Portal O Debate
Grupo WhatsApp


68% dos brasileiros não estão preparados para lidar com imprevistos

68% dos brasileiros não estão preparados para lidar com imprevistos

05/09/2019 Divulgação

Maioria chega ao fim do mês sem sobras de dinheiro, aponta indicador de bem-estar financeiro CNDL/SPC Brasil.

68% dos brasileiros não estão preparados para lidar com imprevistos

Ao contrário do que era esperado, a economia do país ainda caminha a passos lentos, o que vem refletindo na situação financeira do consumidor. É o que aponta o Indicador de Bem-Estar Financeiro, mensurado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), com apoio da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Dados apurados no mês agosto mostram que quase sete em cada dez (68%) entrevistados reconhecem não ter capacidade de lidar com imprevistos e apenas 9% dizem conseguir arcar com despesas que extrapolam o orçamento.

Esse cenário retrata outra realidade preocupante: 60% dos brasileiros chegam ao fim do mês sem sobras de dinheiro. Praticamente um terço (29%) consegue, às vezes, fazer uma reserva e apenas 10% guardam sempre ou frequentemente alguma quantia. Já 22% temem que o dinheiro não dure.

Em agosto, o Indicador de Bem-Estar Financeiro registrou 48,9 pontos — uma pequena alta na comparação com julho passado, que ficou em 48,0 pontos. O nível de bem-estar financeiro de cada consumidor varia de acordo com respostas dadas em dez questões que avaliam os hábitos, costumes e experiências com uso do dinheiro. Em uma escala que varia de zero a 100, quanto mais próximo de 100, maior o nível médio de bem-estar financeiro da população; quanto mais distante de 100, menor o nível.



O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Muito se fala sobre um novo tipo de profissional a ser buscado pelas organizações, que domine tecnologias, que seja disciplinado.

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Média diária de vendas no último mês foi a maior de 2020.

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Insegurança na Pandemia: Agora é a hora certa para investir?

Se você estava pensando em investir e a pandemia chegou com tudo, com certeza está se perguntando se prossegue com o plano, se muda a rota, se a palavra de ordem agora deve ser contenção.


Home office: Solução ou Castigo?

Para muitos, a adoção do home office foi a solução mas, algumas pessoas não querem nunca mais trabalhar neste modelo.

Home office: Solução ou Castigo?

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

Pesquisa mostra que auxílio emergencial é fundamental para mais pobres.

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

O que era exceção parece que está virando regra… e definitiva.

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

Pesquisa do Sebrae mostra também que metade dos empresários mineiros que fecharam permanentemente, não pretendem mais empreender.

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

A Liderança Consciente como aperfeiçoamento para os líderes

O treinamento desenvolve líderes conscientes, que se concentram no desenvolvimento de pessoas, equipes e cultura, a partir de um sistema baseado em educação, formação e transformação.


A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

A situação do setor é preocupante e somente por meio da união dos agentes de mercado é que será possível ultrapassar este momento sem maiores cicatrizes.

A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

Venha descobrir neste post sobre todos os pontos a levar em consideração antes de contratar seu serviço de divisórias para escritório!

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Grandes transformações, normalmente pedem grandes fatos geradores, é claro que não esperávamos por um evento tão catastrófico como uma pandemia para ser o fato gerador da mudança, nem mesmo que o custo em termos de vidas fosse tão grande.


Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões

Prejuízos do setor, que poderiam chegar a R$ 42,8 bilhões nas três primeiras semanas de junho, somaram R$ 33,69 bilhões com o relaxamento em diversas regiões do País.

Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões