Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Alimentos e presentes pressionam inflação do Natal

Alimentos e presentes pressionam inflação do Natal

13/12/2021 Divulgação

É o que revela pesquisa da Fundação Getúlio Vargas.

Alimentos e presentes pressionam inflação do Natal

A inflação do Natal deste ano mostrou variação de 5,39% no acumulado dos últimos 12 meses, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (13/12), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV)

Ela ficou abaixo da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da FGV, (9,88%) de dezembro de 2020 até novembro deste ano. Embora o resultado seja inferior ao apurado no mesmo período do ano passado, quando atingiu 13,51%, ele superou o de anos anteriores: 3,81% em 2019; 3,37% em 2018; e -2,30%, em 2017.

Segundo Matheus Peçanha, economista do Ibre e responsável pela pesquisa, o fator que mais puxou a inflação foi o aumento dos alimentos, com variação média de 7,93%, apesar de ter ficado bem menor do que no mesmo período do ano anterior (28,61%). Nos últimos 12 meses, o frango inteiro, por exemplo, subiu 24,28%, liderando a lista dos itens que mais pressionam o bolso do consumidor. Em seguida, aparecem ovos (17,79%), azeitona (15,13%), carnes bovinas (14,72%), farinha de trigo (13,70%) e azeite (13,26%).

No sentido inverso, houve queda nos preços do arroz (-8,27%) e do pernil suíno (-1,27%). Peçanha lembrou que os problemas nos custos de produção, “que sofremos desde o ano passado, com secas, geadas, alta nos preços dos combustíveis e energia elétrica, ainda se fazem sentir, sobretudo, nas proteínas. O câmbio alto, favorecendo a exportação das carnes, também contribuiu para manter os preços das proteínas em alta”. Ele disse, entretanto, que o retorno gradual das chuvas já tem normalizado a dinâmica de diversos preços de alimentos como arroz, frutas, hortaliças e legumes.

Para mais informações sobre Natal clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Agência Brasil



CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

De janeiro a maio, o CUB/m2 já acumula variação de 10,05%, enquanto o custo com material cresceu 9,02% e o custo com a mão de obra, 11,17%.

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

Líder ou Gestor, entenda a diferença

Existe uma grande diferença entre um gestor e um líder.

Líder ou Gestor, entenda a diferença

Estudo aponta crescimento do mercado audiovisual em Belo Horizonte

Nos últimos sete anos, capital mineira teve aumento de 108% no número de trabalhadores em atividade no setor.

Estudo aponta crescimento do mercado audiovisual em Belo Horizonte

Fidelização como diferencial para o sucesso

A competitividade no mundo dos negócios exige cada vez mais das empresas.

Fidelização como diferencial para o sucesso