Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Boeing propõe US$ 3,8 bilhões por 80% da Embraer

Boeing propõe US$ 3,8 bilhões por 80% da Embraer

05/07/2018 Deutsche Welle

"Joint venture" que englobará apenas setor de aviação comercial é avaliada em 4,75 bilhões de dólares e terá sede no Brasil.

Boeing propõe US$ 3,8 bilhões por 80% da Embraer

As fabricantes de aviões brasileira Embraer e americana Boeing anunciaram um acordo de intenções para a criação de uma nova empresa de aviação comercial de capital fechado.

Pouco depois do anúncio, as ações da Embraer caíram mais de 7% na Bovespa. Autoridades antitruste e acionistas ainda precisam aprovar o acordo, o que deverá se estender até o fim do ano que vem.

A nova empresa, que terá sede no Brasil, foi avaliada em 4,75 bilhões de dólares (18,54 bilhões de reais), segundo o memorando de entendimento das companhias.

A joint venture – empresa criada com os recursos de duas companhias – deve assumir parte dos negócios de aviação comercial da Embraer, a terceira maior fabricante do mundo, com um volume de negócios de 6 bilhões de dólares (23,43 bilhões de reais).

A Boeing irá administrar 80% do capital da nova companhia e deverá pagar 3,80 bilhões de dólares do valor de avaliação (14,83 bilhões de reais), enquanto a Embraer ficará com os 20% restantes.

Caso um acordo definitivo seja anunciado, a joint venture na área de aviação comercial será liderada por uma equipe de executivos brasileiros que devem responder diretamente ao presidente da Boeing, Dennis Muilenburg. Já a Boeing terá o controle operacional e de gestão da nova empresa.

"O acordo não-vinculante propõe a formação de uma joint venture que contempla os negócios e serviços de aviação comercial da Embraer, estrategicamente alinhada com as operações de desenvolvimento comercial, produção, marketing e serviços de suporte da Boeing", afirmaram as empresas.

A Embraer informou em comunicado ao mercado que iniciou as conversas sobre os documentos necessários para conseguir um acordo definitivo, que deve ser concluído antes de 2020. "Esse acordo com a Boeing criará a mais importante parceria estratégica da indústria aeroespacial, fortalecendo ambas as empresas e sua posição de liderança no mercado mundial", disse o presidente da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva.

Defesa

A empresa brasileira também destacou que outras divisões da companhia, como a de defesa e de jatos executivos, não serão incluídas na nova sociedade e seguirão controladas pela Embraer.

A não inclusão desses setores era um ponto sensível para o governo brasileiro. Apesar de a Embraer ser uma empresa privada, o governo brasileiro detém uma ação especial chamada golden share, que dá poder de veto em decisões estratégicas.

No final de dezembro de 2017, quando as duas empresas anunciaram que estavam estudando uma possível união em alguns negócios, o Planalto externou sua desaprovação sobre a possibilidade de inclusão da área da defesa em um eventual acordo.

Segundo a Embraer e a Boeing, a área de defesa deverá ser incluída em outro tipo de parceria. As duas empresas anunciaram que pretendem criar outra companhia para a promoção e desenvolvimento de novos mercados na área de defesa, especialmente para a fabricação e comercialização do avião cargueiro KC-390. Os termos dessa outra parceria, no entanto, não foram especificados. 



A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

MEIs e PMEs podem economizar cerca de R$ 2.000 em serviços e produtos bancários por ano.

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Mais de um terço dos empresários do segmento planeja expandir ou melhorar as atividades entre abril e junho.

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador.

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Índice que mais tem concentrado a queda da confiança, Condições Atuais do Empresário do Comércio, surpreende, apresentando maior crescimento mensal.

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Pesquisa mostra que cada brasileiro gastou em média R$ 16,21 por refeição, significando uma alta de 12% em relação a 2020.

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Reunir as pessoas mais queridas, escolher a playlist, caprichar na decoração e acertar no cardápio e arrasar na escolha dos vinhos.

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Não basta ser bom na área de atuação, é preciso mais que isso.

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Vendas do varejo crescem 1,1% de janeiro para fevereiro, diz IBGE