Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Retomada com trabalho e saúde

Retomada com trabalho e saúde

10/11/2020 Luis Carlos Motta

A entrada do Estado de São Paulo na fase verde do Plano de Reabertura Consciente frente à pandemia da Covid-19, por ser menos restritiva, traz otimismo para a retomada da recuperação econômica.

Com ela, a tão esperada diminuição no alarmante número de desempregados, hoje em 14 milhões, segundo o IBGE.
Esta esperança de dias melhores se vê especialmente junto aos trabalhadores do comércio.

A Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo (Fecomerciários), por mim presidida, agrupa 71 sindicatos filiados.

Juntos, representamos cerca de 2,5 milhões de comerciários e o que se percebe é a expectativa de elevadas contratações temporárias devido às festas de final de ano e com perspectiva de efetivação.

Estimativas da Associação Brasileira do Trabalho Temporário indicam que o mesmo será responsável pela geração de 400 mil vagas de outubro a dezembro deste ano, em todo o Brasil.

São vagas abertas, por exemplo, em estabelecimentos que, por  não serem prestadores de serviços essenciais, fecharam as suas portas durante a rígida fase vermelha do Plano São Paulo, e tiveram, em alguns casos, reaberturas gradativas nas faixas laranja e amarela. Supermercados, mercados e farmácias, ou seja, lojas com serviços essenciais permaneceram abertas.

Observo que a Regulamentação da Categoria Profissional dos Empregados no Comércio permite a admissão da jornada de seis horas para o trabalho realizado em turnos de revezamento, sendo vedada a utilização do mesmo empregado em mais de um turno.

Conquista histórica do sindicalismo comerciário brasileiro, a Lei 12.790, também instituiu a jornada de trabalho de oito horas diárias e 44 semanais. A luta de todos nós continua sendo pela recuperação e manutenção do emprego e renda.

Na segunda semana de outubro o governo federal prorrogou novamente o programa que autoriza empresas a suspenderem o contrato de trabalho ou a reduzirem a jornada e os salários em troca da manutenção do emprego.

No caso da redução da jornada e do salário o governo paga um beneficio emergencial ao trabalhador com o objetivo de repor parte da redução salarial.

Mas faço aqui um alerta: há trabalhadores que estão sendo prejudicados pelo não cumprimento das determinações estabelecidas pelas Medidas Provisórias 927 e 936, implantadas para amenizar os impactos da pandemia.

Em São José do Rio Preto, determinados empresários insistem em funcionar, aos sábados, das 9 às 17 horas.

O Sindicato dos Comerciários está mobilizado para fazer valer a Convenção Coletiva de Trabalho que determina jornada neste dia das 9 às 14 horas.

Além de irregularidades trabalhistas essas três horas a mais de trabalho expõem ainda mais o trabalhador ao contágio do novo Coronavírus.

Além disso, não respeitaram os protocolos sanitários que preveem circulação controlada de clientes, distanciamento social, uso de máscaras e oferta de álcool em gel, situação que ameaça a saúde dos trabalhadores, dos clientes e dos próprios comerciantes.

Outra irregularidade: em várias cidades, os contratos de trabalho estão sendo suspensos sem negociação e totalmente fora das regras previstas em lei.

O último trimestre do ano traz esperança, mas esperança sem fiscalização pode comprometer os esforços de todos para a retomada da economia, do crescimento econômico e preservação da vida!

Hoje, mais do que nunca, esta situação de ameaças aos direitos exige a presença das entidades sindicais ao lado dos trabalhadores na defesa dos seus interesses.

A inclusão de novas cláusulas econômicas e sociais nas Convenções Coletivas de Trabalhos (CCTs) exemplifica esta prática.

Elas têm força de lei e em categorias como os comerciários, com data-base em 1º de setembro, já apresentam avanços, o que ameniza a dura realidade dos impactos da pandemia da vida do trabalhador e sua família.

* Luiz Carlos Motta é Presidente da Fecomerciários, Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo e Presidente da CNTC, Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Deputado Federal (PL/SP).

Fonte: RS Press



O desserviço do senador ao STF

Como pode um único homem, que nem é chefe de poder, travar indefinidamente a execução de obrigações constitucionais e, com isso, impor dificuldades ao funcionamento de um dos poderes da República?


Anedotas com pouca graça

Uma anedota, de vez enquanto, cai sempre bem; como o sal serve para temperar a comida, a anedota também adoça a conversa ou o texto.


Cada um no seu quadrado e todos produzindo…

Muito oportunas as observações do Prof. Ary Oswaldo Mattos Filho, de que em vez dos simples projetos que visam reforçar o caixa da União – como a alteração no Imposto de Renda ora em tramitação pelo Congresso – o país carece de uma verdadeira reforma tributária onde fiquem bem definidos os direitos e obrigações da União, Estados e Municípios.


Você já respirou hoje?

Diagnóstico e tratamento corretos salvam vidas na fibrose cística.


Jogos para enfrentar a crise

O mundo do trabalho nunca mais será o mesmo.


O trabalho de alta performance no Hipismo

O que os atletas precisam para o desempenho perfeito em uma competição? Além do treinamento e esforços diários, eles precisam estar em perfeita sintonia com o corpo e a mente.


Bons médicos vêm do berço

Faz décadas assistimos a abertura desenfreada de novas escolas médicas, sem condição de oferecer formação minimamente digna e honesta.


Wellness tech e a importância da saúde mental dentro das organizações

A pandemia de covid-19 impactou a vida de todos nós, pessoal e profissionalmente.


Manifestações do TDAH

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade em adultos e crianças.


Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.