Portal O Debate
Grupo WhatsApp


4 dicas para organizar as finanças durante a pandemia

4 dicas para organizar as finanças durante a pandemia

15/09/2020 Divulgação

Venha descobrir neste post sobre como organizar as suas finanças em tempos de pandemia!

4 dicas para organizar as finanças durante a pandemia

Os efeitos do isolamento social gerado pelo novo coronavírus (Covid-19) afetaram significativamente as finanças pessoais de boa parte da população. Afinal, muitos profissionais foram desligados de suas atividades ou tiveram cortes em seus salários.  

Além disso, é importante falar sobre os profissionais autônomos que, por sua vez, foram impossibilitados de exercerem as suas tarefas, exceto aqueles que atuam com atividades caracterizadas pelo governo como essenciais. 

Dessa forma, embora seja um momento desafiador e preocupante, é fundamental manter a calma e pensar que apesar da instabilidade econômica, essa fase é temporária e logo será contornada, assim como as outras crises que o país já vivenciou. 

Pensando nisso, listamos a seguir as maiores dicas para auxiliar você a organizar as finanças durante a pandemia!

Continue nos acompanhando para saber sobre as medidas simples mas que podem fazer toda a diferença no seu orçamento. Boa leitura!

1. Controle o orçamento

O primeiro passo para organizar as finanças é anotar os gastos. Nesse lista, é necessário mencionar os custos com luz, água, aluguel, materiais como cilindro hidráulico, entre outros.

É importante mencionar que quanto maior o controle de suas despesas, maiores são as chances de organizar o orçamento com assertividade. Dessa forma, é possível, ainda, analisar as receitas e os encargos da sua renda. 

Além disso, é fundamental destacar a importância da informação e, claro, da organização, uma vez que são elementos imprescindíveis para a organização financeira. 

2. Corte e diminua as despesas

Com a coleta de informações, é possível identificar quais despesas podem ser cortadas ou reduzidas, pelo menos durante esse momento de crise. 

Nesse sentido, engana-se quem pensa que diminuir o consumo significa uma menor qualidade de vida. Você pode, por exemplo, aplicar pequenas atitudes, como: ações de economia de água e luz. 

Além de auxiliarem na redução dos custos, são ótimas alternativas para diminuir os danos ambientais. Aliás, o isolamento social pode atuar na redução do seus gastos com gasolina, transporte, placas de sinalização de segurança, entre outros. 

3. Renegocie as dívidas

Outra alternativa interessante para controlar o orçamento é renegociar as dívidas. No entanto, lembre-se que essa ação é necessária apenas se as contas não fecharem ou se o orçamento foi totalmente afetado. 

Por isso, busque por seus credores para negociar: aluguel e condomínio são ótimos exemplos de dívidas que podem ser renegociadas. A grande parte da população sofre pelo mesmo problema e, por isso, muitos credores entendem a importância desse momento. 

Nesse sentido, além de entender a situação atual do país, é preciso explicar aos credores as diferenças maneiras em que você foi afetado, como: corte de salário, demissão, suspensão de contrato de trabalho, entre outras alternativas. 

4. Aposte na inovação 

Crise é sinônimo de inovação. Por isso, busque por maneiras de se reinventar e, assim, aplique grandes estratégias. 

Nesse momento, você pode buscar alguma maneira de complementar a sua renda e as finanças, aliás, existem várias opções no mercado. Você pode apostar, por exemplo, na fabricação de máscaras, tela de proteção para sacada, marmitas, entregas, e muito mais.

Agora que você já sabe como é possível organizar suas finanças durante a pandemia, o que está esperando para apostar nessas dicas e ter sucesso? Gostou do post? Conta pra gente!

* Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.
 




Aposentados do INSS começam a receber benefícios com reajuste

Calendário de pagamentos segue número final de cartão do beneficiário.

Aposentados do INSS começam a receber benefícios com reajuste

O salto da Indústria 4.0 em 2020

Se houve um lado positivo na pandemia, foi a grande aceleração na transformação digital das empresas.

O salto da Indústria 4.0 em 2020

A evolução do marketing digital nas empresas

Pesquisa aponta as principais ferramentas e dificuldades das organizações nas negociações online.

A evolução do marketing digital nas empresas

Inovação: Sebrae Minas encerra o segundo ciclo do ALI

Segundo ciclo do programa Agentes Locais de Inovação (ALI) chega ao fim com cerca de 200 empresários atendidos nas regiões Noroeste e Alto Paranaíba.


Mineração brasileira encerra 2020 com bons resultados

A maior responsável pela boa performance do segmento no ano passado foi a China.

Mineração brasileira encerra 2020 com bons resultados

Medida simplifica participação de MEIs em licitações

Desde 23 dezembro, uma medida do governo federal simplificou a participação dos microempreendedores individuais (MEIs) em seus processos licitatórios.

Medida simplifica participação de MEIs em licitações

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Textos patrocinados são a melhor mídia para divulgar a sua empresa.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Como Portugal está recebendo as pequenas indústrias brasileiras

intenção do Portugal 2020 é gerar emprego e renda ao país europeu, de forma inteligente, sustentável e inclusiva.

Como Portugal está recebendo as pequenas indústrias brasileiras

De Truman a Trump: como a economia se comporta com cada partido no poder

Stake traça linha do tempo de expansão e retração da economia nos Estados Unidos com governos Republicanos e Democratas desde o fim da 2º Guerra Mundial.


Pequenos negócios dobraram demanda por crédito em 2020

Pesquisa anual realizada pelo Sebrae identificou que, nos últimos seis meses, passou de 18% para 38% a proporção de Pequenos Negócios que tentou um empréstimo novo nos bancos

Pequenos negócios dobraram demanda por crédito em 2020

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Desempenho das commodities explica o valor exportado em 2020.

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020

China foi o principal destino dos produtos exportados pelo Brasil.

Balança comercial do agronegócio soma US$ 100,81 bilhões em 2020