Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Cenário para a indústria da construção mineira é menos negativo

Cenário para a indústria da construção mineira é menos negativo

27/08/2019 Da Redação

Otimismo dos empresários com relação ao nível de atividade cresceu em julho.

Cenário para a indústria da construção mineira é menos negativo

A Sondagem da Indústria da Construção de Minas Gerais apontou queda menos intensa da atividade e do número de empregados em junho. Apesar de permanecerem inferiores a 50 pontos – valor que separa recuo de elevação – os dois índices foram os melhores para o mês em cinco anos.

No segundo trimestre de 2019, os empresários exibiram menor insatisfação com a margem de lucro operacional, com a situação financeira e com o acesso ao mercado de crédito. Dentre os maiores problemas enfrentados pelo setor, a demanda insuficiente foi o mais citado pela 12ª vez seguida. A inadimplência dos clientes assumiu a segunda colocação no ranking, no lugar da elevada carga tributária.

O otimismo dos empresários com relação ao nível de atividade, às compras de insumos e matérias-primas, aos novos empreendimentos e serviços e ao número de empregados cresceu em julho, e os indicadores registraram o maior patamar para o mês em sete anos. As intenções de investimento também aumentaram, após dois meses de queda.

O índice de atividade da Construção registrou 48,1 pontos em junho, crescimento de 5,2 pontos em relação a maio (42,9 pontos). Com o resultado, o indicador aproximou-se da linha de 50 pontos – fronteira entre queda e aumento – e apontou redução menos acentuada da atividade. O índice, que acumulou elevação de 6,2 pontos no primeiro semestre de 2019, foi 5,4 pontos superior a junho de 2018 e o mais alto para o mês em cinco anos.

O indicador de atividade em relação à usual aumentou 6,2 pontos entre maio (26,9 pontos) e junho (33,1 pontos), recuperando parte da queda de 7,0 pontos observada no mês anterior. O índice continuou inferior a 50 pontos, o que mostra que a atividade foi abaixo da habitual para o mês. Entretanto, o indicador cresceu 5,4 pontos frente a junho de 2018 (27,7 pontos).

O índice de evolução do número de empregados aumentou 4,4 pontos em junho (47,1 pontos), na comparação com maio (42,7 pontos). O resultado, que permanece abaixo de 50 pontos desde julho de 2014, apontou recuo do emprego. Contudo, o indicador avançou 6,7 pontos em relação a junho de 2018 (40,4 pontos) e foi o mais elevado para o mês em cinco anos. Adicionalmente, acumulou expansão de 7,0 pontos no primeiro semestre de 2019.



Intenção de consumo das famílias sobe em fevereiro

Intenção de consumo das famílias alcança maior nível desde abril de 2015, diz CNC.

Intenção de consumo das famílias sobe em fevereiro

Não perca tempo com problemas que não existem

É muito comum num grupo, numa reunião ou na empresa inteira, pessoas discutirem possíveis problemas em meio a um trabalho.

Não perca tempo com problemas que não existem

10 dicas para melhorar a gestão do conhecimento no contact center

O grande desafio enfrentado pelos contact centers é atender o cliente de forma rápida, objetiva e solucionar todas as demandas.


Inadimplência tem a segunda menor variação em janeiro em uma década

Brasil tem 61,3 milhões de consumidores com restrição ao crédito, mostram CNDL/SPC Brasil.

Inadimplência tem a segunda menor variação em janeiro em uma década

Bancos leiloam 300 imóveis com descontos de até 73%

Há unidades em diferentes estados disponíveis no site da Sold Leilões e no Superbid Marketplace.

Bancos leiloam 300 imóveis com descontos de até 73%

O que está em jogo com o jogo no Brasil?

Escrevi um artigo há uns três anos sobre o jogo no Brasil intitulado “O jogo no Brasil e o sofá do corno”.


Inovação no mercado de comunicação

Dois nomes deste mercado se uniram em um empreendimento comum.


CNC reduz para 5,3% estimativa de crescimento do varejo em 2020

Setor fechou 2019 com terceira alta anual consecutiva, impulsionada por inflação e juros baixos.

CNC reduz para 5,3% estimativa de crescimento do varejo em 2020

Fundos imobiliários e as expectativas para 2020

2019 foi um ano de muitas oportunidades na indústria de fundos imobiliários no Brasil.


A indústria puxará o crescimento

A política industrial que nos convém se reduz a umas poucas regras de bom senso.

A indústria puxará o crescimento

Inflação do aluguel é de 6,86% em 12 meses

Índice não teve variação no início de fevereiro, diz FGV.

Inflação do aluguel é de 6,86% em 12 meses

Meu funcionário voltou da China. E agora?

Além de problemas no atraso ligados à entrega de mercadorias e possível redução de vendas, há outros impactos do coronavírus trazidos às empresas que mantêm relações comerciais diretas com a China.

Meu funcionário voltou da China. E agora?