Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Kodak é premiada por respeito ao consumidor

Kodak é premiada por respeito ao consumidor

09/01/2006 Divulgação

Kodak Brasileira ganhou o prêmio de empresa fabricante de câmera fotográfica que mais respeita o consumidor, de acordo com pesquisa realizada pela Revista Consumidor Moderno. É a segunda vez que ela conquista a premiação, sendo a primeira em 2004.

“O prêmio muito nos honra porque retrata a percepção dos consumidores em relação à empresa. Penso que traduz todo um trabalho onde a Kodak se coloca como empresa que se reinventa, capaz de lançar produtos inovadores, de alta tecnologia e fácil uso”, afirmou Fernando Bautista, Diretor Geral da Divisão de Fotografia da Kodak Brasileira. Segundo ele, a linha de câmaras digitais EasyShare é a grande responsável por esse reconhecimento do público.

O levantamento, que ficou a cargo da empresa TNS/Interscience, avaliou sete categorias, entre elas a de Câmaras Fotográficas. A pesquisa - que ouviu 1.000 consumidores das classes A,B, C e D, com mais de 18 anos,  nas cidades de Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife – preocupou-se em radiografar o desejo do consumidor com perguntas precisas, como as seguintes:

· Qual empresa você acha que mais respeita o consumidor?

· O que é indispensável para ser vista como uma empresa que respeita o consumidor?

''É um estudo inovador, com uma nova abordagem sobre o relacionamento empresa-cliente, e que traz números que são de grande valor para o executivo de marketing moderno'', comenta o publisher da Padrão Editorial, Roberto Meir, responsável pela Revista Consumidor Moderno.



Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

O mundo empresarial é repleto de decisões importantíssimas que podem definir o sucesso ou o fracasso de uma companhia.

Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Modelo é adotado para atender a demanda dos consumidores por atendimento presencial e humanizado, conjugado à comodidade das compras on-line.

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas.

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

CEO revela as principais falhas que podem justificar o número de empresas fechadas com menos de um ano de atividade no Brasil.

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Calçadão BH traz entretenimento e ambiente praiano para o público mineiro.

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Microempreendedores apresentaram o menor índice de confiança no mês e Indústria tem a pior variação em relação a agosto.

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Qual o real papel das empresas?

Convido você a fazer uma reflexão sobre o tema proposto neste artigo: será a geração de lucro o real papel das empresas?

Qual o real papel das empresas?

Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões