Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Arrecadação de impostos tem pior setembro em 7 anos

Arrecadação de impostos tem pior setembro em 7 anos

27/10/2016 Divulgação

Arrecadação de impostos do governo federal teve queda de 8,27% em relação a setembro de 2015.

Arrecadação de impostos tem pior setembro em 7 anos

O governo federal arrecadou R$ 94,770 bilhões em impostos e contribuições em setembro.

O resultado representa uma queda real de 8,27% em relação ao mesmo mês de 2015, já descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial utilizado pelo governo. É o pior resultado para o mês desde 2009.

Os números foram divulgados hoje (27), em Brasília, pela Receita Federal. No acumulado do ano, o governo arrecadou R$ 911,951 bilhões de janeiro a setembro de 2016, cifra maior do que a do ano passado (R$ 901 bilhões), mas que representa uma queda real de 7,54 % após descontados os efeitos da inflação. Nessa comparação, o resultado é o pior desde setembro de 2010.

Recessão e perda de poder aquisitivo das famílias

A retração econômica continua a ter forte impacto na arrecadação, em decorrência da perda de poder aquisitivo das famílias, avaliou a Receita Federal.

Entre os quatro indicadores macroeconômicos utilizados pelo órgão para medir a arrecadação, somente a massa salarial resultou em um aumento no recolhimento de impostos e contribuições, de 4,55%.

A arrecadação com produção industrial (-5,33%), venda de bens (-7,65%) e valor em dólar nas importações (-6,36%) continuou a cair em setembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, apesar de o ritmo ser menos acentuado do que o observado em meses anteriores.

“O nível de emprego continua ainda com trajetória negativa. Apesar de alguns setores da indústria apresentarem uma tímida recuperação, isso não se reflete ainda nos postos de trabalho”, disse o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Rodrigues Malaquias.

“As nossas principais bases de tributação estão atreladas ao consumo, então automaticamente esse impacto no nível de emprego, na renda das famílias, reflete diretamente no recolhimento de tributos”, acrescentou o economista.

A arrecadação do Programa de Integração Social (PIS/, Pasep/Confins), contribuições que incidem sobre a folha de pagamento, continuou a ser o principal fator de perda de receitas pelo governo. Em setembro deste ano, foram arrecadados R$ 21,4 bilhões provenientes dessa fonte, R$ 2,5 bilhões a menos do que no mesmo mês de 2015.

Fonte: Agência Brasil



Senai e Correios fazem parceria para projetos de inovação em logística

Estrutura que apoiará iniciativas tem mais de 900 pesquisadores.


Mushe (XMU) e Bitcoin (BTC) são as melhores criptomoedas para o Brasil

A alta liquidez do Bitcoin faz dele uma excelente escolha para os investidores no Brasil.


Brasil tem 1,5 milhão de motoristas e entregadores de produtos

Segundo Ipea, maioria é de homens pretos ou pardos e tem menos de 50 anos.

Brasil tem 1,5 milhão de motoristas e entregadores de produtos

Semana do MEI terá atividades on-line e presenciais em Minas Gerais

Estado é o terceiro no ranking nacional em número de formalização de microempreendedores.

Semana do MEI terá atividades on-line e presenciais em Minas Gerais

Não tratar bem o cliente é abater a galinha dos ovos de ouro

Falar para todos, mas não ser ouvido por ninguém.

Não tratar bem o cliente é abater a galinha dos ovos de ouro

Cinco principais competências para empreendedores e gestores

É comum que os gestores consigam acelerar o desenvolvimento de um negócio por terem uma visão mais ampla da empresa.

Cinco principais competências para empreendedores e gestores

Pagamentos com cartões de crédito crescem 42% no primeiro trimestre

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Pagamentos com cartões de crédito crescem 42% no primeiro trimestre

Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

Com o novo carrinho inteligente da Nextop no Enxuto é possível contabilizar e pagar as compras com total autonomia.

Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

A Enjin Coin (ENJ) trouxe uma forma interessante de integrar partes anteriormente díspares do espaço dos criptoativos. Porém, será que sua valorização se manterá consistente ao longo do tempo?

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Data é segundo melhor dia do ano em relação ao movimento, diz Abrasel.

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Existe uma forma para as finanças descentralizadas se tornarem mais sustentáveis. Aqui estão as empresas que estão pavimentando o caminho.

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Índice de endividados chegou a 77,7% em abril. O cartão de crédito é o principal motivo das dívidas.

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos