Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

28/09/2021 Divulgação

Pesquisa do Sebrae e da FGV mostra que indicadores do segmento apresentaram uma leve melhora em setembro, mas os impactos da crise ainda são sentidos pela maioria.

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Os microempreendedores individuais (MEI), as micros e pequenas empresas (MPE) de Minas Gerais estão recuperando gradativamente o faturamento e a capacidade de arcar com seus compromissos financeiros, como mostra a 12ª edição da pesquisa ‘O impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios’, realizada pelo Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, entre os dias 27 de agosto e 1º de setembro. A amostra nacional da pesquisa foi de 6.104 respondentes, sendo 440 de Minas Gerais.

A queda no faturamento continua sendo uma realidade para a maioria dos empresários (70%), mas houve uma redução de oito pontos percentuais nesse indicador em relação à 11ª edição da pesquisa. Já em sentido oposto, o percentual dos que registraram aumento no faturamento dobrou: de 7% para 14%.

Apesar da retomada gradativa das vendas, o aumento dos custos relacionados à operação dos negócios tem impactado em cheio os MEI e as MPE. Os principais vilões para os pequenos negócios mineiros nesse momento desafiador para a economia brasileira são os custos dos insumos/mercadorias, indicados por 42% dos entrevistados; dos combustíveis, 24%; do aluguel, 13% e da energia elétrica, 7%.

Endividamento
O percentual de pequenos negócios com dívidas/empréstimos em atraso recuou cinco pontos percentuais em agosto (30%) em relação a maio (35%). Já os que afirmam estar com as dívidas/empréstimos em dia passaram de 33%, em maio, para 36%, em agosto.

A pesquisa também indica uma estabilização na corrida pelo crédito. Em maio, 45% dos entrevistados afirmaram ter buscado empréstimo desde o início da crise sanitária, contra 47% na edição atual do estudo. Mais da metade dos empresários, tanto em maio (53%), quanto em agosto (54%), conseguiram acessar crédito. E a maioria dos entrevistados (56%) da edição atual da pesquisa buscou empréstimo neste ano.

Para mais informações sobre pequenos negócios clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Sebrae Minas



7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

CEO revela as principais falhas que podem justificar o número de empresas fechadas com menos de um ano de atividade no Brasil.

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Calçadão BH traz entretenimento e ambiente praiano para o público mineiro.

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Microempreendedores apresentaram o menor índice de confiança no mês e Indústria tem a pior variação em relação a agosto.

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Qual o real papel das empresas?

Convido você a fazer uma reflexão sobre o tema proposto neste artigo: será a geração de lucro o real papel das empresas?

Qual o real papel das empresas?

Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

Enfraquecido pela pandemia, segmento de food service deve estar preparado para o boom das operações, que se dará em 2022.

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

A data é a terceira mais importante depois do Natal e do Dia das Mães.

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

Dívidas recentes são recuperadas em maior número que antigas.

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias