Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Maioria dos brasileiros compra imóveis para alugar em Orlando

Maioria dos brasileiros compra imóveis para alugar em Orlando

17/07/2019 Divulgação

Pesquisa indica que 70% têm o objetivo de ser locador e 30% têm a intenção de morar na cidade

Maioria dos brasileiros compra imóveis para alugar em Orlando

O mercado imobiliário de Orlando atrai cada vez mais brasileiros, principalmente pela rentabilidade dos aluguéis em comparação ao Brasil, pelo fluxo de turistas durante o ano todo e a expectativa de crescimento da cidade.

Apesar das motivações similares, os objetivos dos investidores nem sempre são os mesmos e influenciam no tipo de imóvel que será adquirido. Segundo a Authentic Real Estate Team, 70% têm o objetivo de ser locador e 30% têm a intenção de morar na cidade, e as principais diferenças entre as casas estão relacionadas ao bairro e à quantidade de cômodos.

Para quem deseja se inserir no mercado de aluguel por temporada, é comum a procura por condomínios de casas com sete ou mais dormitórios, devido ao público que frequenta a região nesses períodos. “Os turistas costumam vir com tios, primos, avós e amigos, por isso necessitam de bastante espaço. Além disso, como Orlando é sede de competições esportivas, é comum times e comissões inteiros alugarem um ou mais lugares para se hospedarem com conforto”, explica Tiago Ferreira, fundador da Authentic.

O retorno financeiro é melhor do que quando comparado à aquisição de um imóvel menor. “A diária de aluguel de um imóvel de US$ 570 mil vale mais que o dobro da de um de US$ 300 mil, que tem menos quartos, é menos procurado pelos visitantes e sofre mais concorrência que os maiores”, exemplifica Ferreira.



Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Indústria lidera o ranking entre os setores e microempreendedores influenciam positivamente o resultado geral do Iscon em agosto.

Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Estudo do Idec aponta que, em meio à pandemia de covid-19, qualidade de serviços piorou e houve alta migração de consumidores para bancos digitais.

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Trata-se da quarta alta consecutiva do indicador.

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Pets em condomínios comerciais

Muitas pessoas já descobriam que ter um animal é ter um companheiro de verdade, além ser um excelente meio de afastar a solidão.

Pets em condomínios comerciais

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Em 2021, a poupança acumula retirada líquida de R$ 15,629 bilhões.

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil

Especialista analisa o bom momento do setor. Confira a entrevista!

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil

Empreendedorismo por meio de microfranquias é a oportunidade de crescimento do país

Quantas vezes, na escola, se estudou sobre finanças, administração ou marketing?

Empreendedorismo por meio de microfranquias é a oportunidade de crescimento do país

Docol anuncia construção de nova fábrica em MG

No seu aniversário de 65 anos, a empresa catarinense, anuncia plano de expansão de R$ 500 milhões em louças e metais sanitários.


Receita adia para 30 de setembro prazo de regularização do MEI

Data limite para não entrar na dívida ativa acabaria nesta terça-feira

Receita adia para 30 de setembro prazo de regularização do MEI

Sebrae Minas e BDMG oferecerão linhas de crédito para micro e pequenas empresas

Parceria inédita vai facilitar acesso a crédito a empreendedores mineiros.

Sebrae Minas e BDMG oferecerão linhas de crédito para micro e pequenas empresas

Percepção de valor pelo cliente. E será que cliente sabe o que ele quer?

Quanto vale a satisfação de um sonho realizado, uma experiência bem vivida, ou a cura de uma dor física ou emocional.

Percepção de valor pelo cliente. E será que cliente sabe o que ele quer?

Brasil cria 316 mil postos de trabalho formal em julho

País registra saldo positivo de 1.848.304 empregos gerados em 2021.

Brasil cria 316 mil postos de trabalho formal em julho