Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Criação de empresas bate recorde em janeiro no país

Criação de empresas bate recorde em janeiro no país

17/05/2017 Divulgação

O resultado obtido em 2017 é 16,6% superior em comparação a janeiro de 2016.

No primeiro mês de 2017 foram criadas 194.199 empresas no país, o maior número para o período desde 2010. O resultado é 16,6% superior se comparado ao mesmo mês de 2016, quando 166.613 pessoas jurídicas foram abertas. Em relação a dezembro de 2016 (120.633), o aumento foi de 61%. Os dados divulgados nesta quarta-feira (17/05) são do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas.

“O empreendedorismo de necessidade segue pautando a criação de novas empresas no país. Com o desemprego elevado, pessoas que estão perdendo vagas no mercado de trabalho buscam novas fontes de renda através da abertura de novos negócios”, destacou, em nota, a Serasa.

O tipo de empresa com maior número de "nascimentos" em janeiro foi a microempresa individual (MEI), que totalizou 159.522 aberturas, um aumento de 16,2% sobre o mesmo mês de 2016. As sociedades limitadas registraram criação de 12.760 unidades (+8,6%). A criação de empresas individuais cresceu 21,7%, com um total de 12.916 novos negócios em 2017. A criação de empresas de outras naturezas teve alta de 29,5%, com 9.001 nascimentos em janeiro de 2017.

“A crescente formalização dos negócios no Brasil é responsável pelo aumento constante das MEIs, registrado desde o início da série histórica do indicador. Em sete anos, passaram de menos da metade dos novos empreendimentos (25,5%, em janeiro de 2010) para 82,1% no último levantamento”, informou a Serasa.

O setor de serviços ainda é o mais procurado por quem quer empreender: em janeiro de 2017, 124.340 novas empresas surgiram neste segmento, o equivalente a 64% do total. Em seguida, 53.580 empresas comerciais (27,6%). No setor industrial, foram abertas 15.837 empresas (8,2%).

Segundo a Serasa Experian, nos últimos sete anos, o crescimento na participação das empresas de serviços no total de empresas que nascem no país tem sido constante: passando de 53,2%, em janeiro de 2010, para 64%, em janeiro de 2017. Já a participação do setor comercial de empresas que surgem no país tem recuado: de 353%, em janeiro de 2010, para 27,6% em janeiro de 2017. A participação das novas empresas industriais se mantém estável.

Regiões

O Sudeste segue liderando o ranking de nascimento de empresas, com 98.804 novos negócios abertos em janeiro de 2017 ou 50,9% do total. A região Nordeste vem em segundo lugar, com 18,3% (35.560), seguida da região Sul (16,4%), Centro-Oeste (9,3%), Norte (5,2%) do total de empreendimentos inaugurados.

Fonte: Agência Brasil 



Mais de 90% dos pequenos negócios de Minas Gerais aceitam Pix

Adesão é maior entre os mais jovens, até 30 anos (97%), e entre as mulheres negras (97%).

Mais de 90% dos pequenos negócios de Minas Gerais aceitam Pix

Endividamento das famílias atinge maior patamar em quase 12 anos

Desde julho, o percentual de endividados está há 11 meses em alta, mostra CNC.

Endividamento das famílias atinge maior patamar em quase 12 anos

Empresas investem cada vez mais em formas de reter e atrair talentos

O mercado de trabalho vem se reinventando constantemente, seja no formato de trabalho ou  nos benefícios e formas de atração e retenção de talentos.

Empresas investem cada vez mais em formas de reter e atrair talentos

O valor do ESG nas empresas

O mercado em evolução e as tendências regulatórias estão desafiando as empresas a demonstrar práticas que são mais sustentáveis e socialmente responsáveis.

O valor do ESG nas empresas

Chegando a hora do 13º Salário – saiba como fazer os cálculos

A primeira parcela do 13º salário dos trabalhadores deve ocorrer até 30 de novembro.

Chegando a hora do 13º Salário – saiba como fazer os cálculos

A importância da gestão de talentos 4.0

As práticas de Gestão 4.0 também ajudam nos imprevistos, como foi o caso da pandemia de COVID-19.

A importância da gestão de talentos 4.0

Nível de confiança dos pequenos negócios em Minas se mantém estável

Expectativas dos empresários com o cenário de curto prazo seguem cautelosas. Indústria demonstra um pouco mais de otimismo.

Nível de confiança dos pequenos negócios em Minas se mantém estável

Compras com cartões crescem 35% e movimentam R$ 680 bi no 3º trimestre

Foram 8,2 bilhões de pagamentos em julho, agosto e setembro.

Compras com cartões crescem 35% e movimentam R$ 680 bi no 3º trimestre

Parceria entre BNDES e EMBRAPII vai gerar investimentos para inovação

Banco disponibilizará R$ 170 milhões para projetos desenvolvidos nas áreas de sustentabilidade e transformação digital, entre outros.


Cinco tendências em negócios para 2022

As turbulentas tempestades provocadas pela pandemia estão, finalmente, dando pequenos sinais de melhora.

Cinco tendências em negócios para 2022

Gestão de clientes – de complexo a simples

A gestão de clientes pode ser mais fácil e simples do que parece e a chave para o sucesso está dentro dos clientes, literalmente.

Gestão de clientes – de complexo a simples

As novas regras de segurança do Pix e o impacto nas Fintechs

Elas prometem diversas mudanças entre as operações bancárias, mas também abrem um caminho de transparência e seguridade para clientes e Fintechs.

As novas regras de segurança do Pix e o impacto nas Fintechs