Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Criador do Pipiripau é homenageado pela Câmara

Criador do Pipiripau é homenageado pela Câmara

12/09/2006 Divulgação

A família de Raimundo Machado de Azeredo receberá o Diploma de Honra ao Mérito, da Câmara Municipal de Belo Horizonte pela obra do Presépio do Pipiripau, que fica em permanente exposição no Museu de História Natural da UFMG.

O Presépio, que mostra 45 cenas da vida de Cristo com 580 figuras móveis, começou a ser produzido em 1906 e terminou apenas com a ocasião do falecimento de Raimundo. 

Depois de 1912, ele começou a utilizar engrenagens de um gramofone no presépio para conseguir movimento e, em 1925, conseguiu iluminar seu presépio a gás. Com o passar dos anos Raimundo foi acrescentando cenas religiosas e profanas em sua obra, além de figuras de papel machê e paisagens pintadas na parede do próprio presépio. 

A primeira fotografia da sua criatura foi tirada em 1922, quando foi realizada a primeira reportagem no jornal dominical A Tribuna, de José Romeu dos Santos. O presépio foi transformado em motivo poético pelas mãos de Carlos Drummond de Andrade, em 1927 e, pouco depois, em 1930, homenageado pelo escritor Cyro dos Anjos.

O senhor Raimundo Machado de Azeredo será homenageado no dia 15 de setembro de 2006, sexta-feira, às 20 horas, no Palácio Francisco Bicalho, na Avenida dos Andradas, 3100, por indicação do vereador Valdir Antero Vieira “Índio”.

O Presépio do Pipiripau pode ser visitado até o dia 30 de dezembro, de terça-feira a sexta-feira, das 8 horas às 12h, e de 13 às 18h. Aos sábados e domingos, de 9h às 18h. Nos dias 24 e 25 somente até às 12h. A entrada custa R$ 2.

Créditos da fotografia - Sylvio Coutinho



Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

Enfraquecido pela pandemia, segmento de food service deve estar preparado para o boom das operações, que se dará em 2022.

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

A data é a terceira mais importante depois do Natal e do Dia das Mães.

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

Dívidas recentes são recuperadas em maior número que antigas.

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Há tempos que o local de trabalho deixou de ser um ambiente sem graça.

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

No acumulado do ano, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por aproximadamente 70% dos postos de trabalho gerados no país.

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Pesquisa do Sebrae e da FGV mostra que indicadores do segmento apresentaram uma leve melhora em setembro, mas os impactos da crise ainda são sentidos pela maioria.

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Estudo do Sebrae Minas mostra, ainda, que 40% destas empresas precisaram reduzir as capacitações das equipes nos últimos 18 meses.

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Como evitar a estagnação empresarial?

Já pensou no porquê de algumas pessoas continuarem a avançar pessoal e profissionalmente, enquanto outros permanecem estagnadas?

Como evitar a estagnação empresarial?