Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Freixenet lança 1º vinho para acompanhar culinária oriental

Freixenet lança 1º vinho para acompanhar culinária oriental

13/09/2006 Divulgação

A Freixenet, maior empresa de espumantes do mundo com presença em mais de 120 países, traz para o Brasil o Oroya, vinho elaborado para ser apreciado com pratos da culinária asiática e um sucesso mundial desde o seu lançamento em 2005 na Espanha. De lá para cá, o produto alcançou mais de 20 países em todo o mundo, como Japão, Alemanha, Estados Unidos, Itália, França, China e Coréia, com volume de exportação que logo nos primeiros meses atingiu a marca de 200 mil litros ao mês; advindos de regiões produtoras da Espanha e Argentina.

Inédita, a bebida não encontra similar no Brasil e em nenhuma outra parte do mundo, graças ao longo trabalho de testes e pesquisas desenvolvido pela Freixenet para encontrar a composição ideal de uvas que qualificam o produto como a melhor alternativa vinícola para preencher esta carência no mercado.

Combinadas, estas uvas trazem qualidade aromática e sabores frutosos em um vinho de corpo firme e pleno com acidez equilibrada e agradável. "Oroya é único ao conseguir conviver de forma harmoniosa com sabores marcantes da culinária japonesa como o wasabi e o gengibre, sem perder sua personalidade", conta Fernando Redondo, gerente de marketing da empresa. 

O produto chega ao país na segunda quinzena de agosto e será distribuído no mercado nacional através da importadora Preebor Company e de seus parceiros regionais como o Zendai em São Paulo e Speedee no Paraná. Desta forma, estará à disposição dos consumidores nos melhores restaurantes japoneses bem como em algumas casas especializadas.

Segundo Leonardo Albuquerque, diretor da Preebor, a empresa espera trabalhar com foco bastante específico por se tratar de um produto de nicho, e vislumbra com ele muito sucesso. "Estamos importando inicialmente cinco mil caixas para atender o segundo semestre do ano, mas esperamos crescer 50% nos seis primeiros meses de 2007", conta.



Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

O mundo empresarial é repleto de decisões importantíssimas que podem definir o sucesso ou o fracasso de uma companhia.

Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Modelo é adotado para atender a demanda dos consumidores por atendimento presencial e humanizado, conjugado à comodidade das compras on-line.

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas.

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

CEO revela as principais falhas que podem justificar o número de empresas fechadas com menos de um ano de atividade no Brasil.

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Calçadão BH traz entretenimento e ambiente praiano para o público mineiro.

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Microempreendedores apresentaram o menor índice de confiança no mês e Indústria tem a pior variação em relação a agosto.

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Qual o real papel das empresas?

Convido você a fazer uma reflexão sobre o tema proposto neste artigo: será a geração de lucro o real papel das empresas?

Qual o real papel das empresas?

Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões