Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, diz IBGE

Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, diz IBGE

29/08/2019 Divulgação

Setor de serviços cresceu 0,3% e indústria 0,7%. A agropecuária recuou 0,4% no período.

Economia brasileira cresce 0,4% no segundo trimestre, diz IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, teve um crescimento de 0,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior. O PIB somou R$ 1,78 trilhão no período.

O dado foi divulgado nesta quinta-feira (29/08), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB também apresentou altas de 1% na comparação com o segundo trimestre de 2018, de 0,7% no acumulado do ano e de 1% nos últimos 12 meses.

Na comparação do segundo com o primeiro trimestre deste ano, a alta de 0,4% foi puxada, sob a ótica da produção, pelos crescimentos de 0,3% do setor de serviços e de 0,7% da indústria. A agropecuária recuou 0,4% no período.

Na indústria, os principais desempenhos vieram da indústria da transformação (2%) e da construção (1,9%). As indústrias extrativas recuaram 3,8% e a atividade de eletricidade, gás, água, esgoto e gestão de resíduos caiu 0,7%.

Nos serviços, houve resultados positivos nas atividades imobiliárias (0,7%), comércio (0,7%), informação e comunicação (0,5%) e outras atividades de serviços (0,4%).

Por outro lado, tiveram queda os segmentos de administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (-0,6%), transporte, armazenagem e correio (-0,3%) e atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (-0,1%).

Fonte: Agência Brasil



O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Muito se fala sobre um novo tipo de profissional a ser buscado pelas organizações, que domine tecnologias, que seja disciplinado.

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Média diária de vendas no último mês foi a maior de 2020.

Receita diz que vendas em junho cresceram 10,3%

Insegurança na Pandemia: Agora é a hora certa para investir?

Se você estava pensando em investir e a pandemia chegou com tudo, com certeza está se perguntando se prossegue com o plano, se muda a rota, se a palavra de ordem agora deve ser contenção.


Home office: Solução ou Castigo?

Para muitos, a adoção do home office foi a solução mas, algumas pessoas não querem nunca mais trabalhar neste modelo.

Home office: Solução ou Castigo?

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

Pesquisa mostra que auxílio emergencial é fundamental para mais pobres.

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

O que era exceção parece que está virando regra… e definitiva.

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

Pesquisa do Sebrae mostra também que metade dos empresários mineiros que fecharam permanentemente, não pretendem mais empreender.

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

A Liderança Consciente como aperfeiçoamento para os líderes

O treinamento desenvolve líderes conscientes, que se concentram no desenvolvimento de pessoas, equipes e cultura, a partir de um sistema baseado em educação, formação e transformação.


A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

A situação do setor é preocupante e somente por meio da união dos agentes de mercado é que será possível ultrapassar este momento sem maiores cicatrizes.

A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

Venha descobrir neste post sobre todos os pontos a levar em consideração antes de contratar seu serviço de divisórias para escritório!

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Grandes transformações, normalmente pedem grandes fatos geradores, é claro que não esperávamos por um evento tão catastrófico como uma pandemia para ser o fato gerador da mudança, nem mesmo que o custo em termos de vidas fosse tão grande.


Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões

Prejuízos do setor, que poderiam chegar a R$ 42,8 bilhões nas três primeiras semanas de junho, somaram R$ 33,69 bilhões com o relaxamento em diversas regiões do País.

Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões