Portal O Debate
Grupo WhatsApp

País terá crescimento econômico sustentado em 2008

País terá crescimento econômico sustentado em 2008

18/12/2007 Divulgação

O Brasil vai manter a demanda interna forte e o crescimento econômico será sustentado em 2008, afirmou nesta segunda-feira (17), em São Paulo, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, no encerramento do seminário Reavaliação do Risco Brasil.

O evento foi promovido pelo Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O ministro acrescentou que a disciplina fiscal não está ameaçada pelo fim da CPMF e que o país está claramente engajado no processo de responsabilidade fiscal.

Meirelles explicou que é a expansão do crédito e da renda que continua dando sustentabilidade ao crescimento da demanda interna. Essa demanda interna faz também com que as importações continuem aumentando. O presidente do BC lembrou ainda que a expansão do crédito, principalmente o consignado, é um fator importante para a elevação significativa do número de consumidores com conta bancária - fenômeno que já vinha ocorrendo há algum tempo, mas que se expandiu enormemente nos últimos anos, principalmente com a abertura de correspondentes bancários.

Ao lado de Meirelles, que apresentou a visão governamental do cenário do próximo ano, o seminário incluiu a apresentação da visão das instituições financeiras - por Octavio de Barros (Bradesco) e Fábio Barbosa (Banco ABN) - e da visão do setor privado, a cargo de Roberto Castello Branco (Vale), Ivan Zurita (Nestlé Brasil) e Raul Calfat (Votorantim Participações).

Octávio de Barros, economista-chefe do Bradesco, disse, em entrevista à imprensa, que o mercado internacional tem feito uma "leitura generosa do Brasil", o que significa mais capital de investimento na economia nacional. E que esse investimento externo direto continuará forte em 2008, atraído principalmente pelas boas perspectivas de crescimento econômico do país, além da proximidade de o Brasil obter o grau de investimento internacional, por parte das agências de risco (investment grade).

Já o diretor de Relações com Investidores da Vale, Roberto Castello Branco, lembrou que a mineradora foi a primeira companhia brasileira a receber grau de investimento (em julho de 2005). Para o executivo, embora o Brasil não tenha recebido ainda o grau de investimento, o principal já aconteceu. O mercado já está incorporando a obtenção da nota máxima nos preços da dívida. Isso pode ser constatado, segundo ele, pelo processo de globalização das finanças corporativas brasileiras. Para o futuro, Castello Branco disse que a Vale possui US$ 60 bilhões para investir em projetos que não estejam relacionados a aquisições. 



Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

O mundo empresarial é repleto de decisões importantíssimas que podem definir o sucesso ou o fracasso de uma companhia.

Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Modelo é adotado para atender a demanda dos consumidores por atendimento presencial e humanizado, conjugado à comodidade das compras on-line.

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas.

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

CEO revela as principais falhas que podem justificar o número de empresas fechadas com menos de um ano de atividade no Brasil.

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Calçadão BH traz entretenimento e ambiente praiano para o público mineiro.

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Microempreendedores apresentaram o menor índice de confiança no mês e Indústria tem a pior variação em relação a agosto.

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Qual o real papel das empresas?

Convido você a fazer uma reflexão sobre o tema proposto neste artigo: será a geração de lucro o real papel das empresas?

Qual o real papel das empresas?

Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões