Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Se gritar “pega ladrão”, não fica um meu irmão!

Se gritar “pega ladrão”, não fica um meu irmão!

29/07/2008 Sylvia Romano

O brasileiro sempre teve uma índole honesta, até hoje não sei se é por criação ou religião.

Ricos, remediados e pobres, enfim, pessoas de bem sempre procuraram ser éticos, cumpridores das suas obrigações, responsáveis e trabalhadores. Por isso, continuo acreditando que formamos uma das melhores nações do mundo.

Somos receptivos — vide a miscigenação encontrada em nossa população —, criativos — nossa arte em qualquer expressão é uma das melhores —, alegres, rimos fácil, gostamos de nos divertir, curtimos o carnaval, nossas praias estão sempre cheias de gente bonita, somos inteligentes, amorosos, nosso clima é um dos melhores, temos uma natureza linda, solo fértil, dimensões continentais, nunca somos afetados por grandes catástrofes da natureza e, como já dizia um poeta, “minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá”, ou seja, “moramos em um país tropical abençoado por Deus”, como um outro poeta também já dizia. Tudo é lindo, tudo é maravilhoso!

Também não é bem assim, afinal ainda não sou alienada o suficiente e basta olhar ao meu entorno, acompanhar as notícias veiculadas na mídia para perceber que “existe algo de podre no reino”, como afirmava um bardo inglês.

Todo dia é um escândalo atrás do outro, o que já não incomoda mais ninguém, pois o que se torna rotineiro passa a ser normal e ninguém mais se comove. Porém, infelizmente, esses fatos ainda me perturbam, assim como me perturbou o risinho cínico do nosso presidente ao se manifestar quanto ao afastamento de um delegado que estava investigando um banqueiro, mestre em corromper e enriquecer a si próprio e as nossas autoridades.

Ao ver o que vem ocorrendo com esta investigação, com as tramóias “brasilianas” de proteção aos envolvidos de todas as alas do poder, bem como as estratégias de nossas autoridades em se safarem deste novo escândalo, só consigo cantarolar um velho sucesso do nosso cancioneiro: “Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão...”.

* Sylvia Romano é advogada trabalhista, responsável pelo Sylvia Romano Consultores Associados, em São Paulo. 



Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


Setembro Amarelo: é preciso praticar o amor ao próximo

Um domingo ensolarado é um dia perfeito para exercitar a felicidade, passear no parque, levar as crianças na piscina ou encontrar os amigos com seus sorrisos largos e escancarados.


Setembro Amarelo: é preciso ter ferramentas para lidar com o mundo

No semáforo, a cor amarela é frequentemente associada com desaceleração. O motorista precisa reduzir a velocidade ou até mesmo parar.


Da apropriação ilícita dos símbolos da Nação

Uma nova prática vem sendo efetivada por políticos e partidos radicais em âmbito mundial, a apropriação dos símbolos da nação como se fossem bandeiras de suas filosofias.


Tecnologia é fundamental para facilitar o processo de legalização de novos negócios no Brasil

Imagine se todo o recurso humano e dinheiro envolvidos no processo de abertura e legalização de uma empresa no Brasil fossem utilizados para promover mais eficiência e valor agregado para a sociedade?


Como a tecnologia pode criar uma cultura de reciclagem

Diante das diversas transformações no mundo dos negócios e no modelo de atendimento aos consumidores, empresas de todos os segmentos estão sendo obrigadas a buscarem soluções que permitam acelerar a inovação e a eficiência de seus negócios.


As regras essenciais para o uso de vagas de garagem em condomínios

A garagem traz para o condômino segurança e comodidade para os moradores.


Como usar a sua voz para compartilhar as suas ideias?

Você já se perguntou quantas palavras fala diariamente?


A jornada de inovação dos caixas eletrônicos

Quando os primeiros caixas eletrônicos chegaram ao Brasil, no início dos anos 1980, a grande novidade era a possibilidade de retirar dinheiro ou emitir um extrato de forma automatizada.


A nota oficial do Presidente da República

Após o excesso de retórica do mandatário maior da nação ocorrida no dia de uma das maiores manifestações já realizadas e vistas pelo povo brasileiro, o Presidente da República, veio a público, através de nota oficial, prestar a seguinte declaração, da qual destaca-se os seguintes parágrafos: