Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como declinar de uma proposta de emprego?

Como declinar de uma proposta de emprego?

13/03/2019 Da Redação

Muitos profissionais não sabem como ou quando dizer não para uma oferta de trabalho.

Como declinar de uma proposta de emprego?

Ter um bom currículo e reunir as principais competências que estão sendo demandadas pelo mercado de trabalho tornam alguns profissionais muito disputados entre as empresas. A maioria dos candidatos com esse perfil, quando estão em busca de uma recolocação ou mesmo em fazer uma transição de carreira, acabam participando de vários processos seletivos e, por isso, em algum momento, precisam declinar de algumas propostas. O problema é que a grande maioria dos profissionais não sabe como ou quando dizer não para uma oferta de trabalho. Essa atitude acaba gerando um tremendo desconforto com todos os envolvidos no processo seletivo.

Antes de pensarmos sobre qual a melhor forma de recusar uma oferta, é importante destacar que o profissional precisa conhecer profundamente os motivos que o estão direcionando para essa movimentação na carreira. Se o candidato não sabe o que espera conseguir, se não tem um plano de carreira bem definido, o processo de decisão entre uma vaga e outra acaba sendo muito confuso. O autoconhecimento, portanto, é o primeiro passo para os profissionais que participam de mais de um processo seletivo. É muito importante entender profundamente cada oportunidade, cultura, valores e se de fato aquela oportunidade combina com você e está dentro das suas habilidades técnicas. Se você optar pela oportunidade “errada”, irá se arrepender logo nos primeiros dias.

O segundo passo, não menos importante, é a transparência, ou seja, a honestidade com os recrutadores desde o início do processo. Deixar claro para as empresas que você está participando de mais de um processo seletivo é indispensável para que você construa um elo de confiança e profissionalismo com as pessoas que podem ser seus futuros empregadores. Você deve ser transparente em todas as situações. Obviamente não irá comentar com seu líder que está buscando novas oportunidade fora, mas deve deixar sempre claro nos feedbacks mensais ou semestrais o que realmente busca, e o que está esperando dentro da cadeira em que está e prazo que isso deve acontecer para evitar surpresas.

Alguns candidatos me perguntam qual é o melhor momento para desistir de um processo e o que eu digo é: o quanto antes. Ou seja, assim que o profissional souber com clareza que aquela vaga não está dentro de suas expectativas. Isso pode acontecer em vários momentos do processo.

Para aqueles que tem um plano de carreira definido, muitas vezes, no contato telefônico com o headhunter, assim que a oportunidade é apresentada, eles já conseguem discernir se aquela vaga está ou não dentro de suas expectativas. Para outros, isso acontece apenas na entrevista de emprego, quando são apresentadas as expectativas, os desafios da vaga e o pacote de remuneração. Esse é um momento importante para dizer não ou para apresentar suas expectativas para o recrutador.

Quando o profissional finalmente decidir encerrar sua participação, é educado fazer isso de maneira pessoal e humana. Uma ligação para os recrutadores, incluindo headhunter e gestores da empresa, explicando seus reais motivos, é imprescindível. Em alguns casos, quando existe essa abertura e quando se construiu um canal de confiança, o candidato pode, inclusive, indicar outros colegas de profissão para fazer parte do processo seletivo.

Por fim, aconselho que você siga todos esses passos de maneira empática, demonstrando gratidão e revelando os motivos que o fazem desistir da proposta. Tratar o assunto com a delicadeza e atenção que ele merece mostra para os recrutadores que você tem profissionalismo e senioridade. Essa postura não só fortalece a relação de confiança como também o deixa no radar para as próximas oportunidades. Saber declinar de uma proposta de forma ética e correta até ajuda a construir um marketing pessoal que acrescenta ainda mais valor ao seu perfil profissional.

Texto: Mylena Cuenca - headhunter na Trend Recruitment e formada em administração de empresas pela Universidade presbiteriana Mackenzie.



Franquias de chocolate de baixo investimento são os mais buscados

Maioria dos interessados em franquias de chocolate buscam investir com capital de até R$ 50 mil

Franquias de chocolate de baixo investimento são os mais buscados

PIB fica estável no trimestre encerrado em fevereiro

No acumulado de 12 meses, PIB registra alta é de 1,1%

PIB fica estável no trimestre encerrado em fevereiro

Opinião: As mentiras do ex-chefão da Volks

Denúncia contra Martin Winterkorn é mais um passo no processo legal das fraudes nas emissões de motores a diesel da montadora.

Opinião: As mentiras do ex-chefão da Volks

Empresas podem ainda ser obrigadas a descontar na folha a contribuição sindical?

A Reforma Trabalhista, promovida no Brasil em novembro de 2017, acabou com a contribuição sindical obrigatória para os trabalhadores.


Mais de 8,5 mil empresas foram abertas por dia em 2019

Dados do Empresômetro apontam mais de 722 mil empresas formalizadas no primeiro trimestre do ano

Mais de 8,5 mil empresas foram abertas por dia em 2019

Mundo VUCA e a explosão da economia GIG

Não é de hoje que percebemos a necessidade de nos adaptarmos às mudanças.


Funcionário feliz é mais produtivo

Sabe de uma coisa? Equilibrar a vida pessoal e profissional não é fácil, quem dirá o emocional.

Funcionário feliz é mais produtivo

Cadastro Positivo: o que muda para o consumidor?

Nova lei torna o acesso ao crédito mais fácil para consumidores e empresas que honram seus compromissos financeiros

Cadastro Positivo: o que muda para o consumidor?

Produção de grãos deve crescer 2,1%, diz Conab

Produção de grãos deve alcançar 235,3 milhões de toneladas na safra 2018/2019

Produção de grãos deve crescer 2,1%, diz Conab

Exportações do agronegócio mineiro crescem no primeiro trimestre

Valor alcança US$ 1,75 bilhão, com aumento de 1,6% em relação ao mesmo período do ano passado

Exportações do agronegócio mineiro crescem no primeiro trimestre

As mulheres no mercado de trabalho

Apesar das mulheres representarem 52% da força de trabalho no mercado brasileiro, apenas 38% dos cargos de chefia são ocupados por elas.

As mulheres no mercado de trabalho

Governo sanciona lei do novo Cadastro Positivo

Medida pode beneficiar até 130 milhões de consumidores brasileiros

Governo sanciona lei do novo Cadastro Positivo