Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Reflita sobre a infelicidade no trabalho

Reflita sobre a infelicidade no trabalho

24/04/2015 Dominique Magalhães

A lista de fatores que pode causar esse mal estar na área profissional é imensa!

No próximo mês, é celebrado o Dia do Trabalho, tarefa essa que desde os primórdios nos fornece o sustento material e a possibilidade de conquistar o sucesso.

Todavia, nem todos consideram essa data uma ocasião para comemorar. A insatisfação, a frustração e a infelicidade muitas vezes tomam conta do ambiente onde passamos a boa parte do nosso tempo, causando sérios problemas ao corpo e principalmente à alma. A lista de fatores que pode causar esse mal estar na área profissional é imensa!

Acredito que o pior motivo seja o fato de não estarmos na profissão correta. Não ter afinidade com aquilo que se realiza todos os dias leva milhares de pessoas ao sofrimento. Muitos profissionais entram no mercado de trabalho exercendo uma função que não lhes dá nenhum prazer, tornando suas tarefas diárias uma grande tortura. Se nos encontramos infelizes no trabalho, é possível que essa adversidade prossiga conosco além do horário comercial. Algumas pessoas tornam-se amargas, apáticas e descontam seus sentimentos de frustração em familiares, amigos ou fogem, mergulhando em vícios: cigarro, comida, bebida, o que traz uma sensação de alento apenas passageira, agravando a tristeza.

A maioria de nós costuma desperdiçar pequenas oportunidades de felicidade apenas porque de frustração em frustração a alma cansa, se inibe, correndo o risco de se fechar para o novo. Lembro-me de ter visto pessoas reduzirem a própria existência a uma interminável lista de obrigações, por se julgarem incapazes de alcançar a realização profissional, ou por não se considerarem merecedoras das coisas boas que poderiam viver. O que pode ser feito para mudar esta situação?

Penso que quando você percebe que sua vida profissional não lhe agrada, seja a hora de considerar a busca por seu verdadeiro dom. A resposta para a simples pergunta “Qual é o seu dom?” tem um poder revelador. Em geral, ao serem indagadas sobre esta qualidade inata, as pessoas deixam de lado a expressão de desânimo e seus olhos brilham. Algumas ficam confusas, pois nunca se sentiram dotadas de um talento, ou apenas não haviam pensado sobre isso.

Somos induzidos a ter dinheiro e sucesso através de uma ocupação, e muitas vezes abandonamos algo que temos de especial quando escolhemos nossos caminhos profissionais, sem levarmos em conta a dádiva que recebemos ao nascer. Encare o desafio de conhecer a si mesmo, de viver e assumir seu dom, de superar obstáculos e de ser reconhecido por isso. Procure dentro de si aquele sonho que dá sentido à sua existência. Descarte as aspirações que são dos outros e faça questão de perseguir e viver aquelas que são realmente suas. Você merece ter uma vida feliz. Viva seu dom!

*Dominique Magalhães



Eleições para vereadores merecem mais atenção

Em anos de eleições municipais, como é o caso de 2024, os cidadãos brasileiros vão às urnas para escolher prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Autor: Wilson Pedroso


Para escolher o melhor

Tomar boas decisões em um mundo veloz e competitivo como o de hoje é uma necessidade inegável.

Autor: Janguiê Diniz


A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso