Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fusões e aquisições no Brasil devem aumentar em 2016

Fusões e aquisições no Brasil devem aumentar em 2016

06/03/2016 Divulgação

Apesar do momento econômico instável no Brasil, previsão é de reaquecimento nos investimentos domésticos.

Em 1999, Warren Buffet, americano que ficou em 3º lugar na lista dos homens mais ricos do mundo em 2015, disse que “a melhor coisa que nos acontece é quando uma ótima companhia fica temporariamente com problema.

Nós queremos comprá-las quando elas estão na mesa de operações”.

Apesar de ter sido proferida há mais de 15 anos, a frase retrata muito bem o que deve ser o cenário de fusões e aquisições em 2016.

O ano de 2015 foi marcado por diversas notícias e análises negativas relacionadas à economia e política nacionais, como a alta taxa de inflação acumulada de 10,67% no ano - a maior registrada desde 2002 -, a desvalorização do real, entre outros fatores.

No entanto, conforme explica a advogada especialista em Direito Tributário e Societário, Shirley Henn, do BPH Advogados, de Blumenau, este cenário traz uma perspectiva de aquecimento no mercado de M&A no Brasil e também na América Latina.

“A previsão é de reaquecimento nos investimentos domésticos e internacionais em M&A nas economias emergentes, como a brasileira”, afirma Shirley.

A expectativa, segundo o documento Deal Flow Predictor, publicado pela empresa Intralinks, é de um aumento no volume total de M&A na América Latina durante o ano de 2016.

“Ainda de acordo com o documento, o Brasil tem chamado a atenção de investidores globais em consequência das suas rápidas alterações demográficas e potencial de consumo”, ressalta.

Região Sul e Sudeste em destaque

A previsão de aumento no volume de fusões e aquisições para esse ano confirma o que as estatísticas de 2015 apontaram, segundo o relatório de dezembro de 2015 de Fusões e Aquisições no Brasil publicado pela empresa de auditoria PwC.

No relatório, já se percebia uma recuperação no número de transações em dezembro, comparada à queda apresentada no período de julho a novembro.

De acordo com Shirley, o documento mostra que as regiões Sul e Sudeste tiveram participação de 85% do total transacionado em 2015 neste mercado.

O destaque foi o crescimento de 5% no volume de negociações na região Sul, em comparação a 2014. “As estatísticas demonstram a preferência de investidores no mercado de empresas de pequeno porte, tendo este sido responsável por 73% das transações com valor anunciado em 2015, segundo a PwC”, completa.  



A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

MEIs e PMEs podem economizar cerca de R$ 2.000 em serviços e produtos bancários por ano.

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Mais de um terço dos empresários do segmento planeja expandir ou melhorar as atividades entre abril e junho.

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador.

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Índice que mais tem concentrado a queda da confiança, Condições Atuais do Empresário do Comércio, surpreende, apresentando maior crescimento mensal.

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Pesquisa mostra que cada brasileiro gastou em média R$ 16,21 por refeição, significando uma alta de 12% em relação a 2020.

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Reunir as pessoas mais queridas, escolher a playlist, caprichar na decoração e acertar no cardápio e arrasar na escolha dos vinhos.

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Não basta ser bom na área de atuação, é preciso mais que isso.

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Vendas do varejo crescem 1,1% de janeiro para fevereiro, diz IBGE