Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Poupança tem captação recorde de R$ 166,31 bi em 2020

Poupança tem captação recorde de R$ 166,31 bi em 2020

08/01/2021 Divulgação

Apenas em dezembro, depósitos superaram saques em R$ 20,6 bilhões.

Poupança tem captação recorde de R$ 166,31 bi em 2020

Aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros, a caderneta de poupança tem atraído cada vez mais o interesse dos brasileiros. Em 2020, os investidores depositaram R$ 166,31 bilhões a mais do que retiraram da aplicação, informou nesta quinta-feira (7/01) o Banco Central (BC).

O resultado é o maior já registrado para um ano desde o início da série histórica, em 1995. Em 2019, a captação líquida – diferença entre depósitos e retiradas – tinha ficado em R$ 13,33 bilhões. O recorde anterior tinha sido registrado em 2013, quando a aplicação financeira tinha captado R$ 71,05 bilhões.

Apenas em dezembro, os brasileiros depositaram R$ 20,61 bilhões a mais do que sacaram da poupança. O valor é recorde para o mês desde o início da série histórica. Tradicionalmente, os brasileiros depositam mais na caderneta em dezembro, por causa do pagamento da segunda metade do décimo terceiro salário.

O interesse dos brasileiros na poupança se mantém apesar da recuperação da bolsa de valores nos últimos meses. Nos dois primeiros meses da pandemia, as turbulências no mercado financeiro fizeram investidores migrar para a caderneta. As oscilações do Tesouro Direto também ajudaram a atrair investidores para a segurança da caderneta, mesmo o rendimento sendo menor.




O Varejo Digital continuará em alta em 2021 no Brasil

Um destaque especial para os jogos que respondeu por 19% das vendas desse segmento.

O Varejo Digital continuará em alta em 2021 no Brasil

Mercado pet deve movimentar mais de US$ 350 bilhões de dólares em 2027

O valor global representa um aumento de 50% comparado ao faturamento de 2020, que ultrapassou a marca de US $230 bilhões.

Mercado pet deve movimentar mais de US$ 350 bilhões de dólares em 2027

Tempo gasto em apps de finanças cresceu 50% no Brasil no último ano

Brasileiros estão buscando aprender novas formas de ganhar e organizar seu dinheiro para sobreviver.

Tempo gasto em apps de finanças cresceu 50% no Brasil no último ano

O novo food service no Brasil e a corrida contra o tempo para se adaptar

Muitos empreendedores encontraram oportunidades onde muitos não enxergavam.

O novo food service no Brasil e a corrida contra o tempo para se adaptar

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Textos patrocinados são a melhor mídia para divulgar a sua empresa.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Como a Amazon consegue ter tanta rapidez na entrega?

Temos, em nossa memória, muitas perguntas a que normalmente nos referimos como “a pergunta que não quer calar”.

Como a Amazon consegue ter tanta rapidez na entrega?

Brasileiros estimam inflação de 5,3% nos próximos 12 meses

Resultado é maior que expectativa inflacionária de janeiro: 5,2%.

Brasileiros estimam inflação de 5,3% nos próximos 12 meses

A notável evolução do comércio exterior brasileiro

O setor enfrenta novos desafios como a atualização constante dos processos logísticos, os controles aduaneiros e a formação de novos acordos e blocos econômicos.

A notável evolução do comércio exterior brasileiro

Serviços registram queda de 7,8% em 2020, revela pesquisa do IBGE

Recuo é atribuído em parte aos efeitos da pandemia.

Serviços registram queda de 7,8% em 2020, revela pesquisa do IBGE

Sebrae Minas abre inscrições para o Programa Brasil Mais

Novas vagas são destinadas a microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP); atividades são gratuitas e começam em março.

Sebrae Minas abre inscrições para o Programa Brasil Mais

Vendas do comércio varejista crescem 1,2% em 2020, diz IBGE

Pandemia prejudicou consumo em março e abril, revela pesquisa.

Vendas do comércio varejista crescem 1,2% em 2020, diz IBGE

Pagamentos com cartões movimentam R$ 2 trilhões em 2020

Crescimento foi de 8,2% na comparação com o ano anterior, diz Abecs.

Pagamentos com cartões movimentam R$ 2 trilhões em 2020