Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Google proíbe anúncios de criptomoedas

Google proíbe anúncios de criptomoedas

15/03/2018 Deutsche Welle

O objetivo é evitar "esquemas de fraude online" que se beneficiam da falta de regulamentação.

Google proíbe anúncios de criptomoedas

O Google anunciou nesta quarta-feira (14/03) que vai proibir a partir de junho anúncios e conteúdos relacionados a criptomoedas, como bitcoin, para evitar "esquemas de fraude online".

A nova política da empresa visa banir a publicidade de produtos financeiros não regulados ou especulativos, incluindo os relativos às moedas digitas.

O Google informou que removeu 3,2 bilhões de anúncios que violavam sua política de publicidade em 2017, quase o dobro ano anterior.

"À medida que evoluem as tendências de consumo, à medida que melhoram nossos métodos para proteger a web aberta, também melhoram os esquemas de fraude online", afirmou Scott Spencer, diretor de anúncios sustentáveis da empresa.

A política será implementada em todas as plataformas associadas ao Google, incluindo o Facebook, Audience Network e Instagram. O Facebook já havia anunciado em janeiro a proibição de anúncios que promoviam produtos e serviços financeiros associados às criptomoedas.

O bitcoin e outras moedas virtuais se tornaram bastante populares nos últimos anos, chegando a uma rápida valorização de mercado cujo pico ficou próximo de 20 mil dólares por unidade em 2017.

A falta de regulamentação das criptomoedas atrai esquemas de fraude com as ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês), gerando milhões de dólares que podem simplesmente desaparecer em meio às operações.

Lavagem de dinheiro no Brasil

No Brasil, a Receita Federal afirmou nesta terça-feira que suspeitos de integrarem esquema de superfaturamento no fornecimento de pães para presídios estaduais no Rio de Janeiro realizaram quatro operações com bitcoins, totalizando 300 mil reais.

Segundo o superintendente da Receita Federal Luiz Henrique Casemiro, é possível se tratar de uma nova maneira de burlar a fiscalização do órgão, do Banco Central e do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

"É uma forma de receber dinheiro no exterior utilizando um instrumento que não é regulado na maioria dos países", afirmou.

A fraude foi identificada na nova fase da Operação Lava Jato, intitulada Pão Nosso. Foi a primeira vez que a Lava Jato identificou lavagem de dinheiro com bitcoin. O esquema teria desviado 44 milhões de reais dos 73 milhões de reais em contratos para o fornecimento de pães aos presídios do estado.



Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Existe uma forma para as finanças descentralizadas se tornarem mais sustentáveis. Aqui estão as empresas que estão pavimentando o caminho.

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Índice de endividados chegou a 77,7% em abril. O cartão de crédito é o principal motivo das dívidas.

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Financiar carro vale a pena?

Especialista em análise de crédito esclarece os principais mitos dessa alternativa.

Financiar carro vale a pena?

Você e seu time estão progredindo?

Em qualquer empreitada, pessoal, profissional ou de times, medir resultados é crucial.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

MEIs e PMEs podem economizar cerca de R$ 2.000 em serviços e produtos bancários por ano.

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Mais de um terço dos empresários do segmento planeja expandir ou melhorar as atividades entre abril e junho.

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador.

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Índice que mais tem concentrado a queda da confiança, Condições Atuais do Empresário do Comércio, surpreende, apresentando maior crescimento mensal.

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses