Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Para que serve o DVR Veicular?

Para que serve o DVR Veicular?

08/01/2015 Dane Avanzi

Para facilitar e encorajar o monitoramento de veículos de forma mais segura e eficiente.

Bastante utilizado por empresas de diferentes segmentos para monitorar suas frotas através de seu registro e fornecimento preciso de dados via satélite, busca proporcionar maior segurança às transportadoras, clientes, passageiros e motoristas, tornando uma ótima opção de controle e proteção.

Para que serve o DVR Veicular? Sua função, além do armazenamento de gravações, é permitir o monitoramento à distância por meio de acesso a informações em tempo real da localização e imagens audiovisuais dos fatos ocorridos no momento exato da transmissão. Transferindo para central o posicionamento do veículo, através do rastreamento do aparelho, em caso de desvio da rota programada o sistema remoto é capaz de parar o funcionamento do motor, gerando para empresa maior segurança e controle ao monitorar as frotas.

Também permite a gravação de imagens e arquivamento em HD ou cartão de memória, com sistema de backup e entrada USB, em opções de 4, 8 ou 16 entradas para câmeras de segurança. Com a conexão via wireless, as principais informações geradas podem ser obtidas sem a necessidade de contato direto com o aparelho. Os benefícios são muitos. O DVR veicular foi elaborado para otimizar o rastreamento de veículos, possibilitando o alcance das informações referentes as localizações salvas juntamente com as imagens.

O uso desta moderna tecnologia no monitoramento de veículos torna mais eficaz o gerenciamento de frotas, trazendo como benefícios: aumento na produtividade e melhora comportamental dos funcionários, obtenção de dados importantes em caso de assalto, acidente, depredação, má conservação do veículo, acompanhamento online dos percursos efetuados, entre outros.

Monitorar as frotas de uma empresa adequadamente é essencial para o crescimento e a maximização dos serviços, o que por consequência poderá aumentar a credibilidade e os rendimentos futuros. Sem dúvida, é um investimento que vale a pena.

*Dane Avanzi é advogado, diretor superintendente do Instituto Avanzi e diretor da Átimo Solutions.



A empatia como chave para gestão de entregas e pessoas

Uma discussão que acredito ser muito pertinente em tempos de pandemia é como ficam, neste cenário quase caótico, as entregas?


Mass-Media “mascarada”

A semana passada, aventurei-me a sair, para um longo passeio, na minha cidade. Passeio a pé, porque ainda não frequentei o transporte público.


A quarentena e as artes

Schopenhauer foi um filósofo que penetrou no âmago do mundo.


O legado da possibilidade

Quando podemos dizer que uma coisa deu certo? O que é, afinal, um sucesso?


O que diabos está acontecendo?

A crise está a todo vapor e acelerando tendências que levariam décadas para se desenrolar.


STF e o inquérito do fim do mundo

Assim que o presidente da Suprema Corte determinou a abertura do inquérito criminal para apurar ameaças, fake news contra aquele sodalício, nomeando um dos ministros da alta corte para instaurá-lo, de ofício, com base no artigo 43 do Regimento Interno, não vi nenhuma ilegalidade.


As décadas de 20

A mais agitada década de vinte de todas foi a do século XX.


Nós acreditamos!

A história ensina lições. Muitas lições.


A saúde do profissional de educação em tempos de pandemia

Muitos profissionais tiveram que se adaptar por causa da pandemia.



“Quem viva?! …”

Contava meu pai, com elevada graça, que tivemos antepassado, muito desenrascado, que sempre encontrava resposta pronta, na ponta da língua.


Super-mãe. Eu?

Lembro-me de um episódio que aconteceu há alguns anos atrás e que fez com que eu refletisse seriamente sobre meu comportamento de mãe.