Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Copacabana Palace é vendido para grupo francês

Copacabana Palace é vendido para grupo francês

18/12/2018 Da Redação

A compra foi fechada no valor de US$ 3,25 bilhões, o equivalente a R$ 12,7 bilhões.

Copacabana Palace é vendido para grupo francês

Considerado o hotel mais famoso do país e que já hospedou diversas celebridades, o Copacabana Palace foi vendido.

A rede hoteleira Belmond, dona do Copacabana Palace e de mais 46 hóteis de luxo, restaurantes, trens e cruzeiros, foi vendida para o grupo francês LVMH.

Além do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, a rede era proprietária também do Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR). O grupo comprador é a holding de marcas de luxo com Louis Vuitton, Guerlain, Christian Dior, Donna Karam, Moët & Chandon, Fendi, Sephora e Le Bon Marché.

Inaugurado em agosto de 1923, o Copacabana Palace foi construído pelo empresário Octávio Guinle e Francisco Castro Silva, atendendo a um pedido do então presidente Epitácio Pessoa (1919-1922), que queria um hotel luxuoso no Rio de Janeiro, então capital do país.

A compra no valor de US$ 3,25 bilhões, o equivalente a R$ 12,7 bilhões, foi anunciada na última sexta-feira (14). O negócio depende ainda da aprovação dos acionistas da empresa e de órgãos reguladores. Os investidores esperam a conclusão da transação até o fim do primeiro semestre de 2019.

Fonte: Agência Brasil



Minas registra mais de 1 milhão de Microempreendedores Individuais

Após 10 anos, desde a implementação da Lei Complementar 128, MEI já são a maioria dos pequenos negócios formalizados no estado.

Minas registra mais de 1 milhão de Microempreendedores Individuais

Cresce abate de bovinos, suínos e frangos, diz IBGE

Foram abatidas 8,08 milhões de cabeças de bovinos no segundo trimestre de 2019.

Cresce abate de bovinos, suínos e frangos, diz IBGE

Cresce a confiança dos consumidores de BH na economia

Indicador voltou a subir no segundo trimestre de 2019. Homens e jovens são os mais confiantes.

Cresce a confiança dos consumidores de BH na economia

Empresários da construção estão mais confiantes

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais – ICEICON MG – atingiu 53,8 pontos em julho, crescimento de 3,0 pontos em relação a junho (50,8 pontos).


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Cereais, leguminosas e oleaginosas podem ter safra recorde

Arroz, milho e soja representam 92,7% da produção estimada no ano.

Cereais, leguminosas e oleaginosas podem ter safra recorde

Queda da Taxa Selic e a economia brasileira

Após o mais longo período em que a Taxa Selic permaneceu em um mesmo patamar, o Banco Central cortou a taxa básica da economia em 0,50%.


Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

CNC projeta alta de 2,1% nas vendas para a quarta data comemorativa mais importante do varejo.

Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

Novas regras de gestão de dados e o impacto para as empresas

As novas regras relacionadas à gestão de dados passarão a valer no ano que vem.


Pequenos negócios são responsáveis por 79% do saldo de empregos em Minas

Micro e Pequenas Empresas mineiras registraram saldo de 67 mil postos de trabalho nos primeiros seis meses do ano.

Pequenos negócios são responsáveis por 79% do saldo de empregos em Minas

Percentual de famílias com dívidas aumentou pelo 7º mês consecutivo

Principais inadimplências das famílias brasileiras são o financiamento de carro e o de casa.

Percentual de famílias com dívidas aumentou pelo 7º mês consecutivo

Sete em cada dez brasileiros tiveram de fazer cortes no orçamento

Pesquisa indica que desempenho da economia no primeiro semestre foi pior do que o esperado.

Sete em cada dez brasileiros tiveram de fazer cortes no orçamento