Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Reputação digital: é possível se proteger contra conteúdos negativos

Reputação digital: é possível se proteger contra conteúdos negativos

19/01/2022 Maria Cristina Diez

O ano é 2022 e há quem pense que a internet ainda é uma terra sem lei. A verdade é que a sociedade avançou e o mundo virtual também.

Apesar dos usuários estarem suscetíveis à difamação on‐line e às fake news, hoje é possível remover conteúdos negativos do Google, Facebook, Instagram entre outras plataformas.

Tal ação pode ser realizada por meios administrativos, requerendo diretamente às redes sociais, ou, em último caso, pela via judicial.

O problema pode ser solucionado de forma rápida e objetiva. Os direitos de vítimas de uso irregular da imagem ou dados pessoais sem consentimento foram ampliados e existem algumas maneiras de se proteger contra os discursos de ódio e notícias falsas.

Também é possível "ocultar" conteúdos negativos produzindo referências positivas para ocupar seu lugar. As medidas ativas cabíveis são: denunciar, provando que aquele conteúdo é ilegal, solicitar punição por parte da rede social, ocultar o comentário e, por fim, a utilização da Justiça.

Como regra geral, não é possível remover da internet nada que seja permitido publicar nos veículos de comunicação, ou seja, a liberdade de expressão também vale para o meio digital.

Caso a pessoa tenha sido atacada de forma virtual, o melhor caminho a seguir é solicitar a retratação. Quando o desrespeito é claro, a Justiça tem mecanismos para fazer valer a lei.

Quando é possível demonstrar que as regras de uso dessas comunidades estão sendo desrespeitadas, elas costumam agir rápido, com exceção dos sites de busca, que geralmente apresentam certa burocracia para remover os conteúdos. Caso não haja cooperação por parte das empresas citadas, a melhor opção é recorrer ao processo judicial.

Um estudo realizado pela plataforma Cupom Válido, o Brasil é o terceiro país no mundo com mais usuários nas redes sociais.

Segundo a pesquisa, os brasileiros ficam conectados em média 3h42 por dia. Sendo assim, nossa Justiça está relativamente bem equipada para lidar com questões referentes aos direitos na internet.

Portanto, cuidar da reputação digital é de suma importância. A forma como uma pessoa ou marca é percebida pelo público na Internet pode alterar, principalmente, na escolha do consumidor.

Entre algumas medidas básicas para monitorar o que está sendo mostrado na internet, estão:

1. Sempre pesquise o seu próprio nome e da sua empresa no Google. Verifique se o seu browser já pode estar "viciado". Utilize a janela de busca privativa, ou tente o computador de outra pessoa.

2. As informações sobre a empresa e/ou suas, precisam estar corretas e atualizadas em perfis sociais e sites.

3. Alinhe qual imagem você quer transmitir para o público e, em seguida, use fotos e publique conteúdos adequados para a imagem que deseja passar: inovador, criativo, etc.

4. Apague postagens e fotos que possam ser mal interpretadas. Dica: imagens não vem com explicações, o que pode ser natural para alguns, fora de contexto pode ser ofensivo ou estranho para outros.

5. Use uma linguagem adequada, preocupando-se com as diversas interpretações que possam ter, lembrando que a internet é aberta a todos.

Quando se pensa em reputação digital, uma equipe especializada para lidar com tais questões é o ideal. Assim, torna-se possível monitorar e aperfeiçoar as estratégias para o sucesso de sua atuação no meio digital.

* Maria Cristina Diez é diretora comercial e de marketing da Most Specialist Technologies.

Para mais informações sobre meio digital clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Naves Coelho Comunicação



O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador. Mas num futuro breve esse conhecimento será apenas parte dos requisitos.


Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


Entenda o visto humanitário para ucranianos

A invasão da Ucrânia pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro, já levou mais de 4 milhões de ucranianos a deixarem seu país em busca de um lugar seguro.


Exigência de vacina não é motivo para rescisão indireta por motivo ideológico

Não se discute mais que cabe ao empregador, no exercício de seu poder diretivo e disciplinar, zelar pelo meio ambiente de trabalho saudável.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


6 passos para evitar e mitigar os danos de ataques cibernéticos à sua empresa

Ao longo de 2021 o Brasil sofreu mais de 88,5 bilhões (sim, bilhões) de tentativas de ataques digitais, o que corresponde a um aumento de 950% em relação a 2020, segundo um levantamento da Fortinet.


Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Formas mais livres de amar

A busca de afeição, o preenchimento da carência que nos corrói as emoções, nos lança a uma procura incessante de aproximação com outra pessoa: ânsia esperançosa de completude; algum\a outro\a me vai fazer feliz.


Dia da Educação: transformação das pessoas, do mercado e da sociedade

A Educação do século 21 precisa, cada vez mais, conciliar as competências técnicas e comportamentais.