Portal O Debate
Grupo WhatsApp


As mulheres no mercado de trabalho

As mulheres no mercado de trabalho

09/04/2019 Ellen Moraes Senra

Apesar das mulheres representarem 52% da força de trabalho no mercado brasileiro, apenas 38% dos cargos de chefia são ocupados por elas.

As mulheres no mercado de trabalho

Vemos uma diferença grande não só nos cargos de chefia, mas também em relação aos salários. É também do conhecimento de todos que mesmo exercendo a mesma função, elas ganham menos.

Precisamos repensar nossos critérios enquanto sociedade, teoricamente igualitária, mas onde determinadas funções são atribuídas exclusivamente às mulheres e aos homens cabem apenas o papel de ajudar em casa, isso quando o fazem. Afinal, muitas vezes estão exaustos pela árdua rotina de trabalho.

Regras sociais existem desde sempre e sabemos bem que em algum momento da nossa história ficou subentendido que a mulher, por ser quem realiza a gestão da vida dentro de si e tem o “poder” de gerar alimento para seus filhos, deveria ser quem ficaria em casa cuidando dos mesmos. Por muito tempo isso fez sentido, já que realmente precisamos dos primeiros meses pós-parto para nos recuperar, por isso ganhamos o direito vigente em nossa sociedade atual à licença maternidade.

Todavia, deveria gerar estranheza que, salvo o período mencionado, ainda tenhamos desigualdade de cargos e salários, quando na realidade desempenhamos as mesmíssimas funções que qualquer homem, algo que simplesmente não faz sentido. Vejamos aqui uma possível solução para o atual problema, se quem nos dita as regras é a nossa sociedade, não seria mais do que justo que se fizesse um tipo de decreto que nos diga que após o parto o homem deve ter as mesmas responsabilidades que a mulher no que diz respeito aos cuidados e a educação dos filhos?

Seguindo ainda por outra linha raciocínio, não seria de se esperar que, justamente pelo fato de a mulher ser multitarefa (profissional, mãe, esposa, dona de casa entre outros), ela deveria ganhar igual, se não até mais do que os homens? Afinal, se essa mulher está no trabalho e ela for mãe, provavelmente ela está terceirizando os cuidados de seus filhos, o que custa caro. Caso a maternidade não esteja em pauta, ainda assim as atribuições dos cargos são os mesmos para homens e mulheres. Porém, nossa sociedade parece ainda não ter refletido muito sobre o assunto. Assim, cabe a nós o dever de fazê-lo.

Enquanto isso em 2018, a Islândia virou o primeiro país a tornar a igualdade salarial obrigatória. Lá é proibido que homens ganhem mais do que mulheres em órgãos governamentais e empresas do setor privado com mais de 25 funcionários. Os empregadores que não cumprirem com a lei arcam com multas e nós aqui no Brasil ainda aguardamos o dia em que exista igualdade de oportunidades e de salário. Enquanto esse dia não chega, vamos seguir na luta para sermos ouvidas e, ocasionalmente, atendidas.

* Ellen Moraes Senra é Psicóloga e Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental

Fonte:  Drumond Assessoria de Comunicação



Governo de Minas bate mais um recorde de atração de investimentos

Estado registrou R$ 4,1 bilhões de investimentos somente no mês de junho.

Governo de Minas bate mais um recorde de atração de investimentos

Os cuidados necessários para coleta de lixo hospitalar

Venha descobrir neste post sobre os principais cuidados de coleta de lixo hospitalar para ter mais segurança quanto à higiene da sua instituição!

Os cuidados necessários para coleta de lixo hospitalar

Os negócios e o Cisne Negro

Como a cultura orientada à evolução contínua pode preparar sua empresa.


CNC revisa para 9,2% projeção de queda no varejo em 2020

Adoção de estratégias de e-commerce ajudaram o varejo a repor parte das perdas impostas pelo novo coronavírus até o momento.

CNC revisa para 9,2% projeção de queda no varejo em 2020

Vendas no comércio varejista crescem 13,9% de abril para maio

Alta veio depois de dois meses de queda devido à pandemia.

Vendas no comércio varejista crescem 13,9% de abril para maio

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Muito se fala sobre um novo tipo de profissional a ser buscado pelas organizações, que domine tecnologias, que seja disciplinado.

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Média diária de vendas no último mês foi a maior de 2020.

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Insegurança na Pandemia: agora é a hora certa para investir?

Se você estava pensando em investir e a pandemia chegou com tudo, com certeza está se perguntando se prossegue com o plano, se muda a rota, se a palavra de ordem agora deve ser contenção.


Home office: Solução ou Castigo?

Para muitos, a adoção do home office foi a solução mas, algumas pessoas não querem nunca mais trabalhar neste modelo.

Home office: Solução ou Castigo?

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

Pesquisa mostra que auxílio emergencial é fundamental para mais pobres.

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

O que era exceção parece que está virando regra… e definitiva.

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

Pesquisa do Sebrae mostra também que metade dos empresários mineiros que fecharam permanentemente, não pretendem mais empreender.

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia