Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Respostas para o futuro energético

Respostas para o futuro energético

18/05/2017 Gilberto Vieira Filho

A tecnologia é responsável por muitas das comodidades que experimentamos atualmente.

Algumas, no entanto, passaram a fazer parte do nosso cotidiano há tanto tempo que estão naturalizadas. É assim, por exemplo, com a energia elétrica.

Ao longo dos anos esse recurso tão necessário foi evoluindo e, cada vez mais, é possível ter acesso a fontes renováveis e sustentáveis. No final de um filme aguardado, no meio da noite ou no jogo de decisão de um campeonato, são nesses momentos em que a falta de energia elétrica mais é percebida.

Porém, a escassez desse bem precisa ser levada a sério, pois a produção como conhecemos atualmente, gerada principalmente por meio de hidrelétricas, corre sérios riscos. Com alagamento de florestas, impactos consideráveis na fauna e flora, além da retirada de populações inteiras, a construção de usinas aponta para necessidade iminente de um novo projeto para a produção de energia.

Limpa, renovável e cada vez mais acessível, a energia solar deixa claro o potencial que possui. Somente nos dois últimos anos a produção fotovoltaica teve incremento de 70% em todo o mundo. Estima-se, inclusive, que 90% das unidades existentes foram instaladas nesse período.

É baseada nesse contexto que a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) acredita que até 2030 os projetos nessa área alcancem os 25 gigawatts. Desse total, 68% corresponderiam a usinas de grande porte e o restante à geração distribuída em residências, edifícios comerciais e condomínios.

Com esses avanços, a expectativa é de que ocorra um aumento significativo nos percentuais referentes à matriz energética, passando dos modestos 0,02% de 2015 para 10% nos próximos 13 anos. São várias as razões para esse crescimento tão significativo. Entre eles, e talvez um dos mais relevantes, é o barateamento dos equipamentos.

Nos últimos dez anos, por exemplo, houve redução de 70% no preço de aquisição da energia solar. Isto gera ainda outro dado positivo, a diminuição de tempo para retorno no investimento que antes era de 25 anos e agora é, em média, de somente oito.

São muitas as vantagens financeiras e ambientais ao se optar pela geração de energia solar. Vivemos em um país com abundância de recursos naturais e que necessitam ser mais bem aproveitados. Isso pode colocar o Brasil como uma referência internacional nessa área e, acima de tudo, mostrar que existem alternativas viáveis para o consumo consciente.

* Gilberto Vieira Filho é presidente da Quantum Engenharia.



A violência e o exemplo dos parlamentos

O péssimo exemplo que os políticos, em geral, dão nos parlamentos, insultando, ridicularizando os antagonistas, leva, por certo, a população a comportar-se de modo semelhante.


Brasileiro residente no exterior, por que fazer um planejamento previdenciário?

É muito comum no processo emigratório para o exterior ter empolgação e expectativas sobre tudo o que virá nessa nova fase da vida.


LGPD: é fundamental tratar do sincronismo de dados entre todas as aplicações

Se um cliente solicita alteração nos dados cadastrais ou pede a sua exclusão da base de dados que a empresa possui, o que fazer para garantir que isso ocorra em todos os sistemas e banco de dados que possuem os dados deste cliente ao mesmo tempo e com total segurança?


As gavetas que distorcem a vida política do país

Finalmente, está marcada para terça-feira (30/11), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a sabatina do jurista André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Marco Aurélio, no Supremo Tribunal Federal.


O novo normal e a justiça!

Não restam dúvidas que o avanço tecnológico veio para melhorar e facilitar a vida das pessoas.


Repousar de fadigas, livrar-se de preocupações

O dicionário diz que descansar é repousar de fadigas, livrar-se de preocupações.


O fim da violência contra a mulher é causa de direitos humanos

O dia 25 de novembro marca a data internacional da não-violência contra as mulheres.


A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.


O gênero “neutro” ou a “neutralização” de gênero

Tenho visto algumas matérias sobre a “neutralização” do gênero na língua portuguesa, no Brasil, algumas contra e algumas a favor. Digo no Brasil, porque em Portugal não vejo isto.