Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Coroas coloridas para sua moto

Coroas coloridas para sua moto

12/09/2006 Divulgação

Os apaixonados pelas duas rodas agora contam com produtos personalizados para caracterizar sua moto. A Riffel Moto Peças, uma das maiores fabricantes brasileiras de engrenagens para motocicletas, acaba de lançar sua nova linha de coroas personalizadas, com pintura artística na face externa. São 13 diferentes modelos de peças, especialmente desenvolvida para as motos: CG Today 125cc, CG Titan 125cc e 150cc, C100 Biz e YBR 125.

A idéia de desenvolver coroas com pintura artística surgiu quando a empresa catarinense percebeu a ausência de acessórios no mercado para personalizar as motocicletas de baixa cilindrada. O design ficou sob a responsabilidade do engenheiro da empresa, Guilherme Grillo Oliveira.

O resultado do trabalho são peças temáticas coloridas que deixam as motos diferentes, com o estilo do dono, e a qualidade de sempre. "Percebemos a oportunidade no mercado e criamos os produtos, optando pela pintura artística.", destaca o gerente comercial. 

Os novos modelos coloridos já estão disponíveis em lojas de atacado e varejo de todo o Brasil. As cores e quantidades são limitadas, mas, de acordo com o gerente comercial, a expectativa é que coroas coloridas se torne uma linha da fabricante. "E conforme percebermos a demanda do mercado por esses produtos, lançaremos design mais variados", explica.

Para escolher as novas cores, o quesito foi a similaridade com as das motos e também a adaptabilidade da tinta com a superfície dos produtos Riffel. "Por exemplo, no caso da cor rosa, o apelo foi do público feminino por produtos nesse tom para motocicletas e motociclistas", revela Koschnik. 

Assim como as de cor rosa, há coroas com o tema "bandeira do Brasil", com o objetivo de aproveitar o design diferenciado e o gosto brasileiro pelas cores nacionais, e também vermelhas. As peças coloridas chegam a custar cerca de 30% a mais que as comuns, mas deixam a moto com estilo único.

Fonte: d&a Comunicação Empresarial



Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

Enfraquecido pela pandemia, segmento de food service deve estar preparado para o boom das operações, que se dará em 2022.

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

A data é a terceira mais importante depois do Natal e do Dia das Mães.

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

Dívidas recentes são recuperadas em maior número que antigas.

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Há tempos que o local de trabalho deixou de ser um ambiente sem graça.

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

No acumulado do ano, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por aproximadamente 70% dos postos de trabalho gerados no país.

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Pesquisa do Sebrae e da FGV mostra que indicadores do segmento apresentaram uma leve melhora em setembro, mas os impactos da crise ainda são sentidos pela maioria.

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Estudo do Sebrae Minas mostra, ainda, que 40% destas empresas precisaram reduzir as capacitações das equipes nos últimos 18 meses.

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Como evitar a estagnação empresarial?

Já pensou no porquê de algumas pessoas continuarem a avançar pessoal e profissionalmente, enquanto outros permanecem estagnadas?

Como evitar a estagnação empresarial?