Portal O Debate
Grupo WhatsApp

5G da inovação e da sustentabilidade: único caminho para as indústrias em 2022

5G da inovação e da sustentabilidade: único caminho para as indústrias em 2022

17/02/2022 Matthias Schupp

A cadeia produtiva, dos mais diversos setores, avançará muito com a IoT e os mecanismos de nuvens.

5G da inovação e da sustentabilidade: único caminho para as indústrias em 2022

Sempre que alguém cita a palavra crise, lanço o desafio: tire o S da palavra e transforme crise em crie - temos o futuro em nossas mãos. É uma proposta para encarar momentos críticos como oportunidades. O mundo passa por um período de muitas mudanças e incertezas a respeito do cenário econômico. Mas, mesmo assim, é possível fazer uma aposta para o setor industrial brasileiro: será o ano da inovação aliada com a sustentabilidade. Ou seja, o ano de criar pensando nas consequências futuras.

A aposta não é apenas um desejo para o ano que começa, mas sim, fruto de um novo patamar que se abre com a instalação da tecnologia 5G no Brasil. O leilão foi realizado pelo governo federal em 2021, os contratos com as empresas vencedoras foram assinados em dezembro, e assim, já é possível iniciar a instalação da infraestrutura para a nova tecnologia. O prazo previsto pelo edital para que o serviço seja oferecido nas capitais vai até julho de 2022, e nas demais cidades, até 2029. Para toda a população, será a possibilidade de maior conectividade.

Para o setor industrial, de imediato, há benefícios como aumento de conectividade, transferência de arquivos e melhoria na qualidade de  reuniões por videoconferência. Mas, o grande avanço será na chamada Internet das Coisas (IoT), que significa uma revolução tecnológica ao permitir comunicação entre equipamentos, por meio de sensores, softwares e demais tecnologias, com o objetivo de conectar e trocar dados com outros dispositivos e sistemas pela internet.

A cadeia produtiva, dos mais diversos setores, avançará muito com a IoT e os mecanismos de nuvens, inteligência de dados, utilizados no dia a dia das empresas. Sem falar das possibilidades de inovação dos novos produtos, o que vai gerar ganho de consumo. Não são consequências de curto prazo, mas a hora de planejar e investir é agora.

Sairá na frente quem já mantém no DNA a pesquisa para inovação. Porém, tal avanço será um salto para a reputação da empresa se estiver aliada às ações de sustentabilidade e demais pilares da agenda ESG – environmental, social and governance. De nada adiantará investir em inovação de procedimentos e produtos se as diretrizes para uma cadeia mais sustentável, social e que envolva um novo tipo de governança não estiverem no escopo.

Os avanços tecnológicos devem permitir a diminuição no desperdício de recursos naturais, uso de energias alternativas para a produção, melhoria da cadeia produtiva, diminuição de tempo nos processos, organização dos dados e melhor comunicação. Empresa, colaboradores, consumidores e toda rede de relacionamentos ganham se o avanço tecnológico e de processos estiver aliado com a sustentabilidade.

Não é possível ignorar as consequências da crise econômica, como a escassez de insumos e matérias-primas, e elevação dos preços no mercado mundial. Mas é razoável prever, apostando em um novo marco tecnológico e política industrial que incentive a inovação, que o ano de 2022 possa representar a retomada da indústria e de forma responsável.

* Matthias Schupp é CEO da Neodent e EVP do Grupo Straumann da América Latina.

Para mais informações sobre Sustentabilidade clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Central Press



Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

MEIs e PMEs podem economizar cerca de R$ 2.000 em serviços e produtos bancários por ano.

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Mais de um terço dos empresários do segmento planeja expandir ou melhorar as atividades entre abril e junho.

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador.

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Índice que mais tem concentrado a queda da confiança, Condições Atuais do Empresário do Comércio, surpreende, apresentando maior crescimento mensal.

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Pesquisa mostra que cada brasileiro gastou em média R$ 16,21 por refeição, significando uma alta de 12% em relação a 2020.

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Reunir as pessoas mais queridas, escolher a playlist, caprichar na decoração e acertar no cardápio e arrasar na escolha dos vinhos.

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Não basta ser bom na área de atuação, é preciso mais que isso.

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Vendas do varejo crescem 1,1% de janeiro para fevereiro, diz IBGE

Pequenas empresas geram 220 mil empregos em fevereiro, aponta Sebrae

Setor de serviços foi o que mais contratou, abrindo 134.024 empregos.

Pequenas empresas geram 220 mil empregos em fevereiro, aponta Sebrae