Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os desafios do home Office

Os desafios do home Office

23/11/2012 Divulgação

Ainda que trabalhar em casa possa parecer a opção ideal para os brasileiros que querem ganhar tempo e dedicar mais tempo à vida pessoal, a realidade mostra que mais de 60% das pessoas que praticam o home office afirmam ter contratempos com filhos e familiares.

E não é só isso que atrapalha: a má postura uma consequência gerada por  escritórios improvisados (fator que afeta um terço dos profissionais) pode provocar problemas de saúde a longo prazo. Conexões instáveis de internet, falta de equipamentos de escritório e até mesmo ter que lidar com animais de estimação foram mencionados como obstáculos à produtividade daqueles que trabalham em casa.

Essas são as principais descobertas de uma pesquisa mundial realizada pela Regus, a maior fornecedora de soluções para espaços de trabalho. A pesquisa contou com a participação de pelo menos 24.000 profissionais em mais de 90 países, incluindo o Brasil.

"É natural que os profissionais queiram aproveitar os benefícios das práticas flexíveis de trabalho para fugir do trânsito e optar por horários de sua preferência, melhorando assim o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal”, comenta Guilherme Ribeiro, diretor geral da Regus no Brasil.

“A pesquisa revela que um ambiente profissional próximo de casa é melhor do que trabalhar em casa. Só assim é possível evitar o desgaste com a família, além de projetar uma imagem mais profissional. Trabalhar em casa pode afetar a concentração e a produtividade".

Principais descobertas e estatísticas - Na opinião dos profissionais brasileiros, os três maiores obstáculos de trabalhar em casa são:

- Crianças e/ou familiares que exigem atenção (64%)

- Dificuldade de concentração em questões do trabalho (44%)

- Crianças, familiares e animais de estimação que atrapalham as ligações telefônicas (44%)

Também há fatores importantes ligados à questão da saúde: 32% dos entrevistados reclamaram de má postura da coluna que ocasiona dores ao trabalhar em home office, devido a instalações inapropriadas. Uma boa postura é essencial para que o profissional não sofra de males como LER-Dort (lesão por esforço repetitivo); A ausência de uma mesa apropriada para o trabalho também é um problema para dois quintos dos entrevistados (41%); No total, 15 problemas diferentes foram identificados como obstáculos que prejudicam um maior rendimento no trabalho em casa.

Fonte: VIANEWS Comunicação Integrada



Confiança dos pequenos negócios mineiros cresce em dezembro

Construção Civil puxa resultado do Iscon, índice que mede o ânimo dos empresários em relação ao desempenho das suas atividades.

Confiança dos pequenos negócios mineiros cresce em dezembro

Perspectivas positivas para a indústria em 2022

É preciso deixar de lado todo discurso derrotista e voltado apenas para desafios e privilegiar a obtenção de resultados.

Perspectivas positivas para a indústria em 2022

Nível de endividamento das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) foi divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Nível de endividamento das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos

Sebrae mostra impacto da pandemia sobre empreendedores negros

Pesquisa revela dificuldades na retomada dos negócios.

Sebrae mostra impacto da pandemia sobre empreendedores negros

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995

No ano passado, volume de compensações caiu 23%.

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995

6 tendências de comunicação e marketing para 2022

Para 64% dos jovens entre 16 e 24 anos, a publicidade tradicional não impacta mais.

6 tendências de comunicação e marketing para 2022

Contribuição mensal de microempreendedores individuais será reajustada

Com o aumento do salário-mínimo, Documento de Arrecadação Simplificada de MEI (DAS) passa a ter novos valores.

Contribuição mensal de microempreendedores individuais será reajustada

Inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%, diz IBGE

Poupança tem terceira maior retirada líquida da história em 2021

Retirada líquida no ano passado foi de R$ 35,5 bilhões.

Poupança tem terceira maior retirada líquida da história em 2021

Cerca de 40% dos pequenos negócios realizaram investimentos em 2021

De acordo com Sondagem Trimestral, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, a Indústria é a que mais investiu.

Cerca de 40% dos pequenos negócios realizaram investimentos em 2021

Mercado financeiro prevê que economia vai crescer 0,36% em 2022

Estimativa anterior de crescimento do PIB era de 0.42%.


Capacitação no atendimento é diferencial para fidelizar clientes

Quando você chega a um restaurante, o que mais espera além de uma boa comida?

Capacitação no atendimento é diferencial para fidelizar clientes