Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Será, de fato, intolerância à lactose?

Será, de fato, intolerância à lactose?

24/08/2016 Patrícia Ceolin Grassi

É importante avaliar a qualidade do leite que chega a nossas casas.

Será, de fato, intolerância à lactose?

Como nutricionista, percebo que está acontecendo uma grande confusão, inclusive entre os profissionais de Saúde, sobre o que é a intolerância à lactose, bem como um ponto fundamental que muitos desconhecem: a qualidade do leite no Brasil.

A lactose é um hidrato de carbono composto por glicose e galactose (açúcares) encontrada especificamente no leite e alimentos que derivam dele, pois é produzido por mamíferos. Ser intolerante à lactose significa que o organismo não é capaz de digeri-la, pois, quando ingerida, é esmoída pela enzima lactase, que é responsável pela quebra da lactose, transformando-a em glicose, para que possa ser absorvida pelo corpo.

Isso significa que, quando o corpo não possui ou produz insuficientemente essa enzima, ele o elimina, gerando assim os desconfortos abdominais, diarreia, flatulência, entre outros sintomas. Essa doença pode ser genética ou adquirida em decorrência de problemas, doenças e até cirurgias intestinais.

Mas é preciso ter atenção: segundo o artigo Lactose Intolerance: Diagnosis, Genetic, And Clinical Factors, apenas 20% da população sofre desta patologia! Logo, é importante avaliar a qualidade do leite que chega a nossas casas.

No Brasil, consumimos normalmente o leite UHT (conhecido como leite Longa Vida). O trajeto desse alimento, do produtor até nossa mesa, é longo e pode ser corrompido no caminho. Outro ponto negativo é que o produto UHT (sigla que significa temperatura ultra alta, em inglês) alcança temperaturas superiores a 100ºC, o que acaba eliminando não só as bactérias ruins (patogênicas), como também as boas (probióticas).

Por isso, em muitos casos, quando o indivíduo troca o leite UHT por produtos de qualidade, a patologia desaparece. Para evitar essa doença é necessário estar atento aos ingredientes do produto antes de comprá-lo (o leite, por exemplo, deve apresentar como ingrediente apenas leite, nada mais, sequer conservantes).

E optar, se possível, pelo produto pasteurizado (leite de “saquinho”), que possui o tratamento térmico em temperatura inferior ao de ebulição, permitindo que as bactérias probióticas sobrevivam e exterminando as patogênicas.

Se, mesmo com a troca do leito UHT pelo pasteurizado, o indivíduo continuar sentindo desconfortos abdominais, flatulências e diarreia, é necessário que procure um médico, pois pode significar, de fato, intolerância à lactose.

Outro ponto importante é que as pessoas que realmente sofrem de intolerância a lactose devem investigar o grau da patologia, pois, muitas vezes, podem comer queijos, iogurtes e não sofrer dos sintomas, já que as bactérias presentes nestes produtos ajudam no processo de digestão.

* Patrícia Ceolin Grassi é mestre em Metabolismo e professora dos cursos de Nutrição e Medicina da Unic.



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa