Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Quase metade da Geração Z não realiza controle das finanças

Quase metade da Geração Z não realiza controle das finanças

06/05/2019 Divulgação

Geração Z reúne os nascidos entre 1995 e 2010. Pesquisa considerou os jovens de 18 a 24 anos

Quase metade da Geração Z não realiza controle das finanças

Praticamente metade dos jovens com idades entre 18 e 24 anos, nascidos dentro da chamada Geração Z e considerados os primeiros nativos digitais, tendo crescido em um ambiente com acesso a grandes quantidades de informação, recursos tecnológicos e propensão ao auto aprendizado, não realiza o controle das finanças pessoais (47%).

A principal justificativa é o fato de não saber fazer (19%), sentir preguiça (18%), não ter hábito ou disciplina (18%) ou não ter rendimentos (16%). Por outro lado, 53% afirmam controlar receitas e despesa, e apesar de bastante conectados, 26% ainda utilizam o tradicional bloquinho de papel para organizar o orçamento.

Oito em cada dez entrevistados garantem ter alguma fonte de renda (78%), sendo que a maior parte (36%) trabalha com carteira assinada e 23% estão alocados em trabalho informal, fazendo bicos ou atuando como freelancers. Em contrapartida, 22% não têm rendimentos.

O estudo mostra, ainda, que dos jovens que afirmam ter dinheiro guardado (52%), a maioria investe em opções pouco ou nada rentáveis: 53% mantém os valores na poupança, 25% guardam em casa e 20% na conta corrente.

Os dados foram levantados em uma pesquisa conduzida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que avaliou hábitos de gestão das finanças pessoais desse grupo.

A pesquisa integra o convênio Políticas Públicas 4.0 (PP 4.0), firmado entre o Sistema CNDL e o Sebrae, e pretende coletar insumos para a proposição de políticas públicas que contribuam com a melhoria do ambiente de negócios no país e, consequentemente, apoiem o desenvolvimento do varejo.



Coronavírus provoca a maior queda da história na confiança do empresário do comércio

Icec tem retração mensal de 20,9%, cai ao menor nível desde 2016 e chega à zona de insatisfação.

Coronavírus provoca a maior queda da história na confiança do empresário do comércio

Como gerar valor a partir da inovação e da cultura

O que mais lhe interessa durante a entrega de um serviço: contar com um atendimento de qualidade ou se identificar com os valores que guiam a empresa que você contratou?


Remédio ou Veneno? Depende da dose

Existe apenas um segredo para sobreviver: não morrer.

Remédio ou Veneno? Depende da dose

Vendas no comércio têm pior desempenho em duas décadas, aponta Serasa

Comércio registra queda de 31,8% na comparação com o mesmo mês de 2019.

Vendas no comércio têm pior desempenho em duas décadas, aponta Serasa

Como cuidar do fluxo de caixa pós-pandemia

Lembrando que o poder de compra dos clientes e dos potenciais clientes também deve mudar.


Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?

Embora sejam simples, as estratégias não são simplistas, e a maioria avassaladora das empresas brasileiras não possui esse tipo de direcionamento.

Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?


Acredite, 2020 será o melhor ano da vida de muitas pessoas

Independente do cenário, muitas pessoas estão fazendo dinheiro como nunca. E a causa primária disso é a Internet.


O momento pede revisão na estratégia para manutenções

Como essa nova realidade mundial enfrentada pelo coronavírus impõe mudanças na estratégia de gestão dos ativos.


Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

Resultado foi afetado pelo novo coronavírus e isolamento social.

Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

É fato que muitas empresas, no Brasil e no mundo, já tinham essa como uma prática regular.

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

Pesquisa mostra consumo mais consciente e compromisso com a sustentabilidade

61% dos consumidores esperam que as marcas que compram tenham práticas claras de sustentabilidade.