Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Azul vai chegar ao fim do ano com 900 funcionários

Azul vai chegar ao fim do ano com 900 funcionários

04/12/2008 Divulgação

O ritmo de contratações na Azul Linhas Aéreas Brasileiras S.A. continua intenso e a companhia vai fechar o ano com o time de 900 pessoas, ou melhor, 900 tripulantes, já que na Azul todos os funcionários são chamados de tripulantes e os passageiros, de Clientes.

Para entrar em operação no mês de dezembro deste ano, os processos de recrutamento e seleção tiveram que ser acelerados, a fim de formar equipes nas bases para onde a Azul vai voar. A princípio a empresa aguarda autorização da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para começar a operar as rotas Campinas-Porto Alegre e Campinas-Salvador. Há poucas semanas também, ingressaram na empresa 180 pessoas para trabalhar no call center. As contratações de pilotos e comissários também estão sendo um processo contínuo, com turmas prontas para começar a voar, outras em treinamento e mais gente sendo recrutada.

Afinal, a empresa começa a operar com 3 aeronaves, mas até o fim do ano que vem deve contar com uma frota de 16 aeronaves. Ao todo, a empresa encomendou 40 aeronaves Embraer e fez opção de compras para outras 36. Adicionalmente, para acelerar sua entrada no mercado brasileiro, arrendou duas aeronaves Embraer 190 nos Estados Unidos, as quais já se encontram no Brasil e vêm sendo utilizadas para atividades de treinamento e aperfeiçoamento de pilotos e comissários de bordo. A entrega da primeira aeronave nova pela Embraer deverá acontecer em dezembro. A expectativa é chegar a 42 aeronaves no final de 2012. A esta altura, a empresa já deve ter algo em torno de 5 mil funcionários.  



Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

Enfraquecido pela pandemia, segmento de food service deve estar preparado para o boom das operações, que se dará em 2022.

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

A data é a terceira mais importante depois do Natal e do Dia das Mães.

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

Dívidas recentes são recuperadas em maior número que antigas.

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Há tempos que o local de trabalho deixou de ser um ambiente sem graça.

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

No acumulado do ano, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por aproximadamente 70% dos postos de trabalho gerados no país.

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Pesquisa do Sebrae e da FGV mostra que indicadores do segmento apresentaram uma leve melhora em setembro, mas os impactos da crise ainda são sentidos pela maioria.

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Estudo do Sebrae Minas mostra, ainda, que 40% destas empresas precisaram reduzir as capacitações das equipes nos últimos 18 meses.

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia