Portal O Debate
Grupo WhatsApp

TI e Marketing: uma aliança necessária

TI e Marketing: uma aliança necessária

22/08/2012 Paulo Miranda

Quando analisamos, sob a ótica de suporte tecnológico, os principais processos de negócio que constituem a operação de uma empresa, notamos que alguns desses processos recebem um excelente suporte de sistemas de TI.

Como, por exemplo: Finanças/Contabilidade; Recursos Humanos; Manufatura; Logística/ Cadeia de Suprimentos; Gerência de Projetos; Automação da Força de Vendas (SFA) e Relacionamento com Clientes (CRM). Infelizmente, para os times de marketing das empresas, os processos dessa importante área de negócios ficaram muito tempo sem receber a devida atenção dos fornecedores de tecnologia.

Por conta dessa falta de suporte eficiente, esses times tiveram que criar soluções paliativas para tentar facilitar o trabalho do dia a dia. Essas soluções, na maioria dos casos, envolvem a criação de muitas planilhas, trocas de e-mail, controles manuais e uma grande troca de documentos. Tudo isso para que esses times possam tentar gerenciar as diversas fases e atividades dos processos envolvidos na operação de uma área de marketing.

Com o crescimento do número de canais de comunicação entre empresa e consumidores, em especial nas redes sociais, entre eles blogs, Twitter, Facebook, o trabalho dos times de marketing ficou muito mais complexo. Acompanhar as campanhas, gerenciar os diversos canais de comunicação e responder rapidamente aos contatos feitos por clientes através desses vários canais só faz aumentar a necessidade de um suporte mais eficiente de ferramentas de tecnologia.

Verdade seja dita, já existe no mercado uma gama bastante grande de ferramentas voltadas para marketing. O grande problema é que elas são especializadas e não atendem de forma a suportar os processos de marketing de forma completa. É muito fácil encontrar ferramentas para monitorar redes sociais e campanhas.

Entretanto, o que é muito raro encontrar são ferramentas que tratem de forma integrada todos os principais processos de marketing. De olho no potencial de mercado e na demanda reprimida por ferramentas de suporte aos times de marketing das empresas, os fornecedores de tecnologia desenvolveram soluções que têm por base a ideia de ser um ERP (Enterprise Resource Planning) para a área de marketing, integrando de forma transparente os processos e atividades que constituem o trabalho desse time.

A essa nova categoria de ferramentas os analistas de mercado deram o nome de EMM (Enterprise Marketing Management) ou Gerência de Marketing Corporativo. O objetivo proposto por essa categoria de ferramentas é a de funcionar como uma plataforma centralizada para que os times de marketing criem, gerenciem, acompanhem e tomem decisões sobre as campanhas executadas pela empresa.

Dentre os muitos benefícios propostos estão, ainda, relacionamento com fornecedores, gerenciamento de canais de comunicação com clientes, criação de relatórios operacionais e gerenciais, além da otimização dos recursos disponíveis.

Dessa forma, o marketing pode eliminar tarefas manuais, trocas intermináveis de e-mails e planilhas de controle.

Paulo Miranda é diretor de marketing e alianças na eWave do Brasil. Há mais de 20 anos no mercado de tecnologia da informação, já atuou em empresas nacionais e multinacionais tais como Ci&T, grupo O Estado de São Paulo, Rational Software e IBM.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.