Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Negócios on-line sem esquecer de viver o off-line

Negócios on-line sem esquecer de viver o off-line

16/07/2019 Ian Lin

A importância de criar diferenciais para consolidar negócios on-line sem esquecer de viver o off-line.

Acompanhar as tendências do mercado mundial tem sido uma das minhas principais tarefas ao longo das duas últimas décadas.

As mudanças trazem novas dinâmicas para as relações com os consumidores e o movimento que veio para ficar é certamente o e-commerce. Sua evolução foi rápida e gerou impacto direto em todo o mundo.

Mas, apesar de afetar de forma excessiva, o fato é que este ambiente é ainda mais forte na China, o país que mais realiza compras on-line - em transações que vão desde pedidos de comida até automóveis.

A expansão do e-commerce fez com que os profissionais de marketing se voltassem para discussões envolvendo desafios e novas estratégias para se manter em evidência neste universo supercompetitivo.

Entretanto, no mercado chinês, essa realidade já é bem diferente. A provocação por aqui é continuar evoluindo no mercado virtual, mas sem deixar o off-line para trás.

Segundo Jack Ma, fundador do Alibaba, maior site de compras eletrônicas do mundo, enquanto todos estão investindo e discutindo sobre os diferenciais do on-line, é importante que também pensem no off-line, pois este é o cenário para futuro em curto prazo.

Mas “pensar no off-line” não seria uma regressão? Definitivamente não! O off-line em questão trata-se de experiências. De viver experiências, ou seja, poder ir a um restaurante, a uma loja para comprar roupas, fazer um test drive em um carro, visitar a casa dos sonhos antes da compra.

A questão é: se posso pedir uma comida on-line de um bom restaurante que sei que será segura e deliciosa, por que é que eu vou sair de casa?

Simplesmente para viver a sensação e desfrutar de todos os encantos que a realidade oferece. Para viver a experiência de chegar em um lugar elegante, ouvir uma boa música, ser surpreendido com agrados de um tratamento personalizado e especial.

Dessa forma, a fidelidade com negócio, além de ser no on-line também será no off-line, no espaço físico e em todos os diferenciais oferecidos.

Um dos exemplos que mais gosto de citar é o da Porsche. A marca possui em Shanghai, a maior cidade da China, e em outras cidades, um espaço chamado “Porsche Experience”.

Basicamente, é um local onde qualquer pessoa pode ir, passar o dia, desfrutar de uma boa refeição e depois fazer um passeio com seus amigos.

Neste lugar, onde você recebe um cardápio com os modelos de carros da Porsche, é possível escolher seu modelo predileto e pronto: por uma hora, esse carro é seu!

Depois disso, ali mesmo, caso você queira e tenha capital, pode já fazer o pedido do seu próprio Porsche! Incrível, não é?

Outro exemplo interessante que acontece em Shanghai vem dos salões de beleza que oferecem serviços de lavagem de cabelo pelo valor de R$ 10.

A grande questão é: se eu posso fazer isso na minha casa, por que eu vou pagar por esse serviço? Porque no salão, são oferecidos mimos aos clientes.

Tudo começa na chegada – no local, você é recebido com uma cestinha de frutas e chá. Ao darem início ao processo da lavagem, o melhor acontece: um profissional especializado realiza massagens que vão além do cabelo e chegam à nuca, aos ombros e braços.

Para finalizar, o cliente também passa por uma limpeza nas orelhas. Quanto tempo dura essa experiência? Uma hora! Por isso vale a pena sair de casa para uma “simples” lavagem de cabelo.

Mas isso acontece só em estabelecimentos com muito dinheiro e que podem oferecer essas experiências? Evidente que não!

Qualquer lugar, pessoa ou marca, de qualquer porte financeiro, pode agradar seus clientes, ofertando possibilidades de experiências únicas que podem ser vividas por seus clientes com seus produtos e serviços.

Sendo assim, a reflexão que fica ao empreendedor é sobre viver e sentir a experiência. O que você busca para o seu negócio? De qual forma essa experiência off-line pode ser aplicada na realidade do seu mercado?

A dica é simples: transformar o processo de compra em experiência de compra e consolidar uma personalidade do seu negócio para os clientes.

* Ian Lin é CEO da Serpa China.

Fonte: PLANIN



Minas registra mais de 1 milhão de Microempreendedores Individuais

Após 10 anos, desde a implementação da Lei Complementar 128, MEI já são a maioria dos pequenos negócios formalizados no estado.

Minas registra mais de 1 milhão de Microempreendedores Individuais

Cresce abate de bovinos, suínos e frangos, diz IBGE

Foram abatidas 8,08 milhões de cabeças de bovinos no segundo trimestre de 2019.

Cresce abate de bovinos, suínos e frangos, diz IBGE

Cresce a confiança dos consumidores de BH na economia

Indicador voltou a subir no segundo trimestre de 2019. Homens e jovens são os mais confiantes.

Cresce a confiança dos consumidores de BH na economia

Empresários da construção estão mais confiantes

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais – ICEICON MG – atingiu 53,8 pontos em julho, crescimento de 3,0 pontos em relação a junho (50,8 pontos).


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Cereais, leguminosas e oleaginosas podem ter safra recorde

Arroz, milho e soja representam 92,7% da produção estimada no ano.

Cereais, leguminosas e oleaginosas podem ter safra recorde

Queda da Taxa Selic e a economia brasileira

Após o mais longo período em que a Taxa Selic permaneceu em um mesmo patamar, o Banco Central cortou a taxa básica da economia em 0,50%.


Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

CNC projeta alta de 2,1% nas vendas para a quarta data comemorativa mais importante do varejo.

Dia dos Pais deve gerar R$ 5,6 bilhões de faturamento em 2019

Novas regras de gestão de dados e o impacto para as empresas

As novas regras relacionadas à gestão de dados passarão a valer no ano que vem.


Pequenos negócios são responsáveis por 79% do saldo de empregos em Minas

Micro e Pequenas Empresas mineiras registraram saldo de 67 mil postos de trabalho nos primeiros seis meses do ano.

Pequenos negócios são responsáveis por 79% do saldo de empregos em Minas

Percentual de famílias com dívidas aumentou pelo 7º mês consecutivo

Principais inadimplências das famílias brasileiras são o financiamento de carro e o de casa.

Percentual de famílias com dívidas aumentou pelo 7º mês consecutivo

Sete em cada dez brasileiros tiveram de fazer cortes no orçamento

Pesquisa indica que desempenho da economia no primeiro semestre foi pior do que o esperado.

Sete em cada dez brasileiros tiveram de fazer cortes no orçamento