Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Cinco dicas para vender mais pelas redes sociais

Cinco dicas para vender mais pelas redes sociais

08/05/2019 Da Redação

O Sebrae reuniu orientações para donos de pequenos negócios atraírem clientes utilizando mídias sociais e WhatsApp.

Cinco dicas para vender mais pelas redes sociais

As redes sociais já são parte da vida das pessoas e o Brasil é o país que mais usa as redes na América Latina. Por esse motivo, essas mídias tornaram-se importante ferramentas de comunicação para os empreendedores de pequenos negócios atraírem e fidelizarem clientes. Nesse contexto, é fundamental aproveitar o cenário e as oportunidades que surgem para que as micro e pequenas empresas tenham uma presença digital cativante e, ao mesmo tempo, estratégica.

Segundo o analista de Relacionamento com o Cliente do Sebrae, Ivan Tonet, dois terços dos brasileiros estão conectados a alguma mídia social e o pequeno negócio pode se valer dessa realidade para alcançar o cliente de forma rápida, eficaz e próxima. “Fazer mídia e manter um relacionamento por meio das redes sociais é muito mais barato e acessível. A comunicação digital permite segmentar o seu público e possibilita que a marca transmita sua mensagem assertiva”.

Preparamos um roteiro com as cinco principais dicas para quem quer melhorar as vendas usando as mídias sociais. Confira abaixo:

Confira também no Canal do Sebrae no YouTube.

1 - Saiba usar cada canal de comunicação

É fundamental entender a particularidade de cada rede social para usá-las da melhor forma e agregar na comunicação.

- Facebook é a presença da empresa, construção de imagem e do relacionamento, por meio de interação com os fãs.

- Instagram mostra o cotidiano por meio de fotos e vídeos curtos, mostrando muitas vezes o que está por trás das cortinas, ou seja, o que o cliente não vê no dia a dia.

- Twitter é melhor utilizado para conteúdos atuais e curtos.

- Youtube é a rede mais consumida e permite explorar vídeos em diversos formatos como série, entrevistas, como fazer algo e mais.

- WhatsApp é o canal que aproxima o empreendedor do cliente de forma mais relacional, por isso deve ser usado de forma consciente e não invasiva. É possível convidar clientes de outras redes para terem mais explicações via WhatsApp e deve forma permitir uma negociação mais personalizada.

2 - Comunicação de qualidade

É importante que o pequeno negócio esteja atento ao conteúdo que será gerado e que adeque a comunicação ao seu público. Utilizar fotos e materiais de boa qualidade agregam e dão mais visibilidade à página da empresa na internet, tornando a comunicação mais assertiva. Portanto, é crucial investir em interatividade e criatividade de forma a gerar engajamento e interação com o cliente.

3 - Canais de venda

Não é imprescindível ter um e-commerce. O empreendedor deve avaliar a real necessidade e a viabilidade de desenvolver esse canal de vendas. Cada alternativa tem uma finalidade e gera uma oportunidade específica, mas também traz o ônus de desenvolvimento de um sistema de gestão. Então, o empresário deve analisar o que é mais interessante de acordo com a sua realidade, já que é possível fazer a comercialização de produtos por meio das redes sociais. É possível, por exemplo, divulgar pelo Instagram, ter um canal de comunicação por meio do WhatsApp e ter um meio de pagamento online.

4 - Gestão

Existem várias ferramentas que podem ser utilizadas para realizar a gestão das redes sociais da empresa para, por exemplo, programar postagens, acompanhar métricas, ver seguidores e engajamentos. Segundo o analista do Sebrae, é interessante ter perfis empresariais para acompanhar a evolução de seguidores, alcance da página, entre outros pontos. Assim, o empreendedor pode fazer uma gestão mais assertiva.

5 - Público

É fundamental definir o perfil do público-alvo que se pretende atingir para que seja feito um direcionamento da comunicação. As redes sociais permitem que as informações sejam direcionadas, de modo 100% preciso, para um público específico - diferente de outros canais de comunicação que falam com um público geral. Vale também impulsionar/pagar posts patrocinados, que permitem direcionar a mensagem a um público maior, o que não seria possível de forma orgânica, ou mesmo direcionar uma comunicação para um público especifico, sem que apareça na linha do tempo do seu perfil, o chamado dark post.

Fonte: Sebrae



Natal deve movimentar mais de R$ 36 bilhões na economia

Seis em cada dez brasileiros pretendem comprar presentes para si mesmos no Natal, aponta pesquisa CNDL/SPC Brasil.

Natal deve movimentar mais de R$ 36 bilhões na economia

Como o cenário externo afeta a economia brasileira

Muito se fala dos embates entre os Estados Unidos e China em sua Guerra Comercial, e das crises econômicas ou sociais em alguns países latinos.


O que esperar de uma franquia?

As expectativas sobre o tempo de retorno do investimento e as margens de lucros esperadas costumam ser as grandes inquietações de quem planeja investir em uma franquia.


App do Banco do Brasil aceita comando de voz

Inovação entre os bancos brasileiros é lançada em parceria com a Google.


Percentual de famílias com dívidas volta a subir em novembro

O percentual de famílias com dívidas alcançou 65,1% do total (em outubro, era de 64,7%).

Percentual de famílias com dívidas volta a subir em novembro

Acidente de trabalho na hora do almoço

O horário de almoço faz parte da jornada de trabalho do empregado.


Mais de 65 mil pescadores afetados por manchas de óleo receberão auxílio emergencial

Listas com os registros dos pescadores beneficiados e números por estado já estão disponíveis.

Mais de 65 mil pescadores afetados por manchas de óleo receberão auxílio emergencial

PIB cresce 0,6% no terceiro trimestre, revela IBGE

Na comparação com 3º trimestre de 2018, expansão é de 1,2%.

PIB cresce 0,6% no terceiro trimestre, revela IBGE

Setores recomendados para se investir neste final de ano

Em 2019, o Brasil passou por grandes mudanças estruturais, no que tange a política monetária expansionista.


Em cada dez brasileiros, dois foram vítimas de fraudes nos últimos 12 meses

Levantamento CNDL/SPC Brasil mostra que fim de ano é época propícia para ação de fraudadores.

Em cada dez brasileiros, dois foram vítimas de fraudes nos últimos 12 meses

Empresas devem começar já preparação para a reforma tributária, orienta consultor

Cerca de 4,5 milhões delas, que hoje estão no Simples Nacional ou no Lucro Presumido, tendem a migrar para o Lucro Real, o que exige organização interna e planejamento tributário.

Empresas devem começar já preparação para a reforma tributária, orienta consultor

Airbnb lança nova categoria para experiências gastronômicas e cultural

Com mais de 3.000 experiências, viajantes terão a oportunidade de conhecer receitas locais e únicas em mais de 75 países, incluindo o Brasil.

Airbnb lança nova categoria para experiências gastronômicas e cultural