Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Caixa amplia margem do empréstimo consignado para 35%

Caixa amplia margem do empréstimo consignado para 35%

14/10/2020 Divulgação

Novo limite vai até o fim do ano, quando termina período de calamidade.

Caixa amplia margem do empréstimo consignado para 35%

A Caixa Econômica Federal ampliou de 30% para até 35% a margem consignável dos empréstimos que podem ser obtidos por aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O novo limite vale até o fim do ano, quando se encerra o período de calamidade pública em decorrência da pandemia de covid-10, tanto para novos contratos como para renovações.

De acordo com o banco, as taxas cobradas variam entre 1,34% e 1,50% por um prazo de até 84 parcelas. “Além de ampliar o percentual de comprometimento de renda destinado a empréstimos, a medida destina um percentual de até 5% do total do valor do benefício para saques ou pagamento da fatura do cartão de crédito, totalizando 40%”, informou a Caixa, em nota.

No caso de novos contratos, renovações ou portabilidade de outros bancos, é possível usar prazo de carência de até 90 dias para começar a pagar as prestações.

Com a nova margem, um beneficiado que recebe R$ 2 mil mensais pelo INSS e podia obter empréstimo de até R$ 29,6 mil, com a margem margem consignável em 30%, passa a poder contratar empréstimos de até R$ 34,5 mil, com a nova margem (35%). Para os que recebem benefício de R$ 5 mil, o valor do empréstimo passa de R$ 68,5 mil para R$ 79,9 mil.

Fonte: Agência Brasil



O pequeno comerciante e as possibilidades de crescimento em tempos de pandemia

Com as novas exigências do consumidor, alguns comerciantes buscaram adaptar-se para atender a demanda.

O pequeno comerciante e as possibilidades de crescimento em tempos de pandemia

Black Friday fecha com mais de R$5,1 bilhões de faturamento em 2020

Vendas on-line da Black Friday de 2020 atingiram o faturamento de R$ 5,1 bilhões.

Black Friday fecha com mais de R$5,1 bilhões de faturamento em 2020

Vendas no e-commerce cresce 21% na Black Friday 2020

Vendas no varejo tiveram recuo de 14,5% no periodo, mostra ICVA.

Vendas no e-commerce cresce 21% na Black Friday 2020

Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV

Índice cresceu 1,9 ponto de outubro para novembro deste ano.

Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

É o quarto mês seguido de geração de emprego.

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

Pequenos negócios lideram a retomada econômica em Minas Gerais

Balanço de geração de empregos e abertura de empresas no segmento ao longo do ano é positivo.

Pequenos negócios lideram a retomada econômica em Minas Gerais

Caixa tem lucro líquido de R$ 1,89 bilhão no terceiro trimestre

Queda em relação ao mesmo período de 2019 é de 76,4%.

Caixa tem lucro líquido de R$ 1,89 bilhão no terceiro trimestre

Black Money: movimento favorece negócios de pessoas negras

"Se não me vejo, não compro", diz uma das fundadoras.

Black Money: movimento favorece negócios de pessoas negras

Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV

No mesmo período de 2019, houve uma queda de 4,4%.

Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV

Black Fraude: aprenda a se proteger dos golpes na Black Friday

Todos os anos os consumidores aguardam a Black Friday para economizar dinheiro com os descontos do comércio.

Black Fraude: aprenda a se proteger dos golpes na Black Friday

Bom senso e boa-fé do consumidor na Black Friday

A Black Friday já faz parte do comércio varejista brasileiro, iniciando o período de compras natalinas, mas ainda que o consumidor esteja habituado com a lógica das promoções, o bom senso e a boa-fé são critérios que o próprio consumidor deve adotar nas suas compras.


Empreendedores esperam que Black Friday e Natal favoreçam retomada econômica

Micro e pequenos empresários contemplados com ajuda financeira do Estímulo 2020 estão otimistas.

Empreendedores esperam que Black Friday e Natal favoreçam retomada econômica