipe que é presente de amigo secreto, e ficar próximo aos perfumes dos outros irmãos, é uma forma de agradá-lo ou presenteá-lo com os presentes certos?

2ª Para a sua esposa a calça jeans é uma ótima opção, mas percebo que as esposas são surpreendidas quando recebem dois ou três pacotes de presentes. Temos algumas opções de acessórios com um investimento promocional que podem fazer a diferença, você prefere ver os cintos ou uma bolsa pequena para festas?

3ª Percebo que a camisa escolhida para o seu pai, é para quem trabalha com terno, ele deve ser um homem elegante. Escolher um par de meias para acompanhar o presente do seu pai é um diferencial ou uma forma de retribuir tudo que ele já fez por você?

4ª Muitos clientes voltam reclamando que esqueceram de comprar o presente da sogra e sabemos que é importante. Se você fosse escolher algo para a sua sogra, qual dos presentes que temos em nossa loja você escolheria?

Aproveite estas dicas, experimente e pratique!

* Jaques Grinberg é Palestrante e Coach de Vendas.



Os desafios de tornar a tecnologia acessível à população

Vivemos uma realidade em que os avanços tecnológicos passaram a pautar nosso comportamento e nossa sociedade.


O uso do celular, até para telefonar

Setenta e sete por cento dos brasileiros utilizam o smartphone para pagar contas, transferir dinheiro e outros serviços bancários.


Canto para uma cidade surda

O Minas Tênis Clube deu ao Pacífico Mascarenhas o que a cidade de Belo Horizonte deve ao Clube da Esquina; um cantinho construído pelo respeito, gratidão, admiração, reconhecimento, apreço e amor.


Como acaso tornou famoso notável compositor

Antes de alcançar a celebridade, e a enorme fortuna, Verdi, passou muitas dificuldades financeiras.


Gugu e a fragilidade da vida

A sabedoria aconselha foco no equilíbrio emocional e espiritual diante da fragilidade e fugacidade da vida.


Quando o muro caiu

O Brasil se preparava para o segundo turno das eleições presidenciais, entre o metalúrgico socialista Luís Inácio Lula da Silva e a incógnita liberal salvacionista Fernando Collor de Melo, quando a televisão anunciou a queda do muro de Berlim.


Identidade pessoal e identidade familiar

Cada família gesta a sua identidade, ainda que algumas vezes, de forma inconsciente.


Desprezo e ingratidão

Não sei o que dói mais: se a ingratidão se o desprezo.


A classe esquecida pelo governo

O fato é que a classe média acaba por ser a classe esquecida pelo governo.


O STF em defesa de quem?

A UIF, antigo COAF, foi criada como uma unidade do Ministério da Justiça (hoje, no BACEN) para fazer uma coisa muito simples: receber dos bancos notificações de que alguém teria realizado uma transação suspeita, anormal.


O prazer da leitura

Ao contrário do que se possa pensar, não tenho muitos amigos. Também não são muitos os conhecidos.


Desmoralização do SFT

A moralidade e a segurança jurídica justificam a continuidade da prisão em segunda instância. A mudança desta postura favorece a impunidade dos poderosos e endinheirados.