Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O desafio do mercado imobiliário após a crise do Coronavírus 

O desafio do mercado imobiliário após a crise do Coronavírus 

27/04/2020 Divulgação

O Covid-19, como foi batizado o novo Coronavírus, é uma realidade não só no Brasil, mas no mundo todo.

O desafio do mercado imobiliário após a crise do Coronavírus 

 E, durante essa situação de incertezas e de inseguranças, cada um de nós tem um papel muito importante para evitar a transmissão do vírus.

A crise causada pelo Coronavírus atingiu a economia mundial, deixando as todos ainda mais apreensivas. É o caso, por exemplo, do setor imobiliário.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o desafio do mercado imobiliário após a crise do Coronavírus, e a tendência para os próximos meses. Continue lendo.

Os impactos do Coronavírus no mercado imobiliário

Para a Terramar Imobiliária, o mercado imobiliário brasileiro vinha apresentando um crescimento ao longo dos últimos anos. Porém, desde que o Covid-19 se espalhou pelo mundo, os governos têm tomado medidas de vários âmbitos para conter a pandemia.

Há, inclusive, medidas que visam reduzir os impactos provocados pela paralisação ou redução das atividades industriais. Diante disso, grandes desafios e indagações têm sido questionados, em especial sobre o Mercado Imobiliário.

De uma forma geral, um dos principais impactos do Coronavírus na construção civil é o atraso na entrega das obras, e também o fato de que muitas pessoas perderam o emprego durante a crise.

Assim, muitas pessoas, potenciais clientes, já não podem mais pensar em comprar um imóvel ou investir em Fundos Imobiliários. Não durante os próximos meses, pelo menos.

O que podemos perceber sobre o impacto do Covid-19 sobre a economia e o mercado imobiliário, principalmente, é uma verdadeira mudança na cultura. É comum, diante de um cenário de crise, a relação entre as pessoas e algumas coisas mudaram muito.

Como estamos sendo orientados a ficar mais em casa durante a pandemia, é bem possível que isso mude também a forma como as imobiliárias e empresas em geral entram em contato, e se relacionam com o seu público-alvo, tornando tudo bem mais virtual do que era antes.

Com isso, a tendência é que haja uma mudança tanto no comportamento do empresário do ramo imobiliário, quanto do consumidor. Sem dúvida, esse é um dos desafios do setor após a crise do Coronavírus.

Outro desafio que as imobiliárias terão que enfrentar é quanto às dificuldades que terão com os fornecedores de matéria-prima e de equipamentos, paralisação das atividades e da mão-de-obra, e atraso na entrega da obra.

Em virtude do atraso na entrega, uma enorme crise econômica poderá ser desencadeada, tanto para a compra quanto para a venda das unidades autônomas.

Diante da crise existente, a aprovação dos projetos também pode ser muito comprometida, assim como também a captação de recursos por parte das incorporadoras, para a compra de terrenos.

Como resultado, tudo isso pode levar as incorporadoras a rescindir contratos de compra e venda de terrenos.

Tendência para o mercado imobiliário após a crise

Ainda é muito cedo para prevermos o que acontecerá no mercado imobiliário após a crise do Coronavírus. E como ficará a economia de uma forma geral.

Os gestores das imobiliárias devem estar atentos ao mercado, e dispostos a entenderem que haverá, sim, um processo de mudança de cultura, e que precisa ser absorvido por todos aqueles que querem sobreviver no mercado, e superar esse momento de crise.



Nota conjunta Firjan e FIEMG sobre a crise energética

Federações apresentam suas sugestões para contribuir com o combate à crise energética.

Nota conjunta Firjan e FIEMG sobre a crise energética

Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Indústria lidera o ranking entre os setores e microempreendedores influenciam positivamente o resultado geral do Iscon em agosto.

Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Estudo do Idec aponta que, em meio à pandemia de covid-19, qualidade de serviços piorou e houve alta migração de consumidores para bancos digitais.

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Trata-se da quarta alta consecutiva do indicador.

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Pets em condomínios comerciais

Muitas pessoas já descobriam que ter um animal é ter um companheiro de verdade, além ser um excelente meio de afastar a solidão.

Pets em condomínios comerciais

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Em 2021, a poupança acumula retirada líquida de R$ 15,629 bilhões.

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil

Especialista analisa o bom momento do setor. Confira a entrevista!

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil

Empreendedorismo por meio de microfranquias é a oportunidade de crescimento do país

Quantas vezes, na escola, se estudou sobre finanças, administração ou marketing?

Empreendedorismo por meio de microfranquias é a oportunidade de crescimento do país

Docol anuncia construção de nova fábrica em MG

No seu aniversário de 65 anos, a empresa catarinense, anuncia plano de expansão de R$ 500 milhões em louças e metais sanitários.


Receita adia para 30 de setembro prazo de regularização do MEI

Data limite para não entrar na dívida ativa acabaria nesta terça-feira

Receita adia para 30 de setembro prazo de regularização do MEI

Sebrae Minas e BDMG oferecerão linhas de crédito para micro e pequenas empresas

Parceria inédita vai facilitar acesso a crédito a empreendedores mineiros.

Sebrae Minas e BDMG oferecerão linhas de crédito para micro e pequenas empresas

Percepção de valor pelo cliente. E será que cliente sabe o que ele quer?

Quanto vale a satisfação de um sonho realizado, uma experiência bem vivida, ou a cura de uma dor física ou emocional.

Percepção de valor pelo cliente. E será que cliente sabe o que ele quer?