Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Urge que eles aconteçam!

Urge que eles aconteçam!

06/10/2020 Vicente Abate

Com muitas incertezas ainda pela frente, chegamos aos seis meses de isolamento social no Brasil, nestes tempos sem precedentes.

Vimos, neste período, várias ações de responsabilidade social por parte da indústria ferroviária brasileira, dentre outros setores da economia, mostrando quão resiliente e solidário é nosso setor.

Não paramos, com todas as precauções sanitárias tomadas, pois nossa indústria é essencial para que as concessionárias ferroviárias continuem seu inestimável trabalho de atender aos seus usuários, em que pese toda a dificuldade por que passam, em especial no transporte de passageiros sobre trilhos.

Por outro lado, desde 2019, nossa indústria atravessa momento de extrema ociosidade, que beira os 90%, mas que se espera seja arrefecida a partir de 2021 e, com isso, os empregos venham a ser retomados.

Não paramos também de inovar. Locomotivas 100% elétricas, movidas a bateria, já são uma realidade entre nós. O vagão double stack (que transporta contêineres empilhados) já se consolidou no mercado.

Agora surge o vagão telescópico de lona, para transporte de fardos de celulose, com maior capacidade de carga e operação/manutenção facilitadas para seus usuários, já em produção comercial.

São alguns de vários exemplos que promovem melhorias de produtividade, com a finalidade precípua de oferecer às concessionárias maior competitividade.

Porém, se o País não implementar as urgentes reformas já propostas, nossas inovações tecnológicas, sozinhas, terão seus objetivos limitados.

Vemos novos tempos com otimismo, pois os projetos de marco regulatório do setor e de expansão da malha ferroviária, em andamento, são promissores para a sociedade e para o Brasil.

Urge, entretanto, que eles aconteçam!

* Vicente Abate é Presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (ABIFER).

Fonte: ABIFER



Cada um no seu quadrado e todos produzindo…

Muito oportunas as observações do Prof. Ary Oswaldo Mattos Filho, de que em vez dos simples projetos que visam reforçar o caixa da União – como a alteração no Imposto de Renda ora em tramitação pelo Congresso – o país carece de uma verdadeira reforma tributária onde fiquem bem definidos os direitos e obrigações da União, Estados e Municípios.


Você já respirou hoje?

Diagnóstico e tratamento corretos salvam vidas na fibrose cística.


Jogos para enfrentar a crise

O mundo do trabalho nunca mais será o mesmo.


O trabalho de alta performance no Hipismo

O que os atletas precisam para o desempenho perfeito em uma competição? Além do treinamento e esforços diários, eles precisam estar em perfeita sintonia com o corpo e a mente.


Bons médicos vêm do berço

Faz décadas assistimos a abertura desenfreada de novas escolas médicas, sem condição de oferecer formação minimamente digna e honesta.


Wellness tech e a importância da saúde mental dentro das organizações

A pandemia de covid-19 impactou a vida de todos nós, pessoal e profissionalmente.


Manifestações do TDAH

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade em adultos e crianças.


Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


Setembro Amarelo: é preciso praticar o amor ao próximo

Um domingo ensolarado é um dia perfeito para exercitar a felicidade, passear no parque, levar as crianças na piscina ou encontrar os amigos com seus sorrisos largos e escancarados.


Setembro Amarelo: é preciso ter ferramentas para lidar com o mundo

No semáforo, a cor amarela é frequentemente associada com desaceleração. O motorista precisa reduzir a velocidade ou até mesmo parar.